Neiva Guedes: a bióloga é agora personagem da Turma da Mônica: uma homenagem às Mulheres na Ciência

Lembra da bióloga e professora Neiva Guedes? Neiva é uma professora universitária cuja pesquisa é voltada para a preservação da arara-azul, no Pantanal.

Ela é presidente do Instituto Arara Azul e por sua dedicação durante três décadas ao estudo da espécie, para que esta seguisse viva, ela concorreu ao prêmio “Faz Diferença”, na categoria Sociedade/Ciência e Saúde, organizado por O Globo junto com a Federação das Indústrias do Rio de Janeiro.

O reconhecimento pelo seu trabalho veio, também, de outra forma, bastante inusitada: a bióloga se transformou em uma personagem da Turma da Mônica. A homenagem ocorreu semana passada, no dia 11 de fevereiro, data criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) para ser o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência.

Neiva contou ao G1 que se sentiu “muito honrada” com a homenagem:

“Eles entraram em contato no início da semana pedindo autorização para usar o meu nome e imagem, mas, só vi a publicação no momento em que postaram. Não tinha visto nada antes e me senti muito honrada e feliz com o reconhecimento do nosso trabalho”.

O entusiasmo da bióloga foi ver o alcance do seu trabalho se expandir para um outro público.

“São pessoas que normalmente não atingimos, como as crianças e os jovens. E é partir deles que podemos descobrir grandes talentos, assim como ocorre no esporte, por exemplo”, destaca.

O projeto já prestou homenagens a outras mulheres que contribuíram para a ciência, como: Marie Curie, Ada Lovelace, Bertha Lutz, Katherine Johnson e Katie Bouman.

Parabéns à Neiva Guedes! E que seu trabalho reverbere nas novas gerações, para que aprendam a cuidar da natureza e do meio ambiente!

Talvez te interesse ler também:

Estudantes indianas forçadas a tirar a roupa no banheiro da faculdade para checagem de menstruação

Paquistão: professor condenado à morte por ensinar que as mulheres têm direitos assim como os homens

Na Grécia, pela primeira vez, a Presidência da República é ocupada por uma mulher (e defensora do meio ambiente)

É doutora em Estudos de Linguagem, já foi professora de português e espanhol, adora ler e escrever, interessa-se pela temática ambiental e, por isso, escreve para o GreenMe desde 2015.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook