Tatuagem: as consequências possíveis

tatuagem-consequência

Você sabia que as tatuagens também podem afetar a sua saúde? Infecções, transmissão de vírus, cicatrização deficiente e queimaduras podem acontecer. Veja mais.

A Dra. Marie Leger, dermatologista no Centro Médico Langone, da Universidade de Nova York, nos EUA, estuda as reações adversas possíveis das tatuagens. Ao portal Live Science ela diz que é importante saber quais as consequências potenciais de se fazer uma tatuagem.

Infecções

A insalubridade do local onde se faz a tatuagem podem trazer infecções ao tatuado que podem ser originadas tanto do tatuador como das tintas usadas ou os instrumentos mal limpos ou não desinfetados corretamente.

Em Nova York, em 2012, foi detectado um lote de tinta cinza contaminada com uma bactéria, a micobactéria, e ocorreu um pequeno surto de infecções de pele nos tatuados com erupções dolorosas que duraram meses. Mas, as micobactérias também podem causar lepra e tuberculose. Tenha cuidado.

Os fungos e vírus também são causantes de várias infecções em tatuados. Podem aparecer verrugas (viral), por exemplo. Tenha atenção e procure um dermatologista caso a sua nova tatuagem ficar vermelha, inchada, começar a “purgar linfa ou pus” ou estiver dolorosa.

Alergias

A reação alérgica às tintas usadas pode se desenvolver com o tempo. Então, fique atento pois, se na primeira tatuagem não aconteceu nada, a alergia pode acontecer por acumulação de tintas no seu corpo, com a segunda ou terceiras tatuagens.
Um caso aconteceu com uma pessoa que fez uma tatuagem vermelha e, 10 anos depois, ao fazer a segunda, as porções vermelhas de ambas as tatuagens, da nova e da antiga, começaram a coçar e a ficarem mais vermelhas ainda. E a alergia de tatuagem é difícil de tratar. São necessárias aplicações locais ou injeções de esteroides que podem ajudar mas, em casos graves, a tatuagem toda terá de ser retirada cirurgicamente.

Atraso em diagnósticos

Se você tem sua pele coberta por tatuagens poderá ser mais difícil diagnosticar problemas de saúde o que impedirá um diagnóstico rápido. Isso poderá ser muito perigoso.

Existem casos em que as tatuagens disfarçaram o aparecimento de câncer de pele (melanomas, carcinomas baso-celulares e carcinomas de células escamosas) como o caso de um homem que, ao remover a laser uma tatuagem, em 2013, descobriu embaixo desta um melanoma encoberto pela tinta preta.

Maior efeito da exposição ao sol

Tatuagens aumentam o risco dos efeitos da sobre-exposição aos raios de sol e, em alguns casos, as tatuagens podem ficar vermelhas e começarem a coçar. Fique esperto com isso, pode ser sinal de queimadura séria.

Na Dinamarca, em 2014, foi feito um estudo com banhistas tatuados e se descobriu que 42 % destes sofriam de reações desagradáveis ao tomar sol - 50% relatavam inchaços, coceiras e vermelhidão relacionadas com as tatuagens que tinham no corpo.

A pesquisadora explicou que a tinta amarela poderá causar coceira, vermelhidão e descamamento da pele exposta ao sol por conta do seu conteúdo em cádmio. Mas, outras cores também causam problemas ao sol e, segundo o estudo dinamarquês, as principais são as cores de tinta preta, vermelha e azul.

Queimaduras por ressonância magnética

Ressonância magnética pode queimar a tinta preta da sua tatuagem causando ferimentos sérios como o caso de um jogador de futebol, em 2011, relatado por seu médico, que concluiu que correntes elétricas se formam entre o óxido de ferro da tinta preta e o aparelho de ressonância. Enfim, você fica assando a fogo lento. Ah, mas as tintas vermelhas também podem conter óxido de ferro.

Leia mais:

TATUAGENS PIERCINGS PODEM CAUSAR INFECÇÕES GRAVES

TATUAGENS: EXISTEM RISCOS PARA A SAÚDE?

TATUAGENS: EM ESTUDO UM CREME QUE PODE REMOVÊ-LAS

Fonte: Hypescience