Brasil, povo alegre e otimista? Só que não. Nossos jovens são um dos mais pessimistas do mundo

Brasil, povo alegre e otimista? Só que não. Nossos jovens são um dos mais pessimistas do mundo

Os brasileiros sempre foram um povo famoso no mundo todo pela alegria de viver e pelo otimismo com o futuro. Mas, ao que parece, a situação mudou. Pelo menos é o que indica uma pesquisa feita pela Unicef.

Jovens brasileiros estão entre os mais pessimistas

Segundo esse levantamento feito em 21 países e recém-divulgado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância, somente 31% dos jovens brasileiros entre 15 e 24 anos acreditam que o planeta está melhorando.

Com isso, o Brasil está no penúltimo lugar do ranking, atrás apenas de Mali, na África Ocidental.

Outros dados da pesquisa

A pesquisa também traz outras conclusões preocupantes. Por exemplo, ao analisar os dados da mesma pesquisa feita com participantes acima de 40 anos, a situação é ainda mais crítica: nessa faixa etária, só 19% dos participantes acreditam que o mundo vai melhorar.

Querendo tirar um lado positivo da pesquisa, diretora-executiva do Unicef, Henrietta Fore, nota que as faixas etárias mais novas são, de qualquer modo, mais otimistas que as mais velhas.

“Não faltam motivos para o pessimismo: mudanças climáticas, pandemia, pobreza e desigualdade, aumento da desconfiança e crescimento do nacionalismo. Mas aqui está um motivo para otimismo: adolescentes e jovens se recusam a ver o mundo através das lentes sombrias dos adultos”, diz ela.

Leia mais AQUI, no site oficial da Unicef

Talvez te interesse ler também:

Psicologia do otimismo: como o pensar positivo pode mudar nossa vida

Otimismo e felicidade fazem bem ao coração

Positividade TÁTICA em vez de tóxica: pois pensar positivo não basta

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *