Ayurveda: o que é e como se aplica

ayurveda

A medicina ayurvedica tem 7 mil anos de idade e reúne atitudes de prevenção e cuidados com o objetivo de melhorar a qualidade da vida humana em harmonia com a natureza.

Este sistema medicinal cujo nome, Ayurveda, vem do sânscrito e significa “Ciência da Vida” é originário da Índia e se desenvolveu em base à observação profunda da natureza como um todo, e do ser humano, como um dos seus constituintes. Usa métodos naturais para buscar o reequilíbrio do corpo humano e suas ações fisiológicas - é através da alimentação, com o uso de ervas, óleos essenciais, condimentos e as relações destes com as características de cada pessoa, os doshas, que a ayurveda ajuda nosso organismo a buscar uma forma mais saudável de estar, sanando de passo uma série de desequilíbrios, nutricionais, orgânicos, fisiológicos, que podem causar doenças ao longo do tempo. Paralelamente ao controle alimentar, a ayurveda faz uso de técnicas de massagem com óleos, meditações e outras atividades físicas que propiciam a integração mente-corpo.

O efeito desta prática, quando bem aplicada após um diagnóstico consciencioso, é muito positiva tanto para a restauração da nossa saúde como para a promoção de maior vitalidade, contentamento, longevidade com qualidade de vida e propósito e, finalmente, o aguçar da nossa percepção. É neste ponto que a ayurveda promove a integração fina do ser humano com a natureza, ampliando sua visão interna e aceitação externa, colaborando para um estar harmonioso na vida.

Ayurveda - a mãe das medicinas do mundo

A ayurveda surgiu antes do desenvolvimento de qualquer das medicinas conhecidas e foi, a partir dela, que se formou a medicina tradicional chinesa e japonesa (há 3000 anos atrás). Essas duas medicinas tão antigas, a ayurveda e a chinesa, têm o mesmo fundamento: a busca de “uma medicina barata para atender às imensas populações muito pobres da China e da Índia”. No Japão, onde a medicina chinesa chegou a partir do século V, este contato se tornou ainda mais aprofundado produzindo um intercâmbio frequente de informações e o desenvolvimento paralelo de técnicas muito eficientes e de baixo custo tanto para o tratamento quanto para a prevenção de doenças.

Para a ayurveda, doença é o quê?

Para a ayurveda, a doença é muito mais do que a simples manifestação de sintomas desagradáveis ou perigosos à manutenção da vida. Nesta ciência, entende-se que a doença começa muito antes das suas primeiras sensações ou manifestações. São pequenos desequilíbrios, que tendem a aumentar com o tempo, e o desprezo que lhes votamos e que, ao não serem corrigidos, terminam por resultar em sintomas doentios claros - e só aí é que nos vamos perceber que nosso corpo vem sofrendo, não é?

Doshas e prana

Prana é o nome que se dá à energia vital, que está em todos os seres vivos, aquela que nos permite viver. É esta energia vital, prana, que nós buscamos, através da ayurveda, utilizar de forma conscienciosa em busca de melhor qualidade de vida. Mas não só de qualidade já que a ayurveda trata também, e com a maior importância, do conceito de propósito de vida. Afinal, o que é que nós, cada um, veio fazer a esta Terra, não é?

Leia mais: VATA, PITTA OU KAPHA: QUAL É O SEU DOSHA?

Dosha é o nome que a ayurveda dá àquilo que diferencia cada ser humano, único, íntegro e divino. Segundo esta ciência, nós somos compostos, assim como todos os organismos vivos da Terra, de alguns elementos (fogo, terra, água, ar e espaço) primordiais e, o que nos diferencia é a porcentagem de cada um destes no nosso organismo. É isso que define o que cada ser é.

Para a ayurveda, existem três formas básicas de classificar uma pessoa, os doshas pitta, kapha e vata, os quais se podem apresentar em 7 combinações diferentes:

1) vata

2) pitta

3) kapha

4) pitta-vata

5) kapha vata

6) pitta-kapha

7) vata pitta-kapha.

O elemento, dosha, predominante é aquele que define a sua constituição física, seus sentimentos, a forma em que você os expressa e a sua necessidade nutricional, a sua natureza física e psicológica (veja aqui uma forma fácil para você conhecer seu seu dosha). Com esse conhecimento, a ayurveda te permite determinar as dietas mais adequadas, os exercícios e até o estilo de vida, para você conseguir voltar e manter o equilíbrio. Esta é a chave para a manutenção da saúde.

Leia aqui sobre o mel e o equilíbrio dos doshas O MEL, MARAVILHA DA NATUREZA E SEU USO NA CURA

Para entender a Ayurveda - 5 elementos, 3 humores e o desequilíbrio

A ayurveda tem alguns princípios fundamentais que é preciso que você conheça para poder entender como essa ciência se faz. No site do Espaço Snehana você pode aprofundas assuntos como: Teoria dos 5 Elementos (Pancha Mahabhuta), Teoria dos 3 Humores (Tridosha), Constituição Individual – Natureza (Prakruti) e Desequilíbrio (Vikruti), num primeiro momento e, para depois, leia sobre os processos fisiológicos como: Produção de Toxinas (Ama), Processo Digestivo, Ciclos Biológicos, e Ciclos da Natureza. Esta é uma ciência complexa, em tudo diferente da alopatia à qual estamos habituados por ser a ciência tradicional das regiões ocidentais do mundo.

A ayurveda tem 5 princípios básicos que devem nortear o comportamento humano, em busca da saúde, equilíbrio e propósito:

 
  • 1) Não matar qualquer tipo de forma de vida animal
    2) Não roubar
    3) Não ter conduta sexual imprópria
    4) Não mentir
    5) Não consumir álcool

Curiosos esses princípios? Se você pensar bem, só estão preconizando uma vida saudável e equilibrada, tanto física quanto psicologicamente.

Benefícios de contraindicações da ayurveda

Por ser uma ciência de aplicação individual, ou seja, cujos procedimentos são indicados para uma conjuntura energética específica, um indivíduo, essa ciência não possui contraindicações. Claro está que, aquilo que é bom e necessário para mim, com o meu dosha definido, pode até ser contraindicado para você, que tem um dosha oposto, por exemplo. Então, o principal é você buscar um profissional competente para realizar o seu acompanhamento.

massagem ayurvedica, como é conhecida esta ciência aqui no Brasil, tem benefícios comprovados para:

  • Combater depressão
    Melhorar a circulação sanguínea
    Melhora a memória e a capacidade de aprendizado
    Combater edemas musculares
    Fadiga crônica
    Problemas respiratórios
    Problemas digestivos

A ayurveda é uma dos sistemas medicinais aprovados pela OMS - Organização Mundial da Saúde e utilizado na Índia por uma importante parte da sua população. E, mais importante de tudo é que a ayurveda, bem aplicada, te dará uma enorme alegria de viver e o conhecimento do seu propósito nesta vida, ou seja, um sentido maior de integração com a vida e, só isso já é saúde que baste.

 

Especialmente indicado para você:

KUNDALINI YOGA: O QUE É, BENEFÍCIOS E AS PRINCIPAIS POSIÇÕES (VÍDEO)

EMPATIA, RESILIÊNCIA, TOLER NCIA: HABILIDADES EMOCIONAIS QUE DEVEMOS ENSINAR ÀS CRIANÇAS

AS 5 FERIDAS EMOCIONAIS QUE NOS IMPEDEM DE VIVER SERENAMENTE