Infarto: 20 sintomas que não devemos ignorar

Quais são os sintomas mais comuns de um infarto? Um ataque cardíaco nem sempre chega de repente, por isso é muito importante saber quais são os sintomas que podem preceder o problema, para que possamos reconhecê-lo o mais rapidamente possível, o que é essencial para salvar vidas.

Então aqui vão alguns sinais importantes, que não devem se ignorados ou subestimados.

1. Ânsia

Um ataque cardíaco pode causar intenso estado de ânsia, vinculada ao medo de morrer. Quem sobrevive a um ataque cardíaco, muitas vezes diz ter tido uma sensação semelhante, o medo de uma tragédia anunciada. O estado de ânsia elevada pode ser acompanhada por taquicardia. Mas cuidado também para não achar pelo no ovo e confundir um ataque iminente com a, infelizmente muito difusa, síndrome do pânico.

2. Dor Torácica

A dor torácica é um dos sintomas mais comuns do ataque cardíaco, especialmente no caso dos homens, e um dos sinais de que os médicos estão mais frequentemente estudando, de acordo com Dr. Jean C. McSweeney, um especialista da Universidade de Arkansas. Nem todos os infartos, no entanto, são precedidos por dores no peito e estes mesmos sintomas podem indicar também outras doenças. No caso de um ataque cardíaco, a dor no peito pode ocorrer na direção do centro ou ligeiramente para a esquerda, em direção ao coração. Pode-se sentir uma sensação de peso no peito ou uma forte sensação de pressão. Às vezes se comete o erro de achar que o sintoma doloroso de um ataque cardíaco possa ser uma dor devida a problemas de indigestão ou de estômago. Em caso de dúvida, é melhor procurar um atendimento médico imediatamente.

3. Tosse

A presença de tosse persistente pode ser o sintoma de um ataque cardíaco em iminência, por causa da acumulação de fluidos nos pulmões. Às vezes pode acontecer de ejetar sangue através da tosse. Não confunda os sintomas de um ataque do coração com os de bronquite ou pneumonia.

4. Tonturas e vertigens

Tonturas e vertigens podem preceder um ataque cardíaco e representar os sintomas de uma perda iminente de consciência ou desmaio. Elas também podem estar relacionadas com arritmias e alterações repentinas no ritmo cardíaco.

5. Fadiga

Um forte sentimento de cansaço e fadiga pode preceder a chegada de um ataque cardíaco. É um sintoma que não deve ser subestimado e que pode ocorrer, de acordo com especialistas, até mesmo há alguns dias ou semanas antes do episódio em si. Fadiga também pode ser um forte sinal para outros distúrbios. Em caso de dúvida não hesite em consultar um médico.

6. Náuseas e falta de apetite

Outras sintomas comuns que podem preceder um infarto são náusea e falta de apetite. Um pouco antes ou durante um ataque cardíaco pode ocorrer vômitos. Uma forma de inchaço associado a problemas cardíacos pode interferir no apetite e na digestão.

7. Dores nos braços

Em muitos casos de ataque cardíaco, especialmente em homens, a dor do peito se espalha para os braços, ombros e cotovelos, mas também para o pescoço, mandíbula e abdômem. Por vezes, a dor no peito não ocorre e pode ser substituída por dor em um braço, em ambos os braços ou nas costas entre os ombros. A dor pode ser contínua ou intermitente.

8. Batimentos cardíacos rápidos ou irregulares

Uma batida rápida e irregular no coração, especialmente se acompanhada de fraqueza, tonturas e dificuldade respiratória, de acordo com especialistas, podem indicar ataque cardíaco, insuficiência cardíaca ou arritmia. Arritmias, se não forem tratadas, podem levar à morte súbita.

9. Problemas respiratórios

A dificuldade em respirar e a falta de ar podem indicar um problema de pulmão, como asma ou a síndrome obstrutiva crônica. Mas os mesmos sintomas também podem ser um aviso relacionado ao ataque cardíaco ou à insuficiência cardíaca. De acordo com o cardiologista Goldberg, este sintoma pode ser acompanhado de dor no peito.

10. Suores frios

Um suor frio repentino é considerado um sintoma muito comum de ataque cardíaco. De acordo com especialistas, pode acontecer que você esteja confortavelmente sentado em uma poltrona e comece a suar como se estivesse durante um treinamento esportivo.

11. Inchaço

A parada cardíaca pode provocar o acúmulo de fluidos no corpo. Este fenômeno pode causar inchaço nos pés, tornozelos, pernas ou abdômen. Às vezes pode vir como um súbito aumento de peso ou uma desmotivada perda de apetite.

12. Fraqueza

Nos dias antes de um ataque cardíaco, pode haver um forte sentimento de fraqueza, que as pessoas são incapazes de explicar. De acordo com especialistas, nestes casos, até manter uma folha de papel entre os dedos pode ser uma coisa muito difícil.

13. Indigestão

Em alguns casos, o infarto pode ser precedido por uma sensação de não ter digerido bem, devido a um forte desconforto no estômago, com azia e dificuldades na digestão. O fenômeno pode ser causado pela má circulação do sangue no abdômen, um sintoma que pode indicar um ataque cardíaco em andamento.

14. Insônia

Uma redução dos níveis de oxigênio no sangue, pode causar mudanças sutis que causam agitação e insônia. Seriam fenômenos inexplicáveis ocorridos em circunstâncias normais. Alguns pacientes revelaram que passaram por episódios de agitação, ansiedade e insônia nos meses que precederam ao ataque. Este poderia ser um sinal do nosso corpo indicando que algo está errado.

Infarto em mulheres: sintomas que não devemos ignorar

O infarto pode atingir seja homens que mulheres. Nas mulheres porém os sintomas podem se manifestar de maneira diversa dos homens. Algumas mulheres podem se encontrar de frente a sintomas muito vagos ou aparentemente insignificantes.

1. Dor que se irradia por todo peito

Ao contrário do que acontece nos homens, nas mulheres a dor no peito pode não incidir sobre um ponto específico localizado no lado esquerdo, mas pode estender-se a qualquer outro ponto do peito causando uma sensação de rigidez.

2. Dores no pescoço e mandíbula

No caso das mulheres, a clássica dor no braço esquerdo pode não aparecer e ser substituída por dores no pescoço ou mandíbula. Nas mulheres, a dor pode ser súbita ou gradual e pode ocorrer intermitentemente antes de se tornar intensa. O Dr. C. Noel Bairey Merz, cardiologista em Los Angeles, recomenda consultar um médico em caso de queixas suspeitas.

3. Dor de estômago

As mulheres podem experimentar uma forte dor de estômago antes de sofrer de um ataque cardíaco e experimentar uma sensação muito intensa de pressão abdominal. Às vezes, estes sintomas podem estar ligados, por engano, à influência, úlceras ou problemas de acidez estomacal.

4. Tonturas, náuseas e falta de ar

Especialmente em mulheres, de acordo com especialistas, tais sintomas que precedem um ataque cardíaco, podem ocorrer juntos, de um momento ao outro e sem qualquer razão aparente.

5. Suor repentino

O suor frio repentino é considerado um sintoma de ataque cardíaco muito mais comum em mulheres do que nos homens. As mulheres podem achar que o suor excessivo esteja ligado a um estado de estresse. Os especialistas aconselham a passar por uma verificação, especialmente se a origem do fenômeno não estiver clara.

6. Fadiga

Algumas mulheres antes de um episódio de ataque cardíaco, podem se sentir particularmente cansadas e sem energia, mesmo depois de terem passado o tempo todo sentadas e sem terem feito quaisquer esforços que justifiquem a canseira. Tarefas comuns, ir de um cômodo ao outro por exemplo, podem ser muito cansativas.

Prevenção

Agora que sabemos quais são os principais sintomas de um ataque cardíaco, não vamos esquecer do principal: a prevenção. Tanto homens quanto mulheres devem cuidar ao máximo de si mesmos para evitar os ataques cardíacos. A American Heart Association recomenda que todos consultem um especialista para a avaliação de riscos.

Além disso, mudar hábitos também ajudam muito: parar de fumar reduz o risco em 50%, começar a fazer atividade física, pelo menos 30 minutos por dia e mudar a dieta preparando pratos mais leves, mais verdura e menos carne também contribuem para a saúde geral e especialmente do coração.

Leia também: O QUE ACONTECE EM SEU CORPO QUANDO VOCÊ PARA DE FUMAR? DE 20 MINUTOS A 15 ANOS