O segredo da felicidade está na nosso cérebro

Felicidade. Desde sempre o ser humano aspira alcançá-la por todos os meios à sua disposição. Mas onde está a felicidade? Nas coisas pequenas ou grandes, no afeto, na amizade, nos nossos passatempos preferidos, todo mundo é livre de procurá-la onde bem quiser mas, em nível orgânico, parece ter sido descoberto o local onde a felicidade fica bem quietinha, escondidinha.

A notícia vem da Universidade de Kyoto, onde a equipe de pesquisa liderada por Wataru Sato, com a ajuda de algumas ressonâncias magnéticas, identificou como o local da felicidade, o precuneus.

Esta pequena região do lobo parietal superior do cérebro, já é conhecida como o lugar de outras funções importantes do cérebro tais como, a memória, a imaginação, a reflexão e muito mais. É, pela primeira vez, contudo, que ela vem a ser associada com a sensação de bem-estar.

Quanto maior for a região do precuneus, maior é a felidade. Para chegar à esta conclusão, os pesquisadores selecionaram uma amostra de participantes e fizeram algumas perguntas para entender o nível de satisfação pessoal deles, cruzando os resultados do questionário com os de uma ressonância magnética realizada no cérebro de cada um dos participantes.

“Ainda que fosse demasiado simplista indicar o precuneus como a sede da capacidade de se sentir feliz, esta pesquisa faz luz aos circuitos neurais envolvidos na experiência de felicidade", disse Sato.

Ou seja, os resultados poderiam ser usados ​​para identificar algumas terapias futuras para a ”felicidade" ainda que, como os autores afirmam, já existe uma tradição simples e muito eficaz a este propósito: a meditação, técnica que seria, de acordo com os mesmos autores da pesquisa, capaz de aumentar a massa cinzenta da região precuneus do nosso cérebro.

Leia também:

VOCÊ É FELIZ? DEZ SINAIS QUE DEMOSTRAM FELICIDADE

MINDFULNESS, A MEDITAÇÃO DA ATENÇÃO PLENA

ANSIEDADE E ESTRESSE: 3 SIMPLES (MAS PODEROSOS) TRUQUES PARA COMBATÊ-LOS