Papa Francisco: Amazônia precisa do fogo de Deus, não do fogo de interesses econômicos

  • atualizado: 
Papa sínodo Amazônia

Começou no domingo (6) a Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para a Região Pan-Amazônica, evento realizado no Vaticano, cujo tema este ano é “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

Ontem, na missa de abertura, na Basílica de São Pedro, o Papa Francisco mencionou as recentes queimadas na maior floresta tropical do mundo, condenando o "fogo dos interesses" econômicos.

“O fogo ateado por interesses que destroem, como o que devastou recentemente a Amazônia, não é o do Evangelho. O fogo de Deus é calor que atrai e congrega em unidade. Alimenta-se com a partilha, não com os lucros”, disse o pontífice

O líder católico, que falou para representantes de comunidades indígenas e 185 padres, entre eles 58 brasileiros, também criticou a postura colonizadora da Igreja no passado e alertou para o que chamou de "ganância dos novos colonialismos":

Quando sem amor nem respeito se devoram povos e culturas, não é o fogo de Deus, mas do mundo. Contudo quantas vezes o dom de Deus foi, não oferecido, mas imposto! Quantas vezes houve colonização em vez de evangelização! Deus nos preserve da ganância dos novos colonialismos”, exortou o Papa

O Sínodo se encerra no dia 27 de outubro. Que até lá um outro tipo de chama surja no horizonte para nos iluminar. Porque, no momento, é o outro fogo que nos consome.

Talvez te interesse ler também:

ÓLEO NO NORDESTE: SERGIPE DECRETA SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA

O COLETOR DE LIXO CRIADO POR BOYAN SLAT REALMENTE FUNCIONA E ESTÁ CAPTURANDO TONELADAS DE PLÁSTICO NO PACÍFICO

O EXEMPLO DO RIO JUNDIAÍ: DEPOIS DE 34 ANOS, DESPOLUÍDO, VOLTA À VIDA!

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!