Pilates: benefícios e exercícios para começar

pilates

Pilates é um sistema de condicionamento físico que melhora a fluidez do movimento, o tônus muscular, a força e flexibilidade de todo o corpo.

Graças a exercícios de Pilates, podemos obter benefícios diferentes, ativando todos os músculos e articulações. O método Pilates tem a vantagem de ser facilmente adaptado para as capacidades e as limitações físicas de cada um. Especialmente no caso de problemas musculares ou dor nas costas é muito bom a prática de Pilates, sob a orientação de um instrutor experiente, que vai indicar os melhores exercícios para você executar.

Benefícios do Pilates

Os exercícios de Pilates têm maior influência sobre os músculos do tronco e na flexibilidade da coluna, mas também fortalecem os músculos dos braços, pernas e nádegas. A área que se estende desde o peito até a pélvis em Pilates é chamado Power House e é considerada a parte principal do corpo, a partir do qual irradia toda a força que temos.

Graças ao Pilates podemos aprender a mover-nos de forma harmoniosa e também podemos remodelar o corpo, especialmente tonificar os músculos. A prática de Pilates é útil tanto para fins estéticos e para objetivos de reabilitação.

Na verdade, o método Pilates começou como uma prática para a reabilitação dos movimentos corporais. O Pilates trabalha principalmente sobre os músculos que nos permitem manter uma boa postura. Ele nos ajuda a encontrar o alinhamento da coluna vertebral e pode mudar para melhor a forma como andamos ou sentamos.

O método Pilates é benéfico para melhorar o tônus muscular e a circulação. Promove a saúde cardiovascular, que pode ajudar a perder peso e aliviar a dor nas costas e dor de cervical.

Exercícios de Pilates para começar

Aqui estão alguns dos principais exercícios de Pilates para ser testado usando um tapete antiderrapante como suporte.

1) Primeiro exercício de Pilates

Deite de bruços com as pernas juntas e com a cabeça descansando sobre o tapete. Dobre os braços e coloque-os ao lado do corpo com as palmas das mãos na altura dos ombros. Inspire e levante, mantendo as mãos descansando sobre o tapete. Expire e levante os braços esticando-os antes de você. Inspire e volte com os braços dobrados ao seu lado, com as palmas das mãos esticadas e a testa descansando sobre o tapete. Faça 10 repetições. Este exercício treina os músculos das costas e parte interna das coxas.

2) Segundo exercício de Pilates

Deite-se em decúbito dorsal sobre a esteira, os joelhos dobrados em direção ao peito. Inspire e levante uma das pernas de cada vez , formando um ângulo de cerca de 45 graus com o chão . Expire e levante a cabeça ligeiramente. Inspire e estique os braços para a frente, com as palmas das mãos viradas para baixo. Abaixe a cabeça, braços e pernas para voltar à posição inicial e repita o exercício 10 vezes . Este exercício trabalha seu abdominais, oblíquos e músculos flexores dos quadris.

3) Terceiro exercício de Pilates

Deite de costas e dobre os joelhos , mantendo as solas dos seus pés sobre o tapete. Traga as pernas paralelas aos joelhos dobrados formando um ângulo reto entre as coxas e pernas. Inspire, levante a perna esquerda e , em seguida, toque o seu dedo do pé, sempre mantendo os joelhos dobrados em 90 graus. Repita 10 vezes com a perna esquerda e 10 vezes com a direita. Este exercício trabalha seu abdominal e músculos dos quadris.

4) Quarto exercício de Pilates

Sente-se com as pernas esticadas na esteira e dedos alongados . Inspire e levante os braços à altura dos ombros , com as palmas das mãos voltadas para a frente . Mantenha os ombros relaxados . Expire e gire o tronco para a direita. Inspire e retornar ao centro . Abaixe os braços . Gire o tronco para a esquerda. Repita 10 vezes de cada lado. Os novatos podem executar o exercício sentado de pernas cruzadas . Este exercício trabalha o trapézio , os músculos das costas e braços.

5) Quinto exercício de Pilates

Fique de quatro sobre a esteira, com as palmas das suas mãos estendidas na linha dos ombros. Traga uma perna apontando o pé e faça o mesmo com a outra perna. Você pode manter os pés juntos ou ligeiramente separados para ter uma posição mais estável. Inspire e expire, levantando a perna esquerda tentando trazê-la paralela ao chão. Traga o seu pé sobre o tapete e repita o exercício com a perna direita. Realize 5 vezes com cada pernas. Este exercício trabalha os abdominais, peitorais, tríceps, glúteos.

Leia também:

setaYOGA PARA INICIANTES: POSES, SEQUÊNCIAS E DICAS

setaDICAS DE ALIMENTAÇÃO, SEGUNDO O YOGA

 Fonte fotos: Best Health Mag