Conheça três destinos para a prática do Ecoturismo no Brasil

destinos para a prática do Ecoturismo no Brasil

Um país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza... E você conhece toda essa beleza?

O Brasil é um país cercado de paisagens paradisíacas e destinos turísticos que permitem explorar o contato com a natureza. A atividade do ecoturismo está em ascensão e incentiva uma troca econômica, cultural e que deve ser pautada pelo respeito pela fauna e flora, de forma sustentável. Porém, essa não é uma realidade, na maior parte dos casos, sendopreciso fiscalização e para que ações de empresas turísticas e viajantes sem consciência ambiental não depredem nossas riquezas naturais, de forma irrecuperável.

Conheça três destinos ecológicos e bons motivos para visitá-los em sua próxima viagem:

Península do Maraú: Localizada no estado da Bahia, a 180 km ao sul de Salvador, a península é um santuário ecológico que revela uma variedade de ecossistemas costeiros, com um visual quase intocado, com uma imensa biodiversidade em sua fauna e flora. A região se destaca por suas praias, águas transparentes, tranquilas, mornas, imensos coqueiros e rios próximos ao mar, sem falar na piscina natural com 1 km de extensão. As principais atividades turísticas são trilhas e mergulhos, sendo a Península um ótimo lugar para quem busca tranquilidade e interação com a natureza. A melhor época do ano para visitar a área é de julho a março, e os gastos com hospedagem e alimentação giram em torno de R$ 300,00 por dia.

Brotas: A cidade está localizada a 242 km de São Paulo. Brotas reúne características bastante significativas, no que se refere à preservação de recursos naturais, além de abrigar uma considerável biodiversidade animal e vegetal e conservar uma grande parcela de mata nativa. Essas condições naturais fazem de Brotas uma das poucas regiões do interior de São Paulo que ainda concilia o meio ambiente natural a uma área quase toda ocupada pela atividade rural. Brotas oferece múltiplas opções de lazer, com possibilidade de usufruir das belezas naturais, praticando arvorismo, tirolesa, canoagem, rapel, rafting e canyoning, entre outros. A viagem pode ser feita durante todo o ano, porém as atividades feitas ao ar livre, como rafting ou canyoning, exigem um bom tempo, suas práticas são melhor aproveitadas no verão. Os gastos com hospedagem e alimentação variam de R$200,00 a R$ 350,00 ao dia.

Chapada dos Veadeiros: No coração do Brasil, entre os municípios de Alto Paraíso e Cavalcante, a Chapada dos Veadeiros é conhecida por suas cachoeiras, canyons, cavernas e sua riquíssima flora e fauna. Apresenta uma beleza exuberante e intriga os visitantes. Para quem gosta de esportes radicais, a Chapada dos Veadeiros é um excelente destino para a pratica de canyoning, rapel, trekking e também mergulho livre. Além de suas belezas, a Chapada tem seu lado místico; acredita-se que a região, rica em quartzo, seja um ponto de convergência de energia. Um refúgio para um ótimo final de semana, tanto para aqueles que têm muita energia ou os que desejarem descanso. A flora da Chapada é um autêntico espetáculo, mudando de acordo com as estações. A área é ideal para visitação durante todo o ano – embora, de maio a setembro, a paisagem ganhe aparência árida, mas de outubro a abril o verde da vegetação e o coloridos das flores pintam os campos, os rios ficam mais cheios e as cachoeiras mais caudalosas. É uma viagem barata, gastando-se uma diária de cerca de R$100,00 entre hospedagem, alimentação e o guia.

Agora que já conhece alguns roteiros ecológicos, basta decidir aonde ir e partir para a aventura!