Imagens chocantes mostram Aleppo, Síria, antes e depois da guerra

  • atualizado: 
Aleppo antes e depois da guerra

Se Papai Noel realmente existisse, tem um presente urgente que a humanidade pede para fechar este ano trágico que vivemos: o fim da guerra na Síria.

Imagens chocantes nos dão conta da destruição que a guerra causou na histórica cidade de Aleppo, um dos mais antigos povoados do mundo e que, segundo a ONU, já matou mais de 400 mil e desabrigou mais de 4,5 milhões de pessoas.

Onde antes havia igrejas bizantinas, fortalezas, mesquitas antigas e muitos edifícios Patrimônio Mundial da UNESCO, agora existem pilhas de escombros. A Grande Mesquita de Aleppo foi completamente destruída, bem como os muros da cidadela e o famoso mercado de Al-Madina.

Imagens que se tornaram o símbolo da devastação na Síria, das tradições e da cultura de seu povo. As fotos foram publicadas no Facebook de Olympia Restaurant, que escreve:

"Essas 124 imagens mostram a nossa amada cidade, como era antes e como tornou-se agora, depois da sabotagem, destruição e pilhagem de monumentos. Não existem mais locais históricos, casas antigas, mesquitas, igrejas e os históricos mercados (Souks) que foram classificados como Patrimônio Mundial da UNESCO em 1986".

A guerra na Síria

O que vem acontecendo naquele país nos últimos dias é realmente uma afronta à inteligência humana. Impossível compreender.

Contra o governo do presidente Bahsar al-Assad, no poder desde 2000 em sucessão ao seu pai, Hafez al-Assad, que governou a Síria por 30 anos até a sua morte, pessoas chamadas de rebeldes estão sendo executadas friamente, entre estas crianças e mulheres.

Os protestos começaram em 2011 quando os opositores ao regime de al-Assad pediam sua derrubada. O ditador acredita que seu país é vitima de uma "conspiração estrangeira" e não aceita promover reformas democráticas em seu mundo árabe, muito menos abrir a política local para o seu povo.

Nas últimas semanas, as forças do governo conseguiram tomar o controle em muitas das partes da cidade que ainda estavam sob o domínio dos rebeldes.

Ontém, 15, conforme divulgou a BBC, as forças beligerantes acordaram um cessar-fogo.

Aleppo, hoje um triste palco de batalhas, já foi a cidade mais importante da Síria, a maior, tendo sido também o centro financeiro e industrial do país.

Veja algumas das fotos que mostram como a guerra civil destruiu Aleppo:

Aleppo antes e depois da guerra

aleppo antes e depois 1
aleppo antes e depois 2
aleppo antes e depois 3
aleppo antes e depois 4
aleppo antes e depois 5

aleppo antes e depois 6
aleppo antes e depois 7
aleppo antes e depois 8

aleppo antes e depois 9

aleppo antes e depois 10

Haverá um fim?

Existe apoio internacional militar, político e financeiro para ambas as partes (governo e e oposição) por isso fica difícil imaginar a que fim levará esta guerra de horrores, sobretudo de interesses.

Mas a indicação da ONU é a de que haja um novo governo de transição baseado em um consentimento mútuo, de ambas as partes conflitantes.

Enquanto isso não acontece, segundo a ONU, são necessários US$ 3,2 bilhões para prover ajuda humanitária a 13,5 milhões de pessoas que estão vivendo e sofrendo na pele este drama em pleno 2016. É de uma tristeza sem consolo.

Especialmente indicado para você:

NATAL SOLIDÁRIO: CONVIDE UM AMIGO REFUGIADO PARA A TUA CEIA

MENINO ESCREVE CARTA A OBAMA COMUNICANDO ACOLHIDA DE SUA FAMÍLIA A GAROTO SÍRIO