O lado bom da solidão

solidão

Quem nunca se sentiu só? Essa sensação pode ser interpretada como um momento de liberdade, mas, também, de solidão e tristeza.

A solidão pode ser o resultado de um sentimento de insegurança provocado pelo abandono, pela sensação de não nos sentirmos amados ou pelo medo de nos permitir amar. Entretanto, a solidão é importante para que estejamos em sintonia conosco e cresçamos pela aceitação de nossa companhia e de sentir bem-estar com ela.

O sentimento da solidão é um tempo que temos para curar feridas e encontrar um sentido para a nossa vida. Por isso, é preciso saber estar só. Devemos focar no que há de bom em nossas vidas e nas pessoas que nos cercam. Além disso, não devemos ser reféns do passado, daquilo que não tivemos, de que fomos ou do que poderíamos ter sido. Uma boa estratégia é conscientizar-se do que você realizou para dimensionar o seu valor pessoal

Pense nas suas conquistas como um exercício de reforço positivo importante. Sinta-se confortável com quem é, ao invés brigar consigo pelo que gostaria de ser. 

Às vezes, a solidão resulta do fato de não conseguirmos expressar o que sentimos e o que precisamos. Por isso, não tenha medo de dizer suas inseguranças e mostrar-se como é. 

A solidão tem uma vantagem, que é aumentar a nossa capacidade de superação. Com ela podemos aprender a conhecer os nossos limites, as nossas fragilidades e diminuir o nosso grau de dependência em relação ao outro. 

Todas as fases de amadurecimento passam por momentos de solidão, porque elas levam ao autoconhecimento. Podemos perceber que ser feliz não depende da existência de um parceiro ou de um relacionamento. Nesse processo, a autoestima e a consciência de valor pessoal aumentam.

Especialmente indicado para você:

AFINAL, DE QUE SE TRATA A FELICIDADE?

QUAL É O SEGREDO DO SUCESSO NA RELAÇÃO?

Fonte: sapo