©Victor Grabarczyk/Unsplash

Não adianta enganar, seu cachorro sabe quando você está atuando

Não adianta enganar, seu cachorro sabe quando você está atuando

Os cães são muito mais espertos do que imaginamos. Quantas vezes, em uma brincadeira, tentamos enganar o nosso cachorro mas quem fica com cara de bobo somos nós?

Os cães percebem os nossos sentimentos

A razão disso, segundo um novo estudo, é que os cães sabem quando os seus donos agem intencionalmente para enganá-los, porque eles percebem os nossos sentimentos. A dúvida que ainda paira é se eles entendem as intenções ou apenas respondem a resultados.

A pesquisadora Britta Schunemann, da Universidade de Göttingen, explicou ao Good News Network que:

“Os cães em nosso estudo se comportaram claramente de maneira diferente, dependendo se as ações de um experimentador humano foram intencionais ou não intencionais”.

Isso significa que os cães podem perceber a diferença entre algo feito de propósito ou por acidente.

O estudo

A equipe de pesquisadores alemães usou o paradigma “incapaz vs. relutante” no experimento realizado com 51 cães, cada um dos quais testado em três condições.

Cada animal foi separado do testador humano por uma barreira transparente e alimentado com pedaços de comida por uma abertura.

Na condição “relutante”, o experimentador retirou repentinamente a recompensa através da abertura na barreira e a colocou na frente de si mesmo. Na condição “incapaz desajeitado“, o experimentador trouxe a recompensa para a abertura e “tentou” passá-la, mas depois “acidentalmente” a deixou cair. Na condição “incapaz de bloquear”, o experimentador novamente tentou dar uma recompensa ao cão, mas este não conseguiu pegá-la porque a abertura estava bloqueada. Em todas as condições, a recompensa permaneceu do lado do testador da barreira.

Os cães não apenas esperavam mais na condição de má vontade do que na de incapacidade, como também eram mais propensos a sentar ou deitar – ações muitas vezes interpretadas como comportamentos apaziguadores – e parar de abanar o rabo.

Para um dos coautores do estudo, Hannes Rakoczy:

“Isso sugere que os cães podem de fato ser capazes de identificar a intenção em ação dos humanos”.

Estudos anteriores já haviam descoberto que os cães percebem a diferença entre rostos felizes e zangados, bem como são capazes de processar a linguagem de uma maneira muito semelhante à dos humanos pela entonação e pelas mudanças de volume que influenciam no significado das elocuções.

Os cães evoluíram para compreender os humanos

A hipótese dos especialistas é de que resultados como esse demonstram como os cães evoluíram nos últimos 30 mil anos para tentarem compreender os humanos.

O estudo foi publicado na Nature.

Talvez te interesse ler também:

É verdade: os cães entendem o que falamos. Um novo estudo confirma

Cães, assim como as pessoas, tendem a ficar longe de pessoas ruins e negativas, diz estudo.

Cães: carinho é tão ou mais importante que comida, diz pesquisa

Por que os cães inclinam a cabeça quando falamos com eles?

Os cães sabem reconhecer a felicidade e a raiva dos rostos humanos

Pesquisa revela: as vacas conversam e têm um “vocabulário próprio”! 

11 coisas que os humanos fazem e os cachorros odeiam

Cabras reconhecem emoções em rostos humanos e amam as pessoas felizes (VÍDEO)

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *