Chá de dente-de-leão

Chá de dente-de-leão: benefícios e como fazer

O dente-de-leão (Taraxacum officinale) é uma planta espontânea (nasce sozinha), e é muito rica de nutrientes. As plantas espontâneas são muito fortes porque os desafios que enfrentam para “crescerem sozinhas” as enriquecem de propriedades benéficas para a defesa delas próprias (e para o nosso bem ao usá-las).

A planta de dente-de-leão é conhecida por várias denominações:

  • esperança;
  • alface de cão;
  • quartilho;
  • amargosa;
  • taraxaco;
  • chicória louca;
  • amor de homem e vários outros.

Esta planta é encontrada em muitos lugares e dezenas de espécies de insetos se alimentam de seu pólen. Comumente, por desconhecimento, o dente-de-leão é visto como mato ou erva daninha, mas é uma planta com muitos atributos: beleza singela e única.

Ao dente-de-leão foram atribuídos poderes mágicos que inspirou mais de uma lenda. Veja aqui a Belíssima lenda do dente-de-leão e seus muitos significados.

Sua flores amarelas desenvolvem coroas redondas e brancas, formadas por penugens (que são suas sementes), que se soltam e espalham ao vento. Suas folhas têm o formato de um dente de leão, essa é a razão de seu nome.

As partes desta planta podem ser utilizadas de várias formas, como salada, tônico, sumos, chás, em sopas e mais outras utilizações.

Saibam mais sobre esta planta, com as informações que serão tratadas neste conteúdo.

Propriedades nutricionais

O dente-de-leão tem muitas propriedade nutritivas e medicinais, que poder nos ajudar na saúde e bom funcionamento de nosso corpo.

Vejamos algumas:

  • vitaminas A, B6, E, K e C;
  • minerais: cálcio, potássio, magnésio, cobre e ferro
  • proteínas
  • inulina
  • pectina
  • riboflavina
  • tiamina

Propriedades medicinais

O dente-de-leão contém substâncias com propriedades benéficas para o nosso corpo e nossa saúde, vejam as principais:

  • taxacina – estimulante hepático;
  • lacvulina – um açúcar;
  • colina – uma vitamina do complexo B;
  • fotosterol – evita que o corpo acumule colesterol;
  • potassa – diurético.

Razões para beber o chá de dente-de-leão

Pelas propriedades medicinais da planta, o chá de dente-de-leão tem as seguintes potências curativas:

  • como tônico hepático;
  • diurético;
  • depurativo do sangue;
  • antiescorbútico;
  • antiácido;
  • digestivo;
  • estimulante;
  • antidiabético;
  • desintoxicante;
  • laxante, entre outras

E pode ser usado para os seguintes casos:

  • Facilitar a digestão;
  • Tratar a obstipação;
  • Aumentar a produção da bílis;
  • Para problemas de fígado e vesícula biliar.
  • É indicado para reumatismos e casos de artrite;
  • Ajuda nas dietas de emagrecimento,
  • Previne o câncer;
  • Combate doenças cardiovasculares;
  • Previne e trata anemia;
  • Evita diabetes, entre outros

A receita do chá

O chá de dente de leão se obtém através da infusão de um punhado das raízes da planta em uma xícara de água quente, por alguns minutos, até que a bebida fique morna.

Após coar, pode tomar este chá.

Ainda que as plantas espontâneas seja consideradas fortes, a indicação neste caso é obter as raízes do dente-de-leão em lojas especializadas, e evitar o consumo da planta retirada das ruas e calçadas, porque estas poderiam estar contaminadas (poluição, animais, resíduos químicos, etc).

Cuidados

Para utilização de plantas para fins medicinais é necessário conhecer além de suas propriedades, benefícios e utilidades, também, suas contraindicações.

Mesmo o dente-de-leão sendo uma opção natural, ele deve ser usado sob recomendação médica e evitar o seu consumo em excesso.

Contraindicações

O uso do chá de dente de leão é contra indicado para:

  • gestantes;
  • lactantes;
  • crianças;
  • hipertensos;
  • pessoas com pedras na vesícula ou nos rins;
  • indivíduos com úlceras estomacais;
  • pessoas com glaucoma.

Interação medicamentosa

É recomendável consultar um médico, antes de utilizar o chá de dente-de-leão para o tratamento da saúde, até para saber sobre possíveis interações medicamentosas. A utilização deste chá, pode interferir na ação de alguns medicamentos com ação:

  • anticoagulante,
  • anti-inflamatória,
  • antibiótica, entre outros.

Em suma

Com tudo o que foi dito sobre o dente-de-leão dá para perceber que essa planta, por vezes tratada como um mato comum, tem propriedades valiosas.

É tônica, digestiva, estimulante do fígado e das glândulas linfáticas.

Conhecendo melhor o dente-de-leão, não tem como não o valorizar por sua força natural e seu poder curativo.

Mas para fazer uso do chá de dente-de-leão como medicamento, é aconselhável consultar um profissional de saúde.

Talvez te interesse ler também:

Folha do abacate para que serve: analgésica, antioxidante e muito mais

Como acabar com a flacidez do braço, sem ginástica e de uma forma natural

Remédios caseiros para eliminar gases estomacais e intestinais

Sobre Deise Aur

Avatar
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.

Veja Também

Farinha de caroço de abacate: alto potencial nutritivo. Benefícios e como fazer

O caroço, ou semente, de abacate possui alta concentração de compostos fenólicos, principalmente ácido oleico, …