Foliculite: sintomas, causas e remédios naturais

Foliculite

O que é foliculite e como ela é causada? Existem remédios naturais para o seu tratamento? Foliculite é uma infecção da pele na zona onde se situa a raiz do pelo, denominado folículo piloso, que dá origem a espinhas vermelhas, com e sem pus.

É um problema muito comum que cria uma situação estética desagradável dada a presença de espinhas muitas vezes numerosas e parecidas com acnes, das quais se distinguem pela diversidade das causas que as desencadeiam.

Sintomas da foliculite

Como podemos reconhecer a foliculite? Em primeiro lugar a pele fica inflamada e vermelha, aparecem espinhas que podem ser de diversos tamanhos e criando, em alguns casos, dor e prurido. Muitas vezes, as espinhas contêm pus que quando se secam, se transformam em crostas. Naturalmente não se deve tocar e coçar as espinhas, mesmo sentindo muita vontade, pois ao se coçar, você pode agravar o problema e e acabar ficando com pequenas cicatrizes.

Na maior parte das vezes, a foliculite não deixa os sinais da infecção, mas isto se a inflamação for leve e resolvida a tempo. Se o problema se der mais profundamente, a epiderme inferior pode se comprometer e aí é possível que as cicatrizes fiquem bastante difíceis de desaparecerem. Mas felizmente são raros estes casos, uma vez que a foliculite leve é ​​muito mais comum e tende a desaparecer dentro de alguns dias sem deixar nenhum vestígio.

A foliculite pode aparecer em diferentes áreas do corpo, embora muitas vezes a pele delicada do rosto, a virilha ou as pernas (após a depilação) sejam geralmente as partes mais afetadas.

foliculite inflamacao

Causas da foliculite

Muitas vezes a foliculite é causada por uma infecção bacteriana. No entanto, é possível que a inflamação também se dê por causa de fungos, vírus ou a uma concomitante presença de diferentes microrganismos que tenham contribuído para o início da inflamação.

Na maioria dos casos, o responsável pela foliculite é o Staphylococcus aureus, uma bactéria que se aninha nos folículos pilosos e os inflama até que os sintomas acima apareçam. Pode haver várias razões para que este microrganismo seja capaz de infectar os folículos: depilações com cera ou lâmina de barbear, que tendem a encravar os pelos e promover a infecção, pequenos cortes, feridas e outros machucados.

Em alguns casos, a foliculite se sobrepõe à acne comum ou a uma dermatite, que por si só deixa a pele mais sensível e frágil aos ataques externos. Dado que a foliculite pode atacar indiscriminadamente homens e mulheres de todas as idades, existem fatores de risco tais como obesidade, diabetes, leucemia, cirurgias, terapias com antibióticos, cortisona, ou comportamentos não recomendados como vestir roupas muito apertadas ou se expor muito frequentemente à água muito quente (por exemplo para aqueles que frequentam a sauna). Nestes casos fala-se de "foliculite de banho quente".

Remédios Naturais para foliculite

Óleo da árvore do chá: melaleuca

Se a foliculite se der por causa de uma infecção bacteriana, um poderoso antibacteriano natural que pode resolver o problema é o óleo da árvore do chá. Você pode aplicar este óleo essencial com a ajuda de um cotonete usando uma gotinha em cada folículo inflamado.

Leia também: ÓLEO DE MELALEUCA: SUAS MIL UTILIDADES, PROPRIEDADES E COMO COMPRÁ-LO

Tomilho

Outro óleo essencial que pode vir a calhar em caso de foliculite é o óleo essencial de tomilho, um outro poderoso antibacteriano. Se você não tiver disponível o óleo essencial, você também usar uma infusão de tomilho para fazer compressas várias vezes ao dia na área afetada.

Malva

A malva é uma planta de excelentes efeitos calmante e relaxante, podendo assim ajudar a desinflamar os folículos pilosos e limitando a inconveniência causada pelo aparecimento das espinhas. Também neste caso é necessário fazer compressas sobre as zonas afetadas várias vezes ao dia, utilizando uma infusão de malva.

Erva-de-São-João

Um outro óleo vegetal que tem ação calmante, e é também um cicatrizante, é o óleo do hipérico, também conhecido como erva-de-São-João. Basta usar por dia uma pequena quantidade deste óleo nas espinhas, para obter algum alívio e uma cura mais rápida.

Vinagre

Um produto que todos temos em casa é o vinagre, muito útil contra a foliculite, seja para desinfetar seja para exercer um efeito anti-comichão. Com um cotonete aplique um pouco de vinagre nas áreas afetadas várias vezes ao dia.

Banho de aveia

A aveia tem qualidades calmante e suavizante, é excelente para aliviar o desconforto causado pela coceira. Para fazer um banho de aveia, basta colocar dentro de um saquinho de pano (algodão preferivelmente) ou mesmo de um lencinho amarrado, uma xícara de aveia fina, deixando o saquinho dentro da banheira ou usando-o debaixo do chuveiro. Note que do saquinho molhado sairá o leite natural da aveia que deverá ser massageado levemente sobre a área afetada.

Leia também:

BANHOS DE ERVAS: TERAPÊUTICOS E PRÁTICOS PARA O DIA A DIA

AROMATERAPIA: PRINCIPAIS ÓLEOS E UTILIZAÇÕES

TRAVESSEIRO DE ERVAS: OS DIVERSOS TIPOS E OS BENEFÍCIOS PARA A SAÚDE