As picadas de insetos mais comuns - em FOTOS para você reconhecê-las

  • atualizado: 
picadas de insetos

Bichinho picou seu braço, perna, barriga - é bom saber que bicho foi, não? Sim, porque tantas vezes a gente pensa que é pulga mas foi carrapato ou até uma aranha, e precisamos tomar alguma providência mais rápida.

Picada de aranha, por exemplo, pode necrosar. Picada de carrapato - e se for do estrela? - tem que se cuidar (e de você também). Agora, se for um escorpião, aí sim você vai correr pois, essa picada dói demais.

Mas, vamos lá aprender como reconhecer as picadas mais comuns que podem acontecer em casa ou se você anda pelos matos.

Só não falei aqui em picadas de cobras, mesmo porque elas não são insetos, tá?

PICADA DE MOSQUITO, PERNILONGO, MURIÇOCA, BORRACHUDO

picada mosquito

Dependendo do seu grau de alergias, a picada de mosquito vai aparecer mais ou menos.

Os pernilongos, por exemplo, deixam uma bolha subcutânea, avermelhada, que coça localmente.

Os borrachudos são piores, em geral deixam a picadinha, com um pontinho de sangue coagulado no centro e, toda a região em volta pode inchar bastante, ficando quente e vermelha.

Para picadas de mosquitos, pernilongos, muriçocas e mesmo a de borrachudos, basta você apertar com a unha, em cruz, o ponto picado (para reduzir a coceira) ou massagear a região com cebola, hortelã, pariparoba, alho ou folha de pimenteira.

Mas, se notar febre nas próximas horas, dores no corpo ou um mal-estar maior, vá para o Pronto Socorro pois, terá apanhado uma das viroses ou febres tropicais transmitidas por esse tipo de inseto (zika, dengue chikungunya).

PICADA DE PULGAS

picada pulgas

Pulgas costumam fazer uma verdadeira constelação de picadas, que coçam bastante e, normalmente, se localizam nas regiões mais quentes do nosso corpo - barriga, dobras, entre pernas, atrás dos joelhos, enfim, onde as pulguinhas alheias se sentem mais à vontade.

Você poderá desconfiar de que são picadas de pulga se elas forem agrupadas, pequenas, com visível ponto avermelhado no interior e com um pequeno halo de inflamação em volta.

Para tratar picadas de pulga primeiro lave a região com água e sabão. Depois, passe calamina, extrato de hortelã, cânfora ou uma pomada antialérgica para reduzir a coceira.

Em algumas pessoas mais sensíveis as picadas de pulga costumam infeccionar criando uma situação mais grave que poderá requerer uma visita ao médico.

PICADA DE PERCEVEJOS

picada percevejos

Você poderá desconfiar de percevejos quando aparecer uma região inflamada, com diversas picadas agrupadas, com um ponto necrosado no meio. Muitas vezes você encontrará também algum percevejo na roupa de cama - lugar mais comum para eles estarem - ou na sua própria pele. O percevejo parece um besourinho pequeno, marrom, durinho.

As picadas de percevejos variam de jeito conforme a pessoa é mais ou menos alérgica a eles e seus resíduos tóxicos. Algumas pessoas sequer dão-se conta de que têm percevejos no colchão mas, outras ficam totalmente inchadas com uma só picada. A alergia à picada de percevejos pode gerar erupção generalizada, febre, dor intensa, gânglios inflamados e requerer a visita a um médico.

Contra percevejos o melhor é a limpeza - do seu corpo, com água, sabão e um enxague de vinagre -, da sua roupa de corpo e de cama - uma boa lavagem na máquina, com água quente e enxague com vinagre -, e da sua casa. Em alguns casos, a infestação de percevejos vai obrigar a que você faça uma dedetização em regra pois, esses bichinhos costumam se juntar, e nidificar nas frestas e vãos menores da parede, móveis e piso.

PICADA DE ARANHA

picada aranha

Toda aranha pode picar. Toda picada de aranha tem dois pontinhos de entrada. Nem toda aranha é venenosa mas, toda picada de aranha deve ser cuidada.

Algumas aranhas são perigosas e, no Brasil as mais venenosas são a viúva-negra (pequenina, preta, nos pés de banana), a aranha-marrom (que vive escondida e só ataca se você mexer com ela), a armadeira (que salta para te alcançar e é bastante agressiva) e a caranguejeira (peluda e assustadora).

Porém, é preciso sempre cuidar de uma picada com duas entradas - se não for de aranha, poderá ser de cobra, certo?

Os sintomas de uma picada de aranha venenosa serão: dor, inchaço local que se espalha pelo membro afetado e comprometimento neurológico da pessoa.

É possível, e frequente, que as picadas de aranha não cuidadas devidamente necrosem e seja de difícil trato. Então, se você for picado por uma aranha, lave bem o local, ponha gelo, tome um antihistamînico e analgésico e, vá ao Pronto Socorro mais próximo. Se souber que aranha picou você, leve-a junto, em um vidro, para que seja identificada.

PICADA DE CARRAPATO

picada carrapato

A picada de carrapato é fácil de ser reconhecida: uma pequena ampola, um buraquinho avermelhado no centro, ou um carrapato grudado na picada, inflamação em auréola, grande, duradoura, coceira insistente.

Caso o carrapato esteja ainda grudado na sua pele, tenha cuidado para o tirar pois, se você o puxar poderá ficar com a tromba do bicho enterrada na pele (e isso aumenta o problema). Para tirar um carrapato da pele agarre-o com uma pinça, levemente, e torça até sair inteiro - se a trombinha ficou, deverá ser extraída também, da mesma maneira. Ou aproxime um fósforo, cigarro, do bichinho, que ele soltará a pele e cairá no chão. Outro jeito é apelar para o vinagre - os carrapatos se soltam do corpo se você lavar a região com vinagre.

Mas, no caso do carrapato, você deve ter atenção para o tipo dele: se for um carrapato-estrela e você estiver em zona de febre maculosa (endêmica em algumas regiões brasileiras), corra para o médico e dê essas informações, mais ainda se você tiver febre. A febre maculosa é letal caso não seja tratada, com antibióticos específicos, rapidamente.

A dica é de que você verifique se tem picadas a cada 3 horas pois, a febre maculosa é transmitida pelo carrapato que fica grudado em você por 4 horas consecutivas (e isso é bem possível pois, enquanto ele estiver grudado, se alimentando, você não sentirá nem dor nem coceira alguma).

Outras doenças graves que são transmitidas pelos carrapatos são a doença de Lyme ou borreliose e a febre hemorrágica Crimea-Congo.

PICADA DE FORMIGAS

picada formigas

Algumas formigas são bastante agressivas, outras nem tanto. As picadas de formiga são mordidas em pinça e apresentam o desenho característico - dois furos (diferente daqueles nas aranhas) porém, em geral também apresentam rápida formação de uma ampola de pus rodeada de ampla zona de inflamação.

Se você for alérgico deverá tomar um anti-histamínico mesmo que seja picado só uma vez. Os cuidados com as picadas de formiga são os normais: lavar com água e sabão, passar uma pomada que retire a dor e a coceira, evitar a infecção do local.

As formigas mais perigosas, no nosso país, são a saúva, a tocandira (ou formiga-de-cabo-verde), a cortadeira, a vermelha ou formiga-de-fogo (essa não pica mas te queima com o exsudado de ácido fórmico que tem na pele, em profusão).

Existem riscos sérios de intoxicação caso você seja alérgico, muito sensível ou seja picado por muitas formigas em curto espaço de tempo. Não deixe de dar atenção a essas picadas.

PICADA DE LACRAIA OU ESCORPIÃO

picada escorpiao

Lacraias e escorpiões são assustadores e, quando picam, dói demais mas, raramente são picadas fatais pelo menos aqui no nosso país (lacraias, escorpião).

Mas, a gravidade ou não vai depender do tipo de animal que picou, da idade de quem é picado (em crianças e idosos é mais perigoso) e das alergias ou suscetibilidades que a pessoa tenha pelas toxinas específicas.

Os sintomas de picada de escorpião incluem dor, inchaço e, em casos mais graves, espasmos musculares, sudorese, salivação. Em casos mais graves a pessoa picada deverá ser encaminhada para o Pronto Socorro e ser tratada com soro antipeçonhento).

As lacraias são pouco tóxicas ao ser humano porém suas picadas são dolorosas e causam forte edema. Em caso de picadas por lacraias grandes (as há de até 23 cm de comprimento), a pessoa poderá ter febre, calafrios, tremores e suores e, no local, se formará uma pequena ferida que deverá ser lavada e cuidada.

Caso seja picado e o ferrão permaneça no local, tire-o raspando com uma faca, para evitar espremer o saco de veneno que sempre está no ferrão. O mesmo vale para vespas e abelhas.

Leia também: COMO EVITAR E TRATAR PICADA DE ESCORPIÃO

PICADA DE ABELHA OU VESPA

picada vespa

Essas duas picadas doem bastante mas, você as pode diferenciar pelo fato de que as abelhas, ao picarem, perdem o ferrão com parte do intestino e as vespas, não perdem nada. Ou seja, abelhas picam uma só vez na vida e vespas, quantas precisarem.

Esse tipo de picada vai aparentar um local inchado, dolorido, com um pontinho de sangue no meio ou um ferrãozinho pendurado e, só é perigoso caso você seja alérgico às toxinas desses insetos. Nesse caso, de alergia, o risco é grande pois a reação do seu organismo pode ser na forma de um “edema de glote” com sufocamento. Busque ajuda imediata, se for esse seu caso.

UMA DICA PARA QUALQUER PICADA

Em todas as picadas de insetos, uma boa forma de se reduzir o inchaço, a coceira, o ardor e até a dor é lavar a área com vinagre, cobrir com compressa úmida de barro, ou com um emplastro de fumo macerado em água ou álcool, cobrir com pele branca de cebola, macerado de hortelã fresca pariparoba, alho ou folha de pimenteira.

Os indígenas, e os caboclos, costumam também extrair o veneno chupando o local, com força, e cuspindo o que vier.

Talvez te interesse ler também:

PICADAS: OS REMÉDIOS NATURAIS E CASEIROS MAIS EFICAZES

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!