Você já ouviu falar em Síndrome do Coração Partido?

Coração Partido

Quando alguém diz que está com o coração partido procura expressar com essa metáfora que está sentindo uma profunda e intensa dor. Em geral, os amantes recorrem a ela em casos de ruptura. Alguns consideram um exagero referir-se dessa maneira à dor. Mas não é, pois existe, sim, a Síndrome do Coração Partido.

A Síndrome do Coração Partido não é exatamente uma dor física que se sinta no coração, mas uma patologia conhecida como "cardiomiopatia Takotsubo", provocada por um episódio traumatizante que distribui pelo cérebro substâncias químicas que enfraquecem o tecido do coração.

Há maior risco de morte em pessoas que tiveram seus corações partidos. Embora seja rara, a síndrome tem sintomas similares aos do infarto: dor no peito, falta de ar, cansaço, e surge em momentos de grande estresse emocional, como separações ou falecimento de uma pessoa querida. Ela é mais comum em mulheres na faixa etária dos 40 anos, mas pode ocorrem em qualquer idade e com qualquer pessoa.

A Síndrome do Coração Partido costuma ser diagnosticada como uma doença psicológica, mas existem estudos hemodinâmicos que mostram que os ventrículos do coração não se contraem corretamente durante a síndrome, formando uma imagem semelhante a de um coração partido, segundo o Tua Saúde.

Sintomas:

- aperto no peito;
- dificuldade para respirar;
- tonturas e vômitos;
- perda de apetite ou dor no estômago;
- raiva, tristeza profunda ou depressão;
- dificuldade para dormir
- cansaço excessivo;
- perda de autoestima, sentimentos negativos ou pensamento suicida.

Quem pode curar um coração partido? 

Um clínico geral, em casos de emergência, ou um cardiologista são os especialistas em condições de prescrever um tratamento adequado para a Síndrome do Coração Partido, bem como o psicólogo, já que é necessária ajuda psicológica para que o paciente supere o trauma desencadeador do estresse emocional.

Em casos mais graves, a internação hospital pode ser necessária e, também, o tratamento com medicação para o coração para prevenir o infarto do miocárdio.

O que causa a Síndrome do Coração Partido?

As principais causas da síndrome são:

- morte inesperada de uma pessoa querida;

- diagnóstico de uma doença grave;

- perda uma grande quantidade de dinheiro;

- separação da pessoa amada.

Todas essas situações aumentam a produção de hormônios do estresse no organismo, podendo lesar o coração.

Não é frescura sofrer e ficar triste. São sentimentos que precisamos viver para crescer. Entretanto, quando esses sentimentos se potencializam, podendo causar riscos à saúde, deve ser buscada ajuda especializada.

Especialmente indicado para você:

10 PALAVRAS DE AMOR INTRADUZÍVEIS E DE GRANDES SIGNIFICADOS

COMO ENFRENTAR OS MOMENTOS DIFÍCEIS DA VIDA