Seu gato sabe onde você está mesmo quando não te vê

Seu gato sabe onde você está mesmo quando não te vê

Pesquisadores japoneses descobriram que os gatos têm uma capacidade cognitiva até então desconhecida.

Segundo o estudo, é provável que nossos amigos felinos saibam exatamente onde está “seu dono”, rastreando o paradeiro deste, mesmo que de lugares diferentes, usando apenas o som da voz humana.

O estudo

Em um novo estudo publicado na revista PLOS One, pesquisadores descobriram que os gatos podem rastrear a localização de seus tutores através de sinais sonoros, principalmente a voz.

Eles fizeram experimentos com os gatos ao reproduzir gravações de vozes humanas, chamando os gatos pelo nome; eles então reproduziram essas gravações novamente, só que desta vez através de um alto-falante em outro local, de modo que os mesmos sons vinham de mais longe.

Oito observadores humanos “cegos” observaram essas gravações e classificaram o nível de surpresa dos gatos com base em seus movimentos de orelha e cabeça.

Enquanto os pesquisadores já sabiam que os gatos possuem a capacidade de reconhecer a existência de um objeto mesmo quando este não é mais visto imediatamente, as capacidades de “rastreamento” em tempo real foram uma surpresa.

“Acreditamos que a capacidade cognitiva de representar o invisível na mente é importante porque é a base da imaginação e da criatividade”, escreveu Saho Takagi, estudante de doutorado da Universidade de Kyoto e principal autor do estudo, em um e-mail para Inside Ciência.

Cognição socioespacial

Isto sugere que os gatos formam uma imagem mental de seus donos “invisíveis”, mapeando a localização destes com base no local onde ouviram a voz pela primeira vez, “mostrando uma evidente cognição socioespacial”, destacaram os pesquisadores.

Esta capacidade cognitiva era antes desconhecida nos felinos.

Ser capaz de formar uma imagem mental do mundo exterior “é uma característica importante no pensamento complexo”, e estas descobertas oferecem novos insights que poderiam orientar futuros estudos sobre a cognição felina, concluíram os autores.

Talvez te interesse ler também:

Gatos reconhecem seus nomes mas preferem ignorar quando chamamos

Na França, a venda de cães e gatos será proibida a partir de 2024

Vida de cão: cachorro finge mancar para não subir escada e ser carregado no colo

Na pandemia, cães descartados como mercadorias. Não quer mais? Joga fora!

Sacrificar cães e gatos saudáveis no Brasil agora é proibido

Sapato para cachorro: sim ou não? Quando e como usar

Campanha: empresas aéreas deixem os pets viajarem com seus humanos

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *