Purificar o ambiente: que plantas usar para fazer limpeza energética

Purificar o ambiente: que plantas usar para fazer limpeza energética

Hoje em dia, com a pandemia, há uma preocupação acentuada em evitar que um ambiente seja foco de contágio de doenças. Porém, o que pode passar despercebido é que existem doenças que podem surgir provocadas pelo desalinhamento energético do ambiente, ou por impurezas astrais. Pelo menos assim, os místicos acreditam.

Por esse motivo trazemos este conteúdo, para que seu lar ou local de trabalho seja limpo de forma integral, pois um ambiente denso e pesado pode ser reflexo das vibrações negativas que estão concentradas nele.

Para evitar que isso aconteça, a Natureza nos oferece recursos que podemos utilizar para purificar a atmosfera e o astral do ambiente, afastar energias negativas e eliminar larvas astrais, tornando o ambiente da moradia ou do trabalho mais leve e saudável.

Esses recursos naturais são plantas com propriedades de purificar e elevar a energia do ambiente,  limpando-o energeticamente.

Por que realizar a limpeza energética?

Quando temos muitos pensamento e emoções negativas – e cá entre nós, com a pandemia, estamos mais propensos a isso – toda vibração e energia que emana desses estados vão se acumulando no ambiente e formando larvas invisíveis.

Essas larvas invisíveis se acumulam em ambientes com acúmulo de energia negativa, tornando-os carregados e pesados.

Com isso, as pessoas que vivem no ambiente passam a ser afetadas, dando sinais de desequilíbrios, doenças psíquicas, psicossomáticas e até físicas.

Além disso, essa densidade energética influencia quem vive no ambiente, a ponto de a pessoa apresentar irritação, incômodo e mal-estar.

Se houver mais moradores na residência, esses transtornos podem gerar problemas de convívio como discussões e brigas.

Até animais e plantas são afetados quando o ambiente está contaminado energeticamente.

Sendo assim, é necessário fazer uma limpeza energética e arejar os espaços para neutralizar ou afastar a energia negativa

Veja como isso pode ser realizado.

O que fazer antes da limpeza energética do ambiente

Antes de iniciar a limpeza espiritual do ambiente, é recomendável tampar o plexo solar, o chakra situado no umbigo. Pois este é o local por onde as entidades com baixa vibração têm acesso e conseguem atingir uma pessoa.

Para proteger esse chakra é só cobrir o umbigo com uma gaze anexada com uma fita micropore ou esparadrapo.

Antes de proceder à limpeza energética, realize também uma faxina completa do ambiente a ser purificado.

Para tal, limpe toda a sujeira do ambiente, dê os objetos que não têm mais utilidade e doe roupas sem uso, enfim, elimine os acúmulos.

Formas de limpeza energética

Para poder realizar essa limpeza energética existem plantas que são específicas para isso, devido às suas propriedades purificadoras e de proteção espiritual.

Essas plantas podem ser utilizadas para esta finalidade de diversas maneiras como:

Óleo essencial

O óleo essencial pode ser utilizado para purificação energética do ambiente, através de um difusor ou rechaud.

O difusor permite que o óleo se expanda pelo ambiente, através da vaporização.

O rechaud faz com que o aroma do óleo essencial se espalhe na moradia, por meio do seu aquecimento.

Incenso

O incenso é um aparato que, desde a antiguidade, vem sendo utilizado para purificação e elevação de ambientes.

Em geral é utilizado na forma de vareta que ao ser queimada, solta uma fumaça aromática, purificadora e curativa, pelo ambiente.

Extrato

O extrato é obtido da planta curtida em solução alcoólica.

Para fazer o extrato utiliza-se 1 parte de planta desidratada para 4 partes de líquido (álcool ou água).

Se a erva estiver fresca, a proporção é 1 parte de planta para 1 parte de líquido.

Depois de se obter o extrato, pode-se utilizá-lo misturando-o em água para passar na moradia.

Infusão

Para fazer a infusão, coloca-se partes da planta, sejam folhas, flores, caule ou casca, em água quente.

Após esse procedimento, é só deixar esta infusão em repouso e tampada por 10 minutos.

Após esfriar, estará pronta para ser usada no ambiente, seja pulverizando ou passando com um pano na residência.

Decocção

Essa técnica consiste em colocar um punhado do vegetal a ser usado em 1 litro de água e pôr para ferver (cozinhar), por 10 minutos,

Em geral, esse procedimento é adotado para cascas, folhas duras, tubérculos e raízes de plantas.

A decocção pode ser utilizada para a limpeza energética, da mesma forma que a infusão.

Maceração

Esse método consiste em colocar partes da planta para macerar, ou seja, curtir em um líquido que servirá como solvente, como o álcool de cereais, por exemplo.

Essa técnica é muito utilizada na preparação de tinturas.

Para utilizar a tintura obtida da maceração é só misturá-la em água para pulverizar no ambiente ou passar com um pano no local.

Solução herbal

Para fazer a solução herbal é só dissolver 5 gotas do óleo essencial em 1 colher de álcool e colocar essa mistura  em 1 litro de água para passar na casa.

Cuidados e precauções

Quando for proceder com a limpeza energética do ambiente, proceda sem a presença de animais, crianças, pessoas sensíveis ou que sofram de alergias respiratórias.

Essa precaução é para evitar intoxicação e reações adversas naqueles que apresentam predisposição para isso.

Além disso, existem plantas que contêm substâncias tóxicas, saiba mais em:

Para o preparo e manuseio das plantas, nas formas apresentadas, proceda em ambiente arejado e utilize luvas para prevenir possíveis reações alérgicas.

Que plantas usar para a limpeza energética?

As plantas que podem ser utilizadas para purificar e melhorar a energia do ambiente são:

Alecrim

A energia dessa planta atrai alegria, ânimo, motivação e concentração para os que vivem no ambiente.

Sálvia

Em culturas antigas, a sálvia era considerada sagrada por seu poder curativo e espiritual.

Seu nome deriva do latim e significa “curar”.

Anil

A planta índigo, também chamada de anileira, da qual deriva o anil, tem o poder de afastar energias tenebrosas e proteger a alma de quem vive no ambiente.

Para utilizar o anil basta encher um balde com 2 litros de água e adicionar 1 colher de sopa de anil e misturar até diluir.

Pode-se usar essa solução para limpar o chão, os azulejos, os batentes das portas e cantos da casa.

Procedendo assim, além de eliminar a sujeira física, você estará limpando energeticamente o ambiente.

Lavanda

O nome da lavanda tem origem do latim e significa “lavar”.

Os antepassados a utilizava em banhos pois, além de perfumar, a lavanda tem o poder de acalmar.

A lavanda é muito utilizada em ambientes místicos por atrair energias positivas, elevar a vibração do local e das pessoas, que nele vivem.

Palo Santo

O Palo Santo tem o poder de equilibrar a energia e fortalecer a conexão com o espiritual superior.

Os antigos xamãs faziam uso do Palo Santo em rituais de limpeza e purificação, para afastar maus espíritos.

Comumente é utilizado como incenso.

Quando utilizado no ambiente promove paz e harmonia.

Mirra

A mirra tem um perfume bem agradável e é uma resina extraída da árvore Commiphora myrrha, encontrada no Egito.

Inclusive, na Antiguidade, os egípcios a utilizavam como incenso para cultuar o deus Rá, e nos templos para venerar a deusa Ísis.

Essa resina aromática tem o poder de equilibrar, purificar e curar energeticamente, tanto ambientes, como pessoas.

O aroma da mirra traz lucidez e força espiritual.

Louro

As sacerdotisas de Apolo, o deus grego, mastigavam folhas de louro para alcançarem estados internos mais elevados.

Plantado no jardim de casa, o louro protege a moradia, afastando energias maléficas.

De acordo com a antiga tradição, o louro é símbolo de riqueza e prosperidade, por isso os imperadores romanos usavam os ramos do louro em volta de suas cabeças.

Olíbano

O olíbano é uma resina originária de uma árvore da família Burseraceae.

Na antiguidade, o olíbano era muito utilizado para fins curativos e em rituais religiosos.

Algumas das propriedades do olíbano é o de expandir o estado de consciência e elevar a vibração do ambiente.

Arruda

Tradicionalmente, a arruda está associada à proteção contra ataques espirituais, provocados pela inveja e olho-gordo.

Antigamente, era costume colocar um raminho de arruda atrás das orelhas para afastar o mau-olhado.

As benzedeiras conheciam os poderes da arruda. Por isso, usavam muito essa planta para benzer.

Ao utilizar a arruda para limpeza energética, precisa-se tomar cuidado em manuseá-la, pois ela é uma planta tóxica.

Sândalo

O sândalo é uma árvore indiana, a Santalum album, que antigamente era empregada em rituais de consagração religiosa.

O cheiro do sândalo é bem perfumado, por isso no Antigo Oriente era muito utilizado.

No Egito era usada para embalsamar os faraós, e na Índia e China era utilizado em cerimônias nos templos.

Na Aromaterapia, o óleo essencial de sândalo serve para acalmar a mente e aliviar a ansiedade.

Eucalipto

O eucalipto deixa o ambiente mais leve, perfumado, refrescante, estimula o estado de tranquilidade e ajuda a elevar a vibração.

Cânfora

A cânfora é uma substância cristalina e branca, extraída da madeira da canforeira, que pode ser utilizada de diversas formas como óleo essencial, incenso ou pedra.

As propriedades da cânfora atuam deixando o ambiente mais calmo.

Para utilizá-la é preciso ter cuidado com animais, pois apresenta substâncias tóxicas para eles.

Cuide de seu mundo

Em nosso mundo contemporâneo, existem vários motivos que podem baixar nossa vibração.

Alguns deles não temos o controle de evitar ou mudar, portanto só nos resta cuidar de nosso mundo particular, que envolve nossa interioridade, nosso corpo e o ambiente onde vivemos.

Se cada um cuidar de si já estará contribuindo, de alguma forma, para a melhoria do mundo lá fora.

Para mais informações sobre recursos para elevar nossa energia e melhorar nosso ambiente, leia:

Esperamos que tenham gostado! Compartilhem!

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *