O Muro da Gentileza: pegue o que precisar

Nasceu no Irã uma iniciativa maravilhosa para ajudar as pessoas que precisam de coisas, roupas, acessórios, utensílios para melhor suportarem o frio e as dificuldades da vida nas ruas. Estes são os muros da gentileza, onde qualquer pessoa pode doar roupas, sapatos e acessórios à quem precisar.

Os muros se difundiram antes do Natal, especialmente em Teerã, onde o número de pessoas em situação de rua vem crescendo constantemente. Mas dado o sucesso do boca-a-boca e das fotos publicadas no Twitter e no Instagram com a hashtag #WallOfKindness, em outras áreas do país, outros muros da gentileza se abrem pela e para a população local.

O primeiro muro teria sido feito na cidade de Mashad no norte do Irã por alguém que se manteve em anonimato.

"Se não precisa, deixe; se precisar, pegue” seriam as palavras descritas sobre os muros de paredes coloridas, onde qualquer pessoa pode deixar ou levar qualquer coisa que possa ser útil à quem vive em situação de rua. Os muros são feitos com cuidado, ganchos, prateleiras e sapateiras são usados para manter tudo em ordem, arrumado e em bom estado para doação.

Mais uma vez o poder do compartilhamento combinado com a criatividade e o desejo de ajudar os outros, cria uma bela iniciativa que esperamos replicar um pouco em todo o mundo onde, infelizmente, existe tanta desigualdade, onde muitos têm demais e outros têm de menos. Neste caso, o muro, um símbolo da divisão e da separação do que é meu com o que é teu, torna-se um símbolo de solidariedade e de ajuda mútua.

Que tal construimos muros assim também nas cidades em que vivemos?

Leia também:

GELADEIRA COMUNITÁRIA: UMA IDEIA QUE SE ESPALHA PELO MUNDO

TEM AÇÚCAR? SITE BRASILEIRO APROXIMA AS PESSOAS PARA EMPRESTAREM OU DOAREM COISAS

WALLEYBALL: O VOLEIBOL QUE ROMPE O MURO ENTRE OS EUA E O MÉXICO