Ballet adulto → Quem dança os males espanta! Nunca é tarde para começar

  • atualizado: 
Ballet adulto

Você já ouviu falar de ballet adulto? Do que se trata? É uma moda? Um marketing? Uma coisa de gente velha ou simplesmente uma nova modalidade de ballet clássico?

Não é nada disso! Não é moda nem frescura nem marketing nem nova modalidade de ballet clássico. O nome deve ter vindo de um fato quase que obrigatório no ballet: começar muito jovem, aliás, criança. Mas a dança, qualquer tipo de dança, não tem idade. De verdade! Vejamos do que se trata o ballet adulto, porque vem assim chamado e tudo o mais que você queria saber sobre ele.

Ballet se inicia cedo mas nunca é tarde para começar

ballet adulto senhora

É verdade! Ballet quanto antes se inicia melhor. Mas o mesmo se pode dizer para qualquer outra atividade física, principalmente se a intenção for fazê-la em nível profissional. Mas quem quer ser profissional? Nem a criança sabe se será um (a) bailarino (a) profissional, então por que tem que comecar cedo?

As crianças, principalmente as meninas, começam cedo no ballet porque suas mães sonham em vê-las no palco dançando vestidas de rosa. Mas isso é uma grande bobagem pois as meninas podem ser tudo aquilo que elas quiserem, inclusive bailarinas, mas podem ser engenheiras e astronautas. Da mesma forma os meninos podem ser o que quiserem, inclusive jogares de futebol, mas também podem ser bailarinos, médicos, chefs de cozinha, enfim...

Acontece que, muitas vezes, o sonho dos pais não coincide com o sonho dos filhos. A vida toma rumos diferentes e a um certo ponto, quando pegamos as rédeas do nosso destino, resolvemos capturar sonhos não realizados do passado e trazê-los ao presente porque nunca é tarde para começar qualquer coisa: uma faculdade, um curso profissionalizante, uma atividade física ou um esporte, um ofício artístico ou artesanal.

Ballet adulto: o que é

Contudo, não deixa de ser verdade que começar cedo é bom, uma porque o corpo tem memória e outra porque o ballet clássico é mesmo um pouco ingrato, requer uma determinada dedicação, aliás requer bastante dedicação, e quanto antes se inicia, mais fácil será, mas, repetindo, nunca é tarde para começar.

Como nem o corpo nem a cabeça do adulto é igual ao corpo e a cabeça infantil, seria necessário separar as idades em uma aula de ballet. Os adultos se sentiriam constrangidos em fazer aulas com crianças e vice-versa. A solução? Ballet adulto! Uma aula onde gente de todas as idades adultas podem começar o beabá do ballet clássico, ou recomeçar, se for o caso, em um nível mais avançado.

Não precisa ser bailarino profissional para dançar ballet clássico

ballet adulto amador

O ballet tem suas dificuldades, como muitas coisas que fazemos na vida, porque ao final de um curso de ballet clássico, se o estudante não ingressar em uma companhia ou não partir para dar aulas, provavelmente seguirá sua vida longe dos palcos e das aulas, e isso pode lhe causar uma certa sensação de tarefa inacabada.

Antes era difícil encontrar quem se dedicasse ao ensino de ballet clássico para adultos ou mesmo a um treinamento para aqueles formados mas parados. Hoje, ainda bem que isso mudou porque ballet é puro amor, pura paixão e, ainda que tenha sido um amor platônico, ele estará sempre no coração de quem se encontrou dançando nesse estilo, seja pela música seja pela qualidade/dificuldade/rigidez de técnica e movimentos.

Como são as aulas de ballet adulto?

Isso vai depender do professor e do nível dos alunos. O importante é respeitar duas premissas:

O tempo...

Começar com 20 anos (e 20 anos significa ser muito jovem) é quase improvável tornar-se bailarino clássico profissional. Digo clássico porque a técnica é muito dura mas é a base para qualquer outra dança. Exceções devem existir, talentos natos, pessoas com constituição física muito adapta ao ballet, mas, via de regra, se começa cedo, na infância, e, na idade adulta, as aulas devem ser normais, com toda a sua rigidez (ballet é disciplina total) mas sem exagero porque provavelmente ninguém ira fazer audição para o Bolshoi.

e o corpo

Ao mesmo tempo deve-se respeitar muito o corpo porque fazer ballet com um profissional não qualificado pode implicar em problemas (posturais, musculares, distensões etc).

Com quantos um adulto pode iniciar?

Com 18, com 20, com 30, com40, com 50, 60, 70...Não há limites!

Com quantos anos um adulto pode subir na ponta?

ballet adulto ponta

Ah, as sapatilhas de ponta. Bom, antes de tudo vamos deixar claro, ballet clássico não é só ponta. As crianças também se perguntam sempre quando iniciarão as aulas de ponta, os pais também não veem a hora mas, para usar as sapatilhas de pontas é preciso de uma boa preparação antes, os pés, os tornozelos devem ter força, flexibilidade, segurança, senão...o risco de lesão é grande e chato.

Um profissional qualificado pode dizer se, e quando, o adulto pode começar a fazer as aulas de ponta e estas são bem devagar, etapa por etapa. Começa-se com as mãos na barra sobe e desce, meia-ponta, ponta e assim vai. E até que o bailarino se sinta seguro para ir ao centro com as pontas...leva um pouco de tempo. Mas isso também acontece nas aulas de quem começou desde pequeno, por isso, paciência, este sonho se realizará!

E para finalizar, um vídeo emocionante! Abaixo, veja os benefícios da dança e não tenha dúvidas, quem dança os males espanta, os sonhos realiza e a felicidade alcança! Nunca é tarde para começar.

O futuro me diz: vem! from Bruno Yoguy on Vimeo.

Leia mais sobre ballet clássico e outras danças:

BALLET: 10 BENEFÍCIOS PARA CAIR NA DANÇA

DANÇA DO VENTRE: TUDO SOBRE ESTA LINDA DANÇA FEMININA E SENSUAL

DANÇAS FOLCLÓRICAS DO BRASIL! DANÇAS, ORIGENS, ROUPAS E VÍDEOS

HAKA NEOZELANDESA: DANÇA, GRITO DE ALMA, CULTURA DE UM POVO