Escolha uma destas mandalas e descubra suas verdades internas

  • atualizado: 
mandala

As mandalas são desenhos ritualísticos que simbolizam o macro e o microcosmos - ou seja, você e o universo. Assim sendo, cada mandala traz em si um significado espiritual das suas verdades mais internas.

Isso vale para quem desenha a mandala, ou a pinta após escolher um desenho pois, o que importa é o envolvimento que a pessoa, nós, aquele que pinta, tem com o desenho - até no ato de olhar as curvas, seguir os padrões, se dá esse envolvimento que vai caracterizar suas verdades interiores.

É justamente através do seguir, fazer, pintar, colorir uma mandala que se dá sua cura interna. Claro que essa explicação é mística, espiritualista mas, experimente e depois me diga o que sentiu.

A questão é você escolher uma mandala preferida, dentre as que apresento a seguir. Cada uma dessas mandalas está relacionada com uma característica importante de personalidade. É um jogo, claro, mas um jogo no qual participa o seu subconsciente que é quem, afinal, melhor te conhece.

Então, cada um desses 14 círculos sagrados, mandalas, pode ter alguma coisa boa para te dizer. Escolha a mandala que mais te atrai e, só depois, leia o significado, conforme o número escolhido, está bem?

escolha a mandala1. A harmonia

Harmonia é estar de bem consigo mesma e com a vida que a rodeia. O desenho desta mandala lembra um cisne, com seu pescoço sinuoso, elegante, leve. Se, hoje, você escolheu essa mandala como preferida, reflita sobre a sua necessidade de harmonia pois, é isso que o seu subconsciente está indicando como principal prioridade.

2. A cura

A mandala da cura é uma composição que concentra força e energia - observe o desenho escolhido. O centro da mandala está bem delimitado e ressaltado - este é você em sua essência. Mas, a cura não é só física, é cura de todos seus corpos (mentes) e inclui os componentes mentais e emocionais mais profundos. Recomendo que você medite sobre essa questão, da cura que só pode acontecer de dentro para fora.

3. A intuição

A intuição é aquela voz interna que nos traz respostas precisas, indica melhores caminhos ou atitudes e, acessa os arquivos da sabedoria ancestral à qual estamos ligados. É preciso aprender a ouvir essa voz, uma voz que não tem ruído mensurável pois fala, para cada um, internamente. Aproveite o momento e aprenda a ouvir o que seu “eu superior” tem a dizer.

4. A perspicácia

Clareza de visão, clareza da mente. Esta mandala te indica a necessidade de desenvolver uma maior acuidade para todos os detalhes, não perder as minúcias no todo nem o todo nas minúcias de cada situação. Talvez você esteja em um momento de vida que define uma mudança grande no seu rumo, ou então, a escolha de um novo caminho (aquele mais árduo, o outro, cheio de pedras pequenas, ou este aqui, liso e brilhante) que só você poderá fazer, não? O jeito é, com a ajuda da mandala escolhida, meditar sobre o assunto.

5. O perdão

Cada uma dessas mandalas tem um elemento que a rege - o perdão, no caso, está regido pelo elemento água (emoções e sentimentos) e, é preciso lembrar, sempre, de que o ato de perdoar começa e acaba em você mesmo, ou seja, tem pouquíssimo a ver com o outro (aquele a quem, por costume, dizemos que estamos perdoando). Perdoar, no entanto, não é esquecer - perdoar é deixar de sofrer apesar da memória e da dor. Liberte-se, então, e perdoe-se. Isso é o mais importante agora.

6. A comunicação

Parece uma flor com suas pétalas, ou os círculos que se formam na água quando jogamos uma pedra enfim, movimentos concêntricos que buscam criar um todo - o que é isso? Não é assim que se dá a comunicação? Cada qual em seu núcleo e individualidade buscando entrelaçar-se com o outro? E esse é o significado da sexta mandala, aumentar a sua capacidade de comunicar-se plenamente com os que o rodeiam. Vá em frente sem medo de ser o que você é - a maior beleza é a sua essência, não há dúvida.

7. A imaginação

A imaginação é livre e seu vôo, como o da libélula, te possibilita ver o mundo, e sua vida, sob um novo ângulo, mais amplo e, consequentemente, com maior possibilidade de encontrar novos caminhos Deixe sua imaginação voar, sem medo do que vai encontrar pela frente. A imaginação é uma parte importantíssima da nossa inteligência e, na espiritualidade, atua de mãos dadas com a intuição. Uns dizem que isso é “sonhar de olhos abertos” e outros, que é “abrir os olhos à existência mais profunda

8. O amor

A oitava mandala desta série está relacionada ao amor entre as pessoas. Amar é tão necessário quanto o sol e a água. Esta mandala simboliza as pessoas queridas por nós, aquelas com quem temos um envolvimento emocional profundo. Aqui não estou falando de amor incondicional e sim, simplesmente, de amor trocado, dado e recebido e, principalmente, da nossa capacidade de amar a nós mesmos que é o começo de qualquer amor verdadeiro.

9. A compaixão

A compaixão é estar de mãos dadas com o universo, em solidariedade e envolvimento real, verdadeiro, com o sentir do outro, que é fundamentado na capacidade de se sentir empatia.

10. A força

Força e estrutura são duas faces de uma mesma moeda por isso, a mandala da força simboliza um escudo de proteção o qual, unido à persistência e visão clara dos objetivos, te ajudará a caminhar firmemente o caminho escolhido pelo seu espírito na realidade terrena.

11. Inspiração

Não tenha medo de se mostrar como você verdadeiramente é, com suas belezas e também as partes não tão vistosas. O nosso todo é tudo o que somos e, é desse “ser todo” que podemos tirar a inspiração para a caminhada que escolhemos.

12. A proteção

No centro, você, no perímetro mais externo, um escudo protetor feito de pura luz. Essa luz é sua mesmo e a trama do desenho, que não tem começo nem fim, indica o quanto forte e indestrutível é a sua proteção mística. Acredite em você mesmo e em suas próprias condições de vencer as adversidades.

13. A confiança

Uma mandala do fogo como elemento constituinte da autoconfiança. Aqui estamos falando da confiança, irrestrita, que você tem nas suas escolhas e decisões. Confiança em si mesmo é um sentir muito forte de que tudo, mesmo tudo, vai te levar aonde você pretende chegar.

14. A motivação

Uma gota, uma só gota do oceano, contêm toda a tenacidade e energia necessárias para você chegar ao seu objetivo. O universo conspira por nós quando nos movemos e, nós nos movemos quando temos motivação verdadeira. Essa mandala vai te ajudar a aclarar qual é a motivação da sua caminhada. Vá em frente.

A interpretação das mandalas

A interpretação das mandalas é sempre algo individual. Eu interpretei essas 14 mandalas para você, leitor, conforme o meu sentir e saber portanto, pode até ser que te sirva de algo como também pode ser que te complemente em alguma percepção. Mas, saiba que, na espiritualidade, cada um de nós tem que escolher o que lhe serve e também deixar de lado o que não lhe corresponde. Espero que minhas interpretações sejam úteis para você chegar a formular as suas.

E, claro, o mais importante da terapia de mandalas é, com certeza, você desenhar as suas próprias, com suas curvas, simbologias e cores e que, cada uma delas seja o acompanhante ideal para o pedaço de caminhada que você está percorrendo agora.

Eu comecei essa prática com um livro: Mandalas, de Rudiger Dahlke, da Pensamento, que comprei em 1995. E, veja só, ele continua atual e em uso. Recomendo!

Leia mais sobre mandalas:

setaMANDALA DE PEDRAS: COMO PINTAR LINDAS MANDALAS EM PEDRAS

setaMANDALA: SIGNIFICADO E 10 DESENHOS PARA COLORIR

setaMANDALA THERAPY: COMO ENCONTRAR O EQUILÍBRIO COLORINDO