Associação e Rotação de Cultivos: Um Guia para ter Sucesso na Horta

  • atualizado: 
rotaçao cultivos em uma horta

Esta é uma das primeiras lições que a gente deve aprender para conseguir ter sucesso no cultivo de uma horta, seja ela pequena ou grande: trata-se da rotação e associação de cultivos.

Você já deve ter reparado que, se uma hortícola dá boa colheita no primeiro ano, no segundo e a partir deste, a produção vai caindo, as folhagens ficam mais feias, os frutos mais pequenos e a possibilidade de sua horta sofrer ataques mais pesados de insetos, fungos ou parasitas também aumenta.

Cultivos rotativos e cultivos associados

rotaçao cultivos hortaFonte foto: blogspot

É importante você praticar a rotação dos cultivos alternando as famílias botânicas na seguinte sequência:

1. Solanáceas

Tomate, berinjela, batata, pimenta vermelha, pimentão, etc.

Em um ano as batatas estão em um lugar, no seguinte em outro, o mesmo para couves e tomates, e as demais hortícolas que você pretenda cultivar.

2. Leguminosas e crucíferas

Todos os feijões e as couves, nabos, mostarda, repolho, brócolis, rabanetes, agrião, etc.

rotação cultivos horta 2Fonte foto: blogspot

3. Compostas, cucurbitáceas, quenopodiáceas

Alface, chicória, abóboras, melão, melancia, abobrinha, pepino e chuchu, beterraba, espinafre, acelga.

4. Liliáceas e umbelíferas

Alho, cebola, cebolinha, aspargo, charlotte, cenoura, salsa, coentro, aipo.

rotaçao cultivos horta 3Fonte foto: blogspot

Cultivos que se dão bem

A associação de cultivos tem a ver com interações bioquímicas entre as plantas cultivadas juntas ou nas proximidades e não só, pela concorrência que exercem sobre a água, os nutrientes e a disponibilidade de luz e solo. Essa interação se chama “Alelopatia.

A prática da rotação de cultivos tem que ser associada a outra: a da associação de cultivos pois, há plantas que se beneficiam da proximidade de outras plantas, ou ainda, algumas não gostam de estar na mesma terra onde outras já estiveram no ano passado.

Em primeiro lugar você precisa saber quais espécies são compatíveis entre si - quais plantas trazem benefícios para a terra (como as leguminosas, por exemplo, que incorporam nitrogênio e bactérias benéficas ao lugar onde se desenvolvem e servem de suporte fertilizante para culturas folhosas que usam muito nitrogênio para o seu desenvolvimento).

A rotação de cultivos consiste em alternar, ano a ano, plantas de diferentes famílias e com necessidades nutricionais diferentes de forma a que, se no primeiro cultivo o solo se esgota quanto a um determinado nutriente ou função, o mesmo seja reposto no ciclo seguinte pela nova planta que lá for semeada.

Tamanho, tipo, profundidade das raízes

É importante que se escolham plantas com sistemas radiculares diversificados, mais rasos, mais profundos, mais finos, mais grossos, que possam atingir diferentes estratos do solo.

Também é fundamental ter, entre fileiras, plantas que reduzam a quantidade de insetos na horta como um todo - são estas as aromáticas (menta, alecrim), a cebola e o alho, flores como o tagetes ou o cravo-de-defunto - estas são as plantas que produzem resíduos aromáticos repelentes tanto no ar quanto no solo onde estão.

Adubação natural e proteção biológica

rotaçao cultivos horta 5Fonte foto: blogspot

Se você precisa incrementar a quantidade de matéria orgânica do seu solo, é bom, entre ciclo e ciclo de cultivo, cobrir o solo com palha picada, ou com os restos da cultura anterior (raízes, folhas, pequenos ramos) que se incorporação ao ambiente aumentando a disponibilidade de material para decomposição.

Como exemplo, você pode alternar feijões com batatas ou abóbora e, no ciclo seguinte, o terceiro, poderá incrementar a horta com acelga, espinafre e outras couves.

Outra ideia é você plantar suas leguminosas diversas alternadas com repolhos e couves ou cenouras, em fileiras. Neste caso, deixe as cebolas e o alho para plantar nos limites da horta pois, algumas plantas não se dão tão bem quanto muito perto: este é o caso das aliáceas com as leguminosas, ou dos tomates com as batatas.

Ciclos produtivos que se complementam em suas necessidades:


rotaçao cultivos horta 4

Tenha cuidado de não alternar em ciclos imediatos a plantas da mesma família botânica que tenham diferente maneira de se reproduzir, como o espinafre e a beterraba, o apio com a cenoura, o tomate e as batatas, por exemplo pois, esse tipo de rotação não será benéfica para a segunda planta de cultivo aumentando-lhe as chances de contrair doenças que são inerentes às duas espécies.

Outras associações benéficas, em função das diferentes épocas de colheita, em fileiras alternadas:

● rabanetes ou alface intercalados com cenouras

● couves e alfaces, cenouras e nabos

● ervilha torta e pepino

● cenoura e alho poró

● cenoura e cebola

● tomate e cebola

● espinafres e aipo

● cebolas e morangos

● chicória e morangos

Para você conhecer mais sobre as associações benéficas na horta, dê uma lida aqui neste link que apresenta uma vasta lista de associações de cultivo.

O calendário de plantio

No Brasil é possível se ter uma horta doméstica produzindo praticamente o ano inteiro, desde que você escolha “cultivares” adequados à quantidade de luz e chuva que existe na sua região (cultivares são as variedades de cada planta, selecionadas). Abaixo coloco uma planilha básica de que plantas hortícolas se podem semear em cada mês e assim, você poderá decidir sobre que rotações e associações fará em sua horta caseira.

Ano todo

Semear abobrinha, acelga, agrião, alface, almeirão, berinjela, beterraba, cebolinhas, cenoura, chicória, couve manteiga, espinafre, feijão-vagem, jiló, milho, mostarda, pepino, rabanete, rúcula e salsa.

Janeiro

Semear alface, agrião, aipo, couve, rabanete, almeirão, nabo, beterraba, rúcula, chicória, espinafre, batata-doce, salsa e coentro em locais com clima ameno e chuvas leves. Em clima quente semear as culturas de ano todo.

Fevereiro

Semear rabanete e alface, transplantar o que foi semeado em sementeira.

Março

Semear direto no canteiro cenoura, almeirão, salsa, alho, e nas sementeiras alface, chicória, espinafre, salsão, couve-flor, brócolis e repolho. Deve-se estar atento para seleção de variedades uma vez que as culturas semeadas nesta época se desenvolverão em clima de inverno.

Abril

Semear direto no canteiro agrião, almeirão, beterraba, nabo, salsa, alho, rúcula, chicória, salsão, semear na sementeira , chicória, salsão, couve-flor, brócolis e repolho de inverno, e espinafre.

Maio

Semear nos canteiros rabanete, cenoura, almeirão, nabo, beterraba, rúcula, salsa, chicória, salsão, espinafre, couve-flor, brócolis, e repolho de inverno. Semear em sementeira alface.

Junho

Plantio direto no canteiro de almeirão, cenoura, nabo, beterraba, rúcula, alho. Na sementeira chicória, agrião, couve-flor, brócolis e repolho de inverno.

Julho

Semear nos canteiros almeirão, rúcula, alho. Na sementeira semeia-se alface, rabanete, chicória, beterraba.

Agosto

Começa-se a selecionar variedades de verão para as que podem ser plantadas o ano todo, de acordo com o clima local. Em sementeira plantar jiló, berinjela, pimenta, pimentão, tomate

Setembro

Semear alface, rabanete, cenoura, couve-flor, brócolis. Continua plantio de jiló, berinjela, pimenta, pimentão, tomate e ainda abobrinha, feijão de vagem, pepino, maxixe, salsa e coentro.

Outubro

Semear cenoura, couve-flor, brócolis, repolho, pimentão, tomate, berinjela, jiló, abobrinha, feijão de vagem, pepino, maxixe, mandioquinha, salsa, batata-doce, coentro.

Novembro

Semear alface, rabanete, cenoura, brócolis, repolho, couve-flor, batata-doce, coentro.

Dezembro

Semear abobrinha, feijão de vagem, pepino, cenoura e repolho.


Leia também, sobre hortas domésticas:

setaHORTA ORGÂNICA EM 10 PASSOS

setaHORTAS PRODUTIVAS EM PEQUENOS ESPAÇOS

setaHORTA DE OUTONO → HORA DE COLHER, PLANTAR E PLANEJAR

setaMANUAL DE DICAS BÁSICAS PARA MANTER PLANTAS EM CASA