10 alimentos que não devemos dar aos nossos cães

alimentos que não devemos dar aos nossos cães

Os cães, como animais de estimação, fazem parte da nossa família. Com eles partilhamos muitos momentos felizes, menos nas horas de almoço e jantar com as comidas que costumamos comer. Veja porque.

Alguns alimentos são completamente inofensivos para nós e muito prejudiciais para nossos cães, podendo causar-lhes sérios problemas de saúde.

Veja aqui alguns dos alimentos que nunca devemos dar ao melhor amigo do homem, mesmo que eles abanem o rabinho pedindo loucamente para comê-los.

 

1. Chocolate

Você já ouviu falar mais de uma vez que o chocolate é perigoso e que pode ser venenoso para cães. O chocolate escuro é o pior, porque tem uma elevada percentagem de teobromina. Esta substância, em cães, pode causar sede excessiva, batimentos cardíacos irregulares, tremores, e até mesmo a morte em casos graves. Para os cães, comer uma barra de chocolate inteira, especialmente se escuro, pode ser arriscado. Portanto, tenha cuidado. Mantenha o chocolate longe do seu alcance.

2. Sorvete

Assim como pode acontecer com a gente, até mesmo os nossos cães podem sofrer de intolerância à lactose. Mas, mesmo que o seu cão não apresente esse problema, não é uma boa idéia oferecer um pouco do seu sorvete para ele experimentar, até porque, ele dificilmente recusaria. Mas o sorvete contém muito açúcar e pode contribuir para o excesso de peso do seu amigo de quatro patas, causando-lhe diabetes. O veterinário americano Tony Johnson, recorda: brigue contra a obesidade no seu animal de estimação.

3. Alho e cebola

Não é bom adicionar alho e cebola, ou suas peles e resíduos, no prato do seu cachorro. Alho e cebola na verdade poderiam danificar as células vermelhas do sangue de cães. Então é melhor ter certeza de que na comida comprada não existem quantidades excessivas destes ingredientes. O consumo regular de alho e cebola, de fato, poderia ser a causa da anemia hemolítica.

4. Açúcar e produtos de confeitaria

Açúcar e doces podem ser prejudiciais para nossa saúde bem como a de nossos nossos cães. Um cão em estado selvagem, nunca comeria doces. Os possíveis riscos estão relacionados com o aparecimento de problemas nos dentes, diabetes e o ganho excessivo de peso. Sempre melhor escolher alternativas sem açúcar para os nossos cães. Os doces vendidos como sem açúcar, que contêm xilitol, no entanto, pode causar danos ao fígado, com graves consequências.

5. Nozes

Nozes comuns e nozes de macadâmia podem causar problemas para os cães. Os de macadâmia contêm uma toxina que pode causar sintomas como tremores, fraqueza, temperatura corporal elevada e consequências graves, como paralisia. As nozes comuns podem conter um fungo venenoso para cães, que podem conduzir à morte em casos graves.

6. Sal e salgadinhos

Atenção para o sal e alimentos muito salgados. Assim como para nós, também para os nossos cães, o consumo excessivo de sal pode ser prejudicial, especialmente se ele tiver alguma doença cardiovascular. Uma quantidade excessiva de sal pode provocar ataques epilépticos, causar coma e morte. Alimentos salgados são um perigo real se o cão não tiver água à sua disposição.

7. Uvas e passas

Uvas e passas podem parecer comidas completamente inofensivas para os nossos cães, mas, aparentemente não é bem assim. Elas são uma merenda natural perfeita para as crianças e alguns cães gostam de comê-las, mas, infelizmente este alimento poderia representar um fator de risco para a saúde do seu bichinho. Em cães, uvas e passas seriam tóxicas e poderiam causar letargia, depressão, problemas renais, vômitos e hiperatividade.

8. Abacate

O abacate é uma fruta rica em nutrientes e muito benéfica para a nossa saúde, mas poderia ser prejudicial aos cães. O abacate contém fungicida, uma toxina (conhecida como Persin) que pode causar problemas digestivos em animais de estimação. Não ofereça ao seu cão guacamole ou abacate, de modo a evitar qualquer risco. O abacate pode causar problemas no estômago. A substância estaria presente também nas folhas e na casca do abacaxi.

9. Ovos

Os ovos são benéficos ou prejudiciais aos cães? A questão parece controversa. Na verdade, os ovos contêm biotina, a vitamina do complexo B responsável ​​pelo crescimento do cabelo. Ovos crus, no entanto, com especial referência à clara, poderia conter uma proteína que comprometeria os efeitos da biotina. Além disso, mesmo para os cães, os ovos estão associados ao risco de contaminação por salmonela. Quando estiver em dúvida, peça um conselho ao seu médico veterinário.

10. Ossinhos

Cães estão sempre dispostos a roer um osso, mas preste muita atenção para os ossinhos, com especial referência aos ossos de frango. Os ossos menores, de fato, podem causar problemas respiratórios e digestivos. Os cães correm risco de sufocamento e ou de lesionar seu sistema digestivo. Tente evitar os pequenos ossos para proteger a sua saúde. Pela mesma razão, evite dar aos cães até mesmo caroços grandes de frutas e ou frutas com caroço.

Leia também:

setaSAIBA COMO PROCEDER EM CASO DE ENVENENAMENTO DE CÃES E GATOS

setaCÃES E GATOS: POR UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL, COMIDA CASEIRA OU RAÇÃO?

setaO FUMO PASSIVO TAMBÉM MATA CÃES E GATOS

Fonte foto: Stock.Xchng