Planta pode também matar

As pessoas já não conhecem plantas, buscam na internet informações sobre para que servem mas, se esquecem de que, não é por ser “natural” que isso quer dizer “inofensivo”. É preciso ter cautela pois, a diferença entre o que te cura e o que te mata é, tão somente, a dosagem.

Acontece que a humanidade está, literalmente, nas mãos da propaganda e esta, no caso dos produtos naturais, tende a usurpar direitos (de saber as diferenças) em função de benefícios (entenda-se, benefícios para os que vendem). Essa é a lei do mercado capitalista, sistema de sociedade imperante no nosso planeta, por azar, e nós não podemos ser absolutamente crédulos a tudo o que se diz por aí. É preciso saber quem financiou a pesquisa que afirma que tal coisa é boa ou não, é preciso saber quais seus interesses ocultos pois, não há “ciência isenta onde o dinheiro é rei”.

Assim, aqui também entra a questão das drogas, discutidas hoje, e ontem, sobre a liberalização ou não. Mas, você sabe o que significa a palavra droga? Droga é um nome genérico dado a todo o tipo de substância natural ou não, que ao ser introduzida no organismo provoca mudanças físicas ou psíquicas. Nas áreas de Medicina e Farmacologia, droga é qualquer substância que previne ou cura doenças ao causar alterações fisiológicas nos organismos.

Mas, quero aqui lembrar a vocês que os venenos, ou drogas quando te matam, também são os remédios, ou drogas, quando te curam. E o uso indiscriminado de ervas de cura pode ser até prejudicial ao seu organismo de pois algumas se antagonizam, outras interferem no remédio de farmácia que você toma e vai confundir o médico que te orienta.

E para que fique mais claro, deixo aqui uma lista das plantas mais venenosas que existem na nossa terra, em cada terreno baldio, jardim ou matagal, e que também são remédios consagrados. Para que você conheça, e tome sempre os devidos cuidados.

Lista das plantas mais venenosas que existem na nossa terra

Acônito – As bagas e a raiz possuem aconitina que, em doses pequenas, provoca angústia e vertigens; 10 g são uma dose mortal.
Amarílis (açucena-formosa) – Bulbo muito tóxico (alcalóides); engolido, provoca vômitos, convulsões, às vezes hepatite.
Anêmona – Caule, folhas e flores venenosas; contém ranunculina, que provoca diarreia e paralisia.
Antúrio – O caule, as folhas e as flores contêm um suco que pode irritar gravemente as mucosas.
Arália – Toda a planta é tóxica; engolida, provoca vômitos, enxaqueca, paralisia; pode afetar gravemente as mucosas.
Artemísia (flor-de-diana) – Toda a planta possui alcalóides que, ingeridos, produzem distúrbios nervosos; o pólen, produz fortes efeitos alérgicos.
Beladona – As bagas contêm atropina, muito tóxica, que causa náuseas, delírio, cegueira; a ingestão de dez bagas é mortal.
Briônia (colubrina) – As raízes e bagas contêm brionicina, causa de diarréia e enrijecimento tetânico; vinte bagas são uma dose mortal.
Cicuta – Toda a planta e principalmente os frutos possuem conicina, que é extremamente venenosa; 5 g de folhas produzem a morte em trinta minutos. A cicuta pode ser confundida com o agrião.
Cróton – Suco e grão muito tóxicos; irritam violentamente, provocando tumores superficiais.
Dedaleira (Digitalis purpurea) – A planta a inteira é cardiotóxica (dela é extraída a digitalina); paralisa o coração; três folhas são uma dose mortal.
Dieffenbachia (comigo-ninguém-pode) – Toda a planta é perigosa; o suco provoca edema e paralisia na língua; no olho, irrita fortemente a córnea.
Dulcamara (doce-amarga ou uva-de-cão) – Toda a planta possui soladulcina, que provoca diarréia e vômito; dez bagas são uma dose mortal.
Ervilha-de-cheiro – As bagas contêm cianoalanina, que pode provocar paralisia e lesar a medula espinhal.
Eufórbia (coroa-de-cristo) – Todos os tipos são tóxicos; o suco (látex) queima e irrita a pele e as mucosas podendo causar lesões.
Gladíolo (palma-de-santa-rita) – A raiz é tóxica; engolida, provoca vômitos e forte irritação das mucosas.
Hera – As bagas contêm substâncias tóxicas que provocam vômitos e podem afetar as mucosas e as células dos rins e do fígado
Íris – 0 rizoma é tóxico; ingerido, provoca vômitos e diarréia; altera as células do cérebro.
Madressilva – As bagas são cardiotóxicas, provocando congestão, entorpecimento e taquicardia.
Poinséttia (folha-de-sangue) – Contém um suco (látex) muito corrosivo; irrita a pele, as mucosas e os olhos; pode provocar graves lesões digestivas.
Prímula – As folhas, o caule e as flores estão cobertos de pêlos que irritam a pele, causando dermatites e, às vezes, eczemas.
Rododendro (azálea) – Toda a planta possui andromedotoxina, que causa salivação abundante, cólicas, vertigens e paralisia respiratória.
Trombeta (saia-branca ou anágua-de-vênus) – O caule, folhas, flores e frutos possuem hioscianina e atropina; provocam náuseas, delírios, alucinações e cegueira, ou estado comatoso. Seus frutos são cápsulas de consistência semelhante à do couro.

Leia também:

10 PLANTAS TÓXICAS QUE O BRASILEIRO TEM EM CASA

PLANTAS TÓXICAS PERIGOSAS PARA NOSSOS PET’S

QUAIS SÃO AS MELHORES PLANTAS PARA COLOCAR NO BANHEIRO?

https://www.greenme.com.br/morar/acessorios-e-decoracao/3311-melhores-plantas-para-colocar-banheiro

fontes de pesquisa: PlantaMed