Como fazer Incenso Natural: afaste a negatividade e eleve o astral

Como fazer Incenso Natural: afaste a negatividade e eleve o astral

Nada como estar em um ambiente leve e saudável! E para deixar o local que habitamos desse jeito, podemos utilizar os incensos feitos com plantas, e confeccionados de forma caseira.

Quer saber como fazer seu próprio incenso, de forma natural e ainda com a possibilidade de utilizar plantas que você tem em casa? Confira o conteúdo a seguir!

Mas, antes saiba o que, de fato, é o incenso, sua origem, finalidades e benefícios.

O que é incenso e para que serve?

A palavra incenso tem origem do latim “incendere” que significa “queimar” .

Através da queima e fumaça do incenso são produzidos fluidos e vibrações elevadas que têm o poder de afastar a negatividade e elevar o astral do ambiente.

Incenso natural x industrializado

Desde os primórdios dos tempos, o incenso vem sendo usado para energizar e purificar o ambiente.

Antigamente, o incenso era confeccionado de forma bem pura e natural, constituído de ervas, plantas, madeiras, resinas aromáticas, óleo essenciais e até rochas e minerais.

Com o passar do tempo e o avanço industrial, os incensos passaram a ser fabricados e produzidos em larga escala e até adulterados com a adição de substâncias químicas e tóxicas, como o benzeno e formol, podendo desencadear graves reações alérgicas e problemas respiratórios.

Por essa razão, quando for comprar um incenso, prefira de boa procedência, marca qualificada e feito de forma mais artesanal.

Mas o mais recomendado é que você mesmo faça o seu incenso, pois é um produto mais natural, puro, sustentável e econômico.

Vantagens de fazer incenso caseiro

Fazer seu incenso caseiro e natural oferece diversos benefícios, como:

  • Você estabelece uma conexão com as plantas utilizadas, tornando o uso do incenso algo mais místico e espiritual.
  • Para fazer seu incenso, você pode escolher as plantas de sua preferência ou que tem acessíveis no jardim de sua residência.
  • É um incenso livre de produtos tóxicos e comburentes passíveis de causar danos respiratórios ou poluir o ambiente com sua fumaça.
  • Além de tudo isso, é um incenso ecológico.
©Marcos Paulo Prado/Unsplash

Finalidade do incenso

O incenso é um veículo de comunicação com o espiritual, que através de sua queima e fumaça estabelece uma conexão com o plano superior.

Além do mais, cada planta possui propriedades específicas e, por isso, quando seus ramos, galhos e folhas são queimados liberam os benefícios produzidos pelo poder contidos nela.

Sendo assim, quando for fazer seu incenso, pesquise as propriedades de cada planta para promover a melhoria que você almeja para o ambiente de sua moradia.

Saiba mais sobre a purificação do ambiente, através de plantas, em:

Como fazer seu incenso?

Para fazer seu incenso natural, seguem algumas sugestões de plantas e suas respectivas propriedades:

  • Tomilho -> fortalece a coragem e eleva o astral
  • Alecrim->revigora e aumenta a concentração
  • Orégano -> promove alegria e bem-estar
  • Lavanda->proporciona harmonia e maior conexão espiritual
  • Rosa-> traz inspiração e calma

Você poderá fazer seu incenso de duas maneiras diferentes:

Arranjo com ramos das plantas amarrados com barbante

Para fazer esse arranjo será necessário:

Materiais utilizados

  • Barbante de algodão ou corda de cânhamo->para amarrar os ramos ou galhinhos
  • Tesoura-> para cortar o barbante

Instruções de como fazer

  1. Escolha até 3 plantas e corte-as em um comprimento de 15 a 20cm.
  2. Junte os ramos ou galhos das plantas, fazendo uma espécie de arranjo.
  3. Enrole o arranjo com o barbante de algodão ou corda de cânhamo e amarre bem firme, porque, depois de seco, esse arranjo diminui de espessura.
  4. Coloque esse arranjo em um local limpo e protegido da luz solar, mas que seja quente e seco até que desidrate, para posteriormente poder queimá-lo.
  5. Você pode desidratar as plantas, deixando o arranjo em uma prateleira ou pendurado em um gancho ou varal.

Embalado com papel-manteiga

Para essa outra forma de confecção do incenso caseiro será necessário:

Materiais utilizados

  • Papel-manteiga
  • Tesoura
  • Barbante de algodão ou corda de cânhamo
  • E se for escrever alguma intenção no papel, precisará de uma caneta ou lápis

Instruções para confecção desse incenso

  1. Use o papel-manteiga, “virgem”, ou seja, que não tenha sido usado anteriormente e esteja em branco.
  2. Caso você prefira, escreva uma intenção, no interior desse papel, a lápis ou caneta.
  3. Após isso, embale e enrole os ramos das plantas com o papel-manteiga.
  4. Coloque no máximo três ramos no interior do papel-manteiga
  5. Em seguida, amarre com o barbante.

Observação:

Sempre use, para a confecção do incenso, materiais provenientes de matérias-primas naturais. Pois os materiais sintéticos ao serem queimados comprometerão a pureza do seu incenso e liberarão toxidades.

Como queimar o incenso

Para queimar seu incenso tirando proveito de suas propriedades benéficas, seguem algumas instruções:

  1. Depois de confeccionar seu incenso, acenda uma das extremidades com um fósforo ou isqueiro.
  2. Quando começar a queimar e soltar fumaça, coloque-o em cima de uma travessa de metal, pirex de porcelana, pote de cerâmica ou barro.
  3. Deixe o incenso queimando em uma área bem ventilada, longe de objetos, tecidos e produtos inflamáveis e fora do alcance de animais e crianças.
  4. Quando for acender o incenso em sua moradia, o faça sem a presença de animais, crianças e também de idosos, grávidas e de pessoas com sensibilidade respiratória, como por exemplo, asma e rinite.
  5. Após acabar a defumação, permita a ventilação do ambiente, para sair todo o vestígio da fumaça do incenso. Assim, aqueles que são mais sensíveis, poderão voltar a circular normalmente no local.

Mística do incenso

Os incensos são usados para limpeza energética e elevação espiritual, por isso quando for acendê-lo, o faça com muita mística, devoção e fé, de forma calma, respeitosa e concentrada.

Ao queimá-lo, mentalize e visualize uma boa intenção e se volte para o Poder Supremo, buscando realizar um propósito elevado para você e aqueles que fazem parte de sua existência.

Nunca intencione nada que possa interferir no livre-arbítrio de outra pessoa ou possa prejudicar alguém, pois isso não condiz com essa prática.

A fumaça que é liberada pelo incenso, tem o poder de se projetar nas dimensões extrafísicas, por isso é recomendado que quando for usar o incenso, o faça de forma elevada.

Dicas para fazer e usar o incenso natural

Para melhor aproveitamento e utilização de seu incenso natural, seguem alguma dicas:

  • Quando for colher as plantas para fazer o seu incenso, o faça em dias secos, ou seja, sem chuva, porque se as plantas estiverem molhadas compromete a secagem delas e até poderão apodrecer.
  • Ao colher a planta ou cortar ramos e galhos dela, peça licença, autorização e agradeça ao Elemental (uma espécie de “alma das plantas”). E, após isso, retire com respeito, carinho e gratidão.
  • Se não tiver vasos, canteiros e jardim em sua moradia, você pode comprar as plantas em feiras ou lojas de ervas.
  • Não acenda o incenso em locais muito quentes e fechados, pois dificulta a propagação da fumaça.
  • O ambiente adequado para acender o incenso é um local arejado e ventilado para que a fumaça não se acumule no local.
  • Utilize o incenso com moderação, somente quando realmente for necessário, para não banalizar o seu uso, e com isso perder a mística que envolve esse ritual.
  • Se você tem algum problema respiratório ou tendência à alergias, evite inalar a fumaça ou até de fazer uso de incenso. Por isso, consulte o médico antes, para averiguar possíveis contraindicações

Quais plantas você pode usar no incenso

Além das plantas já mencionadas e sugeridas, existem mais outras que são indicadas e adequadas para fazer o seu incenso natural:

Conheça outras plantas comumente utilizadas para fazer incenso e a finalidade de cada uma delas em:

Tutorial: vídeo sobre como fazer incenso natural

Neste vídeo, a Fabi, do canal Laboratório dos Sentidos, ensina e mostra as etapas de como fazer um incenso natural:

Agora, que você já sabe do poder e benefícios de fazer um incenso artesanal em casa, já pode incensar sua moradia de forma bem natural!

Boas vibrações!

Talvez te interesse ler também:

Estrela de Davi: origem e significados. Quem foi Davi

Surpreendentes usos da cânfora: limpeza energética, calmante e muito mais

O que é espiritualidade e como ela pode nos ajudar

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *