Leo, o fiel cão que ficou esperando seus ‘humanos’ na estrada por 4 anos

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

A incrível história de Leo enterneceu os corações de milhões de tailandeses e, graças à Internet, atravessou as fronteiras do país, tornando-se viral no mundo inteiro!

Este cachorro vivia nas ruas, na cidade de Khon Kaen, na Tailândia e tinha um hábito estranho: ele ficava quase o dia inteiro sentado no cruzamento de uma estrada, como se estivesse esperando alguém.

Os moradores acreditavam que ele era um cachorro de rua ou abandonado e não davam muita importância ao estranho comportamento dele.

Um dia, no entanto, uma pessoa intrigada decidiu saber mais sobre o comportamento do cachorro e descobriu que Leo vivia no local havia quatro anos, e uma mulher chamada Saowalak o alimentava e resolveu adotá-lo.

Depois de recuperar suas forças, Leo escapou da casa de Saowalak para voltar ao mesmo local de sempre, o cruzamento da estrada, com mesma atitude de espera.

A mulher decidiu deixar Leo livre, mas continuou levando comida e água para ele todos os dias.

A pessoa achou que Leo e Saowalak, daria uma boa história e pensou em compartilhá-la no Facebook, postando fotos do cachorro e da mulher que cuidava dele há quatro anos.

bonbon 2

O post logo virou notícia e reportagem, viralizando graças às centenas de compartilhamentos nas redes sociais e isso fez com que a história chegasse aos antigos tutores de Leo, que na realidade se chamava BonBon e pertencera a um casal da província de Roi Et.

Nang Noi Slittisarn e seu marido perderam BonBon durante uma viagem à Khon Kaen em fevereiro de 2015.

BonBon estava no banco de trás do carro do casal quando, no sinal de trânsito, pulou do carro atraído por algo que não souberem o que poderia ter sido.

Nang e seu marido procuraram BonBon em vários lugares sem encontrá-lo e depois de uma semana de procura, desistiram, acreditando que o cachorro havia sido atropelado e poderia estar morto.

Com a postagem, o casal viu fotos de BonBon e descobriu que o amigo de quatro patas estava vivo e os esperava fielmente desde o dia em que saiu do carro e ficou sem seus tutores.

O casal imediatamente partiu para buscar BonBon e trazê-lo para casa. A felicidade de se reencontrarem novamente foi grande e BonBon não parou de pular e abanar o rabo!

Quando o casal foi colocar o cachorro no carro, ele não quis entrar e acompanhá-los, pois nesses quatro anos, BonBon se apegou e se afeiçoou à sua amiga humana, Saowalak, e não quis se distanciar dela.

Nang e seu marido, decidiram não forçar BonBon e deixá-lo mais próximo da mulher que o salvou e cuidou dele, desde que ele ficou sozinho.

Mesmo assim, eles continuarão regularmente a ter contato com BonBon / Leo, levando-lhe brinquedos, comida e tudo o que for necessário para ele.

Essa história da vida real é realmente tocante, ainda bem que teve um desfecho feliz. Daria um bom roteiro de filme de Hollywood, não é mesmo?

Talvez te interesse ler também:

GARLIC 2.0. NASCE O PRIMEIRO GATO CLONADO NA CHINA

VETBUS: EM ISTAMBUL UM ÔNIBUS COM VETERINÁRIO PARA TRATAR CÃES E GATOS DE RUA

Porque você não deve comprar um PUG

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Instagram
Siga no Facebook