Broto de Bambu: todos os benefícios e 5 receitas para experimentar

O bambu é um vegetal com mais de 200 milhões de anos, possui mais de 1.600 espécies, sendo 200 delas comestíveis para humanos. Conheça os benefícios deste alimento e veja receitas para fazer em casa.

Um pouco sobre a história do bambu no Brasil

Desde o Século XV a cultura do bambu viaja ao redor do planeta. Acredita-se que no Brasil, ela tenha sido trazida pelos portugueses.

Com a chegada dos chineses em 1812 no Rio de Janeiro, o Brasil teve a primeira introdução das espécies asiáticas para alimentação, a Phyllostachys bambusoides, e com a chegada dos japoneses em 1908, tivemos a introdução da espécie alimentícia Phyllostachys aurea.

Segundo um estudo realizado em 2008 pela Embrapa – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, no Brasil existem 260 espécies de bambus nativos sendo 60% na Mata Atlântica, 30% na Amazônia e 10% no cerrado.

No Brasil existe a maior concentração e variedades de bambus de todos os países da América e eles possuem, como as árvores, sua parte aérea se constitui de colmos, folhas e as ramificações subterrâneas, que são o rizoma e a raiz.

Divisões morfológicas do broto de bambu

Fonte: National Mission on Bamboo Applications (2004 apud SOUZA, 2010).

Embora o broto de bambu tenha um consumo muito grande em países asiáticos, no Brasil vem aumentando seu consumo, diante do seu grande potencial nutricional, principalmente fibras, sendo considerado extremamente saudável, de baixo teor calórico e grande quantidade de água.

Características nutricionais, usos e benefícios

Os brasileiros estão mais habituados a consumir produtos agrícolas adquiridos de forma mecanizada, mas hoje em dia estão cada vez mais preocupados com a forma como o alimento é produzido e como a cadeia de produção é realizada.

A agricultura familiar vinha em grande declínio mas atualmente estão tendo maior atenção por parte dos pesquisadores e ganhando espaço para a o apoio na produção e consumo das chamadas PANCs – Plantas alimentícias não convencionais.

Esse é o caso do broto de bambu. O broto ou palmito de bambu atende ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional brasileiro.

São muitas as espécies de bambus exóticos no Brasil, Bambusa vulgaris (bambu-verde), B. vulgaris vittata (bambu-imperial), B. tuldoides (bambu-comum), Dendrocalamus giganteus (bambu-gigante ou bambu-balde), incluindo algumas espécies de Phyllostachys, popularmente conhecido por bambu-chinês muito consumido por asiáticos.

No caso do broto do bambu ou palmito do bambu, no Brasil, costuma-se utilizar o bambu amarelo, da espécie Bambusa vulgaris vittata.  Suas divisões e/ou colmos são de cor amarelo e verde, dando origem ao nome. Seu uso também é procurado para decoração, por causa da cor bem viva. Cada espécie de bambu pode produzir brotos com tamanho e peso diferente, alguns chegam a 2 kg, também podem diferenciar-se na cor apresentando tons bem claros, quase brancos e tons amarelados. O sabor pode ser ácido, amargo e/ou doce. O amargor característico se dá pelo ácido cianogênico contido nos bambus em geral.

Os bambus são ricos em água, minerais, vitaminas, mas principalmente em fibras.

Além disso possuem vitaminas do complexo B, como riboflavina, niacina, tiamina, piridoxina e ácido pantatênico, fundamentais para as funções metabólicas do organismo humano.

Alguns estudos apontam também benefícios no sistema nervoso, devido às vitaminas do complexo B e controle do colesterol ruim, devido à baixa quantidade de calorias e gorduras.

Já os minerais encontrados, como o ferro, podem auxiliar na produção de hemoglobina no sangue e boa concentração de cálcio, auxiliando na formação de dentes e ossos além da prevenção da osteoporose.

Destacam-se ainda as propriedades nutricionais de proteínas e minerais, podendo ajudar nos processos de digestão pois em sua composição estão também o potássio e fibras e contém quantidades consideráveis de ácidos.

Na medicina chinesa os brotos são procurados e estudados pelos benefícios produzidos por seus compostos bioquímicos de flavonoides, podendo ainda ter outros compostos que atuam como antioxidantes.

Aqui no Brasil, vem sendo empregado como fonte de substâncias funcionais ao corpo em dietas, pelo baixo teor de gorduras e calorias.

Formas de consumo

Por causa da característica amarga é necessário fazer corretamente o pré-preparo dos brotos, devendo levá-los à fervura, podendo acrescentar vinagre para evitar que escureçam. A fervura deve ocorrer em no mínimo, três etapas, trocando a água em cada uma delas, para garantia da retirada de todo o amargor. Os brotos devem ser fervidos por no mínimo 10 (dez) minutos em cada etapa, porém é sempre bom levar em consideração a quantidade de brotos, de água, potência do fogo, até que se retire todo o amargor.

Seguindo esses passos, os brotos podem ser consumidos normalmente.

Os brotos de bambu podem ser consumidos em conserva como palmito, fritos, assados, cozidos e até secos, na forma de pó ou farelo.

São inúmeras as receitas que podem ser produzidas com este alimento, como em recheios de pastéis, tortas, em sopas, saladas e refogados, podendo ser consumido como um vegetal como outro qualquer.

Os brotos de bambu frescos são uma iguaria sazonal, mas é possível encontrar congelados e em compotas durante o ano todo em várias regiões, podendo também ser encontrado em conserva. Já se desenvolveu a partir dos brotos, não somente em sua forma em conserva, como palmito, biscoitos, molho picante, doces e aperitivos fritos.

Ele é muito versátil e sua versão em pó, pode ser utilizada em substituição às farinhas em vários tipos de preparo, seja pães, bolos, biscoitos, como massas em geral.

Como preparar o broto cru

Caso prefira adquirir o broto de bambu in natura é bom saber que ele nunca deve ser consumido cru.  Ao escolher os brotos, preste atenção na aparência e dê preferência aos que tiverem ponta amarela e casca firme, pois são os brotos novos. Quanto mais escuro e aproximando-se da cor do bambu adulto, mais maduro ele estará e mais duro.

Todos os cuidados devem ser tomados devido ao amargor e para tanto, devem passar por algumas etapas bem importantes para que não se tenha riscos à saúde das pessoas que os consomem.

Depois da colheita dos brotos deve-se fazer a retirada das folhas mais velhas até que se chegue ao centro do broto, uma parte mais macia e clara, parecida com palmito.

O passo seguinte é levar esses brotos em fervura com água, sempre trocando a água da fervera após um tempo mínimo de 10 minutos e por quantas vezes forem necessários, ou até que saia todo o amargor característico.

Pode acrescentar vinagre ou bicarbonato de sódio à água da fervura para evitar que os brotos escureçam.

Após essa etapa os brotos podem ser consumidos normalmente.

Aqui você pode acessar um vídeo disponibilizado no Youtube que demonstra esse processo:

Em caso de conserva, na etapa final de fervura, o sal deverá ser acrescentado para realçar o sabor do alimento.

Onde comprar bambu

O broto de bambu pode ser encontrado cru ou em conserva em feiras livres ou mercados municipais ou em lojas especializadas em venda de produtos naturais ou orientais.

Receitas com broto de bambu

Conserva de broto de bambu

A conserva é a forma mais fácil e útil de se utilizar o broto de bambu na culinária. A partir da conserva ele pode ser utilizado como o palmito, em saladas, recheio de tortas, sopas, aperitivos, molhos em geral e até como substituto de macarrão.

A receita base da conserva pode ser vista no vídeo abaixo. Anote os ingrediente e mão à obra:

Ingredientes:

  • Um broto de bambu grade
  • Água
  • Vinagre de álcool
  • Sal
  • Bicarbonato de sódio

Passo a passo:

  • Retire as folhas até chegar ao broto branco. Pique na forma como desejar, podendo ser em rodelas, quadrados, em forma de espaguete, dependendo da forma como pretende utilizar a conserva.
  • Corte até a parte que estiver macia, quando começar a ficar duro, descarte o pedaço mais verde restante.
  • Coloque numa panela com água e sal e deixa ferver por alguns minutos.
  • Retire do fogo e escorra a água.
  • Na sequência, misture um copo e meio de água com um copo de vinagre de álcool, faça o quanto for necessário para encher o pote de vidro onde será feita a conserva.
  • Com a mistura pronta, pegue um pote de vidro esterilizado (você pode esterilizar o pote fervendo com água e bicarbonato de sódio) coloque os brotos aferventados dentro do pote, acrescente a mistura de água com vinagre até completar o pote e tampe bem.
  • A conserva pode durar até 06 meses sem abrir o pote, depois de aberto pode conservar em geladeira.

A partir da conserva você pode utilizar o broto de bambu em várias receitas, use a criatividade!

Macarrão de broto de bambu com cogumelos e molho branco:

Ingredientes:

  • Broto de bambu (300 g)
  • Manteiga ou azeite
  • Alho (4 dentes)
  • Cogumelos (300 g)
  • Creme de leite (170 g)

Mode de preparo:

  • Com o broto de bambu em conserva ou aferventado, você pode cortá-lo em forma de espaguete com o mandoline.
  • Numa frigideira, coloque a manteiga, frite o alho na manteiga e junte o broto de bambu em forma de espaguete, refogue.
  • Após, junte os cogumelos e tempere com sal e pimenta.
  • Depois disso, junte o creme de leite e espere reduzir.
  • Salpique com ervas e está pronto para servir.

Estrogonofe de broto de bambu

  • 500g de broto cortado em quadrados pequenos e pré cozido com água e sal
  • 1/2 cebola picada
  • 2 colher (sopa) de óleo
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • 100 g de Cogumelo Champignon
  • 1 cálice de conhaque
  • 2 colheres de extrato de tomate
  • 1 lata de creme de leite
  • Salsa a gosto
  • Sal a gosto

Modo de preparo:

  • Numa frigideira refogue a cebola no azeite, em seguida junte o broto de bambu e os cogumelos e deixe dourar.
  • Na sequência, junte o cálice de conhaque e recline a frigideira até encostar no fogo da boca do fogão, assim você conseguirá flambar os alimentos.
  • Quando o álcool evaporar, junte as duas colheres de extrato de tomate e mexa bem.
  • Após, coloque o creme de leite e tempere a gosto.
  • Desligue o fogo e está pronto para servir.

Broto de bambu refogado

No vídeo a seguir sugerimos você substituir o caldo de carne pelo de legumes (é mais suave no sabor, além de cruelty free)

Ingredientes: 

  • 500g de broto cortado e pré cozido com água e sal
  • 1/2 cebola picada
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 colher (café) de colorau
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • 1/2 tablete de caldo de legumes
  • Salsa a gosto
  • Sal a gosto
  • 1/2 sache de molho de tomate
  • Água suficiente para cobrir

Veja o modo de fazer no vídeo do Canal Beleza na Cozinha:

Salada de broto de bambu

Essa salada fica muito boa, segundo a Dona Dirce. Anote os ingredientes e veja o modo de fazer no vídeo do Canal Cozinhando com a Dirce:

Ingredientes:

  • 2 cenouras
  • 3 cebolinha verdes
  • 1 caixinha de creme de leite
  • 1 vidro pequeno de broto
  • 1 colher de maionese
  • Sal, óleo e vinagre a gosto

Talvez te interesse ler também:

Pimenta jalapeño: benefícios e receitas para todos os gostos

Pão de tapioca superfácil: uma receita saudável e deliciosa com só 4 ingredientes

5 Receitas de Molho Branco para Macarrão e Lasanha

Sobre Redação GreenMe

Redação GreenMe
greenMe.com.br é uma revista brasileira online, de informação e opinião Editada também na Itália como greenMe.it
Anteriores Chernobyl, o pesadelo 34 anos depois: incêndios reabrem uma ferida que nunca cicatrizou
Próximo Corrida de touros cancelada: Espanha suspende a tradicional Festa de São Firmino

Veja Também

Molho agridoce: as 15 melhores receitas de variados tipos e texturas

Os molhos são uma ótima pedida para trazer sabor e levantar o prato. Uma salada …