Cerveja: 10 inesperados benefícios para a saúde

Cerveja benefícios para a saúde

A cerveja pode realmente ser benéfica para a saúde? É uma bebida muito antiga, cuja preparação remonta às antigas civilizações suméria, egípcia e outras, como uma bebida alcoólica criada a partir da fermentação de cereais. No antigo Egito a cerveja era bebida já desde a infância, pois era considerada um verdadeiro remédio natural.

Às crianças a cerveja dada era aquela de menor gradação alcoólica, diluída em água e mel e era considerada um remédio útil para os recém nascidos quando as mães não os amamentam, naturalmente que com as devidas precauções e, obviamente, as cervejas que encontramos comercializadas hoje são muito diferentes das cervejas naturais que se bebiam no passado longínquo.

Algumas pessoas produzem cerveja artesanal em casa ou têm acesso às cervejas de alta qualidade, com um conteúdo mínimo de aditivos químicos.

A cerveja de hoje mantém alguns dos benefícios que foram atribuídos no passado? Quem, como eu, ama esta bebida deve sempre lembrar da importância da moderação.

Não deveríamos nunca bebermos mais do que 2 ou 3 copos de 250 ml de cerveja por dia, para não exceder a dose de álcool que o nosso corpo pode tolerar. Quem tem a oportunidade de beber uma boa cerveja artesanal de vez em quando - sempre sem exageros - vai se surpreender com o fato de que esta bebida pode realmente trazer benefícios para a saúde.

1. Colesterol bom

De acordo com Eric Rimm, pesquisador de Harvard, as bebidas alcoólicas podem reduzir o risco de ataque cardíaco em 30% e aumentar o bom colesterol. Como resultado, na sua opinião, o álcool, como o da cerveja pode proporcionar benefícios cardiovasculares. Naturalmente, sempre com a devida moderação. Porque de fato, o consumo excessivo de álcool pode causar câncer do fígado, cirrose hepática, hipertensão, aumento da mama e tumores no cólon e na mama.

2. Benefícios para os rins

Um estudo realizado na Finlândia mostrou que a cerveja tem um impacto menos negativo sobre os rins do que outras bebidas alcoólicas. Consumir cerveja pode ajudar a reduzir o risco de desenvolvimento de pedras nos rins em até 40%. Devemos sempre ter cuidado para não beber álcool em excesso, e de seguir uma dieta saudável e equilibrada.

3. Melhorar a digestão

Cerveja pode ajudar a melhorar a digestão. Em particular, a cerveja preta que contém cerca de 1 grama de fibra solúvel para cada copo de 300 ml, ao contrário do vinho, o qual não contém qualquer tipo de fibra. A quantidade de fibra presente na cerveja ainda é bastante pequena, mas é bom lembrar a importância das fibras para o trânsito intestinal e digestão.

4. Prevenção de diabetes

Um estudo publicado em 2009 na revista Diabetes Care constatou que o consumo de álcool com moderação pode ajudar na prevenção do diabetes tipo 2 em homens e mulheres. A referência se faz tanto para vinhos, liquores como cervejas. O risco de desenvolver diabetes tipo 2 foi maior nos não-bebedores e naqueles que bebiam álcool em excesso, em comparação com aqueles que bebiam moderadamente.

5. Prevenção à osteoporose

Um estudo recentemente realizado pela Universidade de Cambridge, revelou que a cerveja pode conter um ingrediente secreto adequado a proteger as mulheres contra a osteoporose. A cerveja seria uma fonte de ácido ortosilicico, que favorece o desenvolvimento dos ossos. Os especialistas recomendam, no entanto, para escolher as cervejas menos refinadas e artesanais tanto quanto possível.

6. Melhorar a circulação

De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Harokopio, Grécia, beber cerveja pode ser bom para o coração e ajuda a melhorar a circulação sanguínea, especialmente tornando mais flexíveis as artérias. De acordo com os pesquisadores gregos, os benefícios da cerveja na saúde do coração e na circulação, seriam devidos aos princípios antioxidantes presentes na bebida.

7. Fonte de vitamina B

Talvez você não soubesse, mas a cerveja contém vitaminas. É considerada uma fonte de vitamina do grupo B, especialmente a vitamina B6 e vitamina B9, que são importantes na proteção do organismo contra doenças cardiovasculares. Um consumo moderado de cerveja, de acordo com um estudo holandês, pode ajudar a aumentar o teor de vitamina B6 no sangue.

8. Reduzir o risco de Alzheimer

Um estudo recente realizado na Espanha sugere que o teor de silício presente na cerveja pode ajudar a proteger contra possíveis efeitos de deterioração de alumínio no cérebro, que em estudos anteriores, está relacionado ao risco de doença de Alzheimer. O estudo, publicado na revista Food and Chemical Toxicology, sugere que o consumo moderado de cerveja pode ser considerado uma parte normal dos hábitos alimentares da população. Especialistas da Universidade de Alcalá, no entanto, lembram que o consumo de bebidas alcoólicas deve ser mantido dentro de certos limites, o que pode variar de acordo com o sexo e a idade.

9. Combater a insônia

Beber um copo de cerveja antes de ir para a cama pode ajudar aqueles que sofrem de insônia. A cerveja, diferentemente do vinho, tende a gerar torpor. Por isso, é indicada como um remédio natural para tentar combater a insônia em pessoas que têm dificuldades para dormir. O teor leve do álcool contido na cerveja age como uma leve ação sedativa, enquanto o efeito soporífero da cerveja, seria devido ao lúpulo.

10. Reduz a ansiedade e o estresse

A gente já sabia, mas existe alguma confirmação científica de que a cerveja possa ser útil para quem que sofre de ansiedade e estresse? De acordo com um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Montreal, no Canadá, beber 2 copos de cerveja por dia pode ser um antídoto útil para reduzir a ansiedade e o estresse, especialmente se eles estão relacionados com a sua situação no trabalho. Happy hour vamos nós, mas mais uma vez, e principalmente neste caso, é importante não cair vítima do consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Leia também:

CERVEJAS PODEM CONTER PEIXE

CERVEJA: 10 MANEIRAS PARA UTILIZÁ-LA DE UM JEITO QUE VOCÊ NUNCA PENSOU ANTES

BEBER CERVEJA É BOM PARA A FERTILIDADE MASCULINA ENQUANTO O EXCESSO DE CAFÉ DEVE SER EVITADO