Vitamina D: porquê é importante para crianças e bebês

  • atualizado: 
vitamina-D-em-bebês

A vitamina D é uma substância essencial para a fixação do cálcio e, portanto, para ter ossos saudáveis. Esta é a primeira resposta às mães que perguntam sobre o porquê de ser tão importante garantir esta vitamina aos filhos, desde o nascimento.

A vitamina D faz parte do grupo de nutrientes que suportam o crescimento e a saúde dos ossos: o pressuposto é que é muito importante ter boas doses de vitamina D durante as fases de crescimento, porque é precisamente neste período que são lançadas as bases para uma justa mineralização óssea, com consequências e repercussões na vida adulta (a carência pode causar raquitismo e osteomalácia).

A função da vitamina D em bebês e crianças, então, é acima de tudo promover um bom desenvolvimento dos ossos. Ela ajuda a sintetizar as enzimas presentes nas mucosas responsáveis ​​pelo transporte ativo do cálcio disponível e é necessária até que ossos e dentes estejam bem calcificados.

Como adquirir a vitamina D

Em alguns países, já na saída do bebê do hospital, os médicos prescrevem um suplemento a ser tomado pelo menos durante os três primeiros meses de vida do recém-nascido.

Dizem no entanto que seria suficiente uma exposição regular à luz solar, de cerca de 15 minutos por dia e fora dos horários de pico, para permitir ao nosso organismo a produção da vitamina D necessária para o seu correto funcionamento.

Além da exposição solar, é importante fazer atividades físicas para garantir um estilo de vida saudável. Sobrepeso e obesidade são inimigos também da vitamina D que, sendo solúvel em gordura, permanece "presa” nos depósitos de gordura e não consegue chegar aos órgãos que dela precisam.

Alimentos fontes de vitamina D

A vitamina D é encontrada em muitas fontes alimentares tais como peixes, ovos, óleo de fígado de bacalhau e leite enriquecido. Também é importante consumir alimentos ricos em cálcio: amêndoas, espinafre, couve, semente de chia, de linho, quinoa, melaço, laranja, sementes de sésamo, leguminosas, brócolis e figo.

O que acontece se faltar vitamina D

Raquitismo, osteomalácia e osteoporose são as doenças clássicas da deficiência de vitamina D, mas a sua falta pode estar ligada também à outras doenças tais como: asma, problemas cardiovasculares, artrite reumatoide, depressão, autismo, esquizofrenia, pressão alta e fraqueza muscular.

Talvez te interesse ler também:

setaFÍSICO FORTE, CORAÇÃO SAUDÁVEL E MENOS ESTRESSE COM A VITAMINA D

setaVITAMINA D É PRECISO

setaQUE VITAMINA PODE ESTAR FALTANDO EM SEU ORGANISMO?

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!