Ex-mendigo, hoje milionário, dá 160 mil dólares para a mulher que o salvou há 20 anos

Um cheque de um milhão de yuans em dinheiro, o equivalente a mais de US$ 160 mil foi o montante que Dai Xingfen, uma mulher de 45 anos, residente na cidade de Taizhou, província de Zhejiang, na China, recebeu de um empresário. A razão? Simples, ela o mereceu por causa de seu altruísmo e generosidade.

Tudo começou há mais de 20 anos, quando o empresário que lhe presenteou, era um jovem mendigo de apenas 17 anos. Para ele e seus companheiros, esta mulher ofereceu abrigo e alimento em sua modesta quitinete. Ela lhes deu água morna para aliviar as bolhas de seus pés e ainda ligou para alguns conhecidos seus para ver se conseguia arrumar emprego para os jovens em uma outra cidade. Antes de partirem, ela ofereceu dinheiro para as passagens de trem.

Mas a melhor coisa que lhes deu, foi um bom conselho: "Ela disse que não se importaria de ter um monte de dinheiro, o que importa é tentar ser uma boa pessoa." Quem conta a história é He Rongfeng, que agora tem 38 anos e nunca se esqueceu da ajuda fundamental para a sua vida.

"Dois amigos e eu tínhamos ido para Taizhou em busca de trabalho, mas não conseguimos e acabamos ficando na rua, sem dinheiro, com fome e sem até mesmo sem sapatos. Se não fosse a bondade de Dai, naquele dia, 20 anos atrás, eu não estaria onde estou hoje", disse o empresário, que, depois de tornar-se rico o suficiente, decidiu rastrear a sua salvadora e oferecer-lhe uma grande soma em dinheiro como um sinal de sua gratidão.

O que fez Dai? Ela se recusou a receber a grande soma: "Não consegui receber o dinheiro, não o ajudei para isso. Fiquei muito feliz com a surpresa e pelo fato de ainda se lembrar de mim, mas eu não posso aceitar o dinheiro", disse a mulher, que porém agora tem uma bela placa que diz: "a gratidão pesa como uma montanha".

Lindo!

Leia também: Praticando o desapego: histórias inspiradoras de pessoas que vivem com pouco