Banheiro seco: solução ecológica que não utiliza água

  • atualizado: 
Banheiro seco

Você já ouviu falar em banheiro seco? Pode parecer estranha essa expressão, porque o banheiro é o lugar mais molhado de uma casa. Saiba que é, sim, possível ter um banheiro seco, isto é, um banheiro que não utiliza água.

A tecnologia do banheiro seco é muito útil em lugares onde há escassez de água ou onde, ainda, não há saneamento básico. Há ainda de ser levar em conta que a limpeza de banheiros é feita com água limpa, que poderia ser usada para ser bebida, contribuindo ainda mais para o desperdício.

Desperdício de água

A cada vez que ativamos a descarga, gasta-se, me média, de 8 a 10 litros de água. Imagine um apartamento onde moram duas pessoas que usam o vaso sanitário 20 vezes ao dia. Ao final de um ano seriam desperdiçados 70 mil litros de água!

Se pensarmos nos banheiros públicos, a conta é muito maior. Especialistas estimam que neles são gastos cerca de 100 mil litros de água por ano.

descarga sem agua 2

Tecnologia contra o desperdício

Pensando em solucionar esse problema, o Programa de Tecnologias Sustentáveis do INTI, na Argentina, vem trabalhando no desenho e na aplicação de sistemas de saneamento sustentáveis para duchas e mictórios, segundo informa o Clarín.

Esses sistemas inovadores podem solucionar o problema de mais da metade dos habitantes do país que não têm acesso ao saneamento básico, cerca de 20 milhões de pessoas.

Este ano já foram inaugurados dois banheiros secos na Argentina. Segundo Jorge Schneebeli, responsável pela Gerência de Projetos Especiais INTI: "Hoje vemos a implantação dos saneamentos secos como uma solução para as populações que não têm acesso à água ou a um sistema correto de tratamento dos afluentes do banho. Entretanto, a iniciativa também impulsiona a criação de provedores locais desse tipo de artefato".

Como funciona

Visualmente, os banheiros secos se parecem com os tradicionais, com a diferença de que não precisam de uma fonte de água, não têm problemas com o cheiro e nem atraem insetos, além de serem fáceis de limpar.

Há diversos desenhos de sifão, por exemplo. Alguns banheiros contam com um cartucho plástico que contém um líquido com uma densidade menor do que a urina. Essa substância fica por cima da urina, evitando a evaporação de odores. Sua fórmula, até o momento, ainda não é desenvolvida na Argentina, mas o Centro INTI-Química vem trabalhando com outras fórmulas para substituir a importada. Outra vantagem do dispositivo é que pode ser construído com materiais disponíveis localmente.

O custo de fabricação do banheiro seco é equivalente ao do tradicional. Entretanto, é mais econômico em relação ao tratamento e à economia de água.

descarga sem agua 3

Vantagens

O desenho desses artefatos está baseado na separação desde a origem da matéria sólida e líquida, a operação sem água e a existência de câmaras de ventilação ou contêineres para o armazenamento e tratamento dos resíduos.

Outra vantagem é que o risco de contaminação aquífera é minimizado pela contenção segura dos sólidos em câmaras enterradas, o que permite, também, a construção do banheiro seco em lugares onde os sistemas baseados em poços não são apropriados.

Que essa tecnologia atravesse a fronteira com o Brasil, pois muitas comunidades em nosso país seriam beneficiadas pelos banheiros secos, que tanto ajudam a conservar o meio ambiente como levam mais qualidade de vida para milhões de pessoas.

Especialmente indicado para você:

LIMPAR O BANHEIRO: 10 TRUQUES RÁPIDOS, PRÁTICOS E NATURAIS

O BANHEIRO UNIVERSITÁRIO QUE TRANFORMA O XIXI EM ENERGIA

UM BANHEIRO QUE NÃO UTILIZA ÁGUA