Como curar a si mesmo através da auto-observação

  • atualizado: 
auto-observação

Muitos mestres espirituais foram exemplos vivos da importância e da eficácia da auto-observação, como base para nossa cura interna. Buda foi um deles, que, através do auto-observação, desenvolveu seu conhecimento interior e alcançou a compreensão das causas do sofrimento humano, descobrindo como transcendê-los, se autorrealizando através da autodescoberta e do autoconhecimento. Entenda melhor como a auto-observação pode nos ajudar a viver com mais plenitude, saúde e equilíbrio.

 

1. O que é a auto-observação?

Tarthang Tulku, autor do livro A Mente Oculta da Liberdade, dá a seguinte definição para a auto-observação: “a Auto-Observação é a Mobilização sadia e lúcida de todos os nossos recursos e habilidades.”

Essa mobilização e ativação das nossas faculdades internas, através da auto-observação, nos abre as portas para o despertar da Consciência e da Paz Interior.

2. Benefícios da auto-observação

Ao nos auto-observarmos, vamos trilhando um caminho da autodescoberta e expansão, pois passamos a conhecemos a nós mesmos.

Através da prática da auto-observação vamos adquirindo vários benefícios, tais como:

  • Descobrimos e percebemos melhor nosso mundo interno.
  • Nos damos conta e tomamos consciência de nossos pensamentos, padrões, crenças, conceitos e emoções.
  • Reconhecemos que muitas das causas de nossos sofrimentos partem da maneira como reagimos.
  • Tomamos consciência de padrões e crenças nocivos que carregamos e adquirimos mais condições de mudá-los.
  • Ao compreendermos a nós mesmos, através da auto-observação temos mais condições de entender o próximo, tendo uma relação mais empática com ele.
  • A auto-observação evita que nos enrendemos em pensamentos obsessivos, e alimentemos hábitos que nos fazem mal.
  • Essa prática nos leva à percepção de nosso padrão energético e do estado de saúde de nosso corpo, contribuindo para que tenhamos atitudes mais saudáveis, sábias e harmoniosas.
  • Através da auto-observação, chega-se à Meditação.
 

3. Prejuízos causados pela falta de auto-observação

Quando vivemos hipnotizados pelas circunstâncias e pelo mundo à nossa volta, deixamos de nos auto-observar e ficamos presos em um caos interno, movidos por uma turbulência de pensamentos, sentimentos e emoções, em sua maioria negativos ou confusos. Com isso, vamos perdendo energia e desequilibrando nossos centros energéticos.

As consequências disso é o desencadeamento de desequilíbrios em nossa saúde mental, física e emocional.

Passamos a viver em conflito, nos sentimos fragmentados, fora do eixo e os problemas aumentam em nossas vidas.

4. O que é necessário para nos auto-observarmos?

A essência da auto-observação é a recordação e a atenção de si mesmo, de momento a momento, vivenciando o agora, com percepção e consciência de nosso mundo interno, diante do que está acontecendo à nossa volta.

5. Como funciona a auto-observação?

Para praticarmos e desenvolvermos a auto-observação, precisamos prestar atenção no que fazemos e pensamos em nosso dia a dia. É estarmos inteiros em cada situação.

É necessário observar nossos sentimentos, pensamentos e comportamentos diante de cada situação e vivência, sem julgamento ou expectativa, simplesmente estando presentes e atentos no que acontece dentro e fora de nós.

6. Objetivo da Auto-observação

O principal objetivo da prática da auto-observação é nos levar a um maior alinhamento entre corpo, mente e alma, para nos tornarmos conscientes de nós mesmos.

7. Um exemplo da prática da auto-observação no dia a dia

Para ficar mais claro o que é a auto-observação, segue um exemplo de como utilizá-la no diário viver:

Uma pessoa tem um compromisso e seu ônibus não passa, ela está atrasada e começa a se identificar com a situação, vem a raiva, a impaciência e a preocupação.

Se a pessoa estiver presente em si mesma e na situação, não irá se enveredar para o estresse ou uma explosão de ira.

Ela perceberá que não adianta se irritar e perder energia por isso, pois encontrará formas mais inteligentes de lidar com a situação, como por exemplo:

  • Manter a calma.
  • Ligar para ver se consegue adiar ou mudar o horário do compromisso.
  • Buscar outra alternativa para chegar ao local do compromisso.

Caso, não encontre outra alternativa e não possa mudar a situação e chegue atrasada ao compromisso, pelo menos, mudará como se comporta diante da circunstância, mantendo a calma e esclarecendo o motivo do atraso assim que chegar.

Este exemplo simples e banal é para mostrar que, através da auto-observação, é possível reconhecer vários padrões prejudiciais e energias negativas que atuam em nós e que nos levam a vivenciar certos problemas, de forma até recorrente.

Desenvolvendo a capacidade da auto-observação - ao sentir que estamos perdendo o equilíbrio ou que a agitação começa a nos dominar - saímos da identificação com esses estados, simplesmente mudando a perspectiva e, em vez de agir alimentando o problema, teremos uma atitude lúcida, consciente e sábia.

8. Efeitos da Auto-observação

A prática da auto-observação contribui para vivermos com mais leveza, serenidade, desapego e liberdade, desenvolvendo hábitos mais saudáveis e de conduta mais equilibrada.

9. O sábio Mooji explica o sentido da auto-observação

Neste vídeo, o Professor Espiritual Mooji esclarece e exemplifica como é viver em estado de auto-observação em um Satsang, ou seja, em um encontro sobre Espiritualidade, no Monte Sahaja.

10. A auto-observação como meio para se chegar à Meditação e ao Desenvolvimento Espiritual

A prática da auto-observação é o solo onde brota a árvore da meditação.

Ao nos auto-observarmos estamos, meditando em nós mesmos, em nossas questões existenciais ou mais profundas, e no mistério que existe em cada um de nós.

Mistérios como: quem somos nós e o que estamos fazendo aqui?

Com a auto-observação poderemos acessar o conhecimento que existe em nós e em toda a Natureza!

Na antiguidade, o filósofo grego Sócrates já dizia:

"Homem, conhece-te a ti mesmo e conhecerás os deuses e o Universo!"

E o caminho para isso é a auto-observação!

Talvez te interesse ler também:

DO JAPÃO, AS EXPRESSÕES QUE NOS ENSINAM A ENFRENTAR A VIDA COM PAZ E TRANQUILIDADE

AMOR EM EXTINÇÃO PORQUE A GENTE ACREDITA QUE NÃO PRECISA DELE

10 CONSELHOS SUPER FOFOS PARA AJUDAR UMA PESSOA TRISTE

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!