Cocô: teríamos sempre feito de um modo errado?

coco modo errado

Talvez nós tenhamos sempre feito de forma errada, e esta seria a razão para tantos problemas relacionados à “ida ao banheiro”, desde a prisão de ventre às hemorróidas. O quê? Isso mesmo, estamos falando do importante ato de defecar diariamente.

Não que o modo pelo qual cada um se senta ao vaso sanitário possa interessar tanto, mas parece que a posição que usamos para defecar esteja ligada às várias irregularidades intestinais.

A tese é de Giulia Enders, doutoranda em biologia médica e autora do livro “Encanto intestinal” em livre tradução para “Darm Mit Charme”, título original do livro que se tornou um best-seller na Alemanha.

Na prática, parece que a melhor maneira de evitar a prisão de ventre é fazer cocô na posição agachada. De acordo com a biólogo alemã, de fato, a forma sentada, como faz a metade das culturas no mundo, não ajudaria a evacuação.

O agachamento seria mais natural e colocaria menos pressão sobre as nossas costas. “1,2 bilhão de pessoas no mundo que usam o agachamento para defecar, são menos propensas a sofrer de problemas nos divertículos e de hemorróidas - diz Enders. Nós, no Ocidente, por outro lado, esprememos o nosso tecido intestinal até sair da nossa parte inferior".

Se fazer agachado em nossos banheiros ocidentais é realmente complicado, seria o suficiente, de acordo com a bióloga, sentar-se no vaso sanitário e descansar as pernas sobre um banquinho, dobrando as costas para a frente.

Um outro ponto esclarecido por Enders é a presença de dois esfíncteres: um externo e outro interno. Trabalhado inconscientemente, o esfíncter interno é uma espécie de sensor interno que diz se é ou não hora de se abrir. Quando estamos fora de casa, por exemplo, não estamos relaxados o suficiente para que o esfíncter se abra. Não lhe “escutar” por muito tempo, porém, pode causar problemas de constipação intestinal.

Portanto, além de cuidar da nossa flora intestinal - evitando exagerar nas bebidas alcoólicas, comendo probióticos, etc - colocar um banquinho no banheiro não custa nada para ver se a dica da bióloga alemã, funciona para quem sofre para ir ao banheiro.

Leia também:

seta

CAMOMILA: PROPRIEDADES, USOS E CONTRAINDICAÇÕES

setaREMÉDIOS CASEIROS PARA ELIMINAR GASES ESTOMACAIS E INTESTINAIS