Vitória: camelos e cavalos são proibidos como meio de transporte no Egito

Vitória: camelos e cavalos são proibidos como meio de transporte no Egito

Boas notícias para o mundo vivo!

Parece que alguns países ainda insistem em ter animais como símbolos de exploração. No Brasil, burros e cavalos ainda são usados, apesar de ilegal, como animais de carga; na Espanha, as touradas ferem e até levam à morte os touros; e, no Egito, camelos são usados como meio de transporte.

Ou melhor: eram usados.

O Egito acaba de anunciar a proibição do uso de camelos e cavalos como meio de transporte de turistas em passeios ao redor das pirâmides de Gizé e em áreas arqueológicas, após mais de um ano de pressão da PETA.

A campanha da entidade fez pressão sobre as autoridades egípcias e instou cerca de 500 mil pessoas a entrar em contato com o Ministério do Turismo do Egito para que o órgão proibisse os passeios turísticos com os animais.

Os turistas, agora, poderão conhecer as maravilhas do Egito em carros elétricos e ônibus, conforme recomendado pela PETA.

O anúncio é uma grande vitória para todos aqueles preocupados com a vida animal. Os camelos e cavalos eram obrigados a levar os turistas de forma extenuante, sem que tivessem acesso a água, sombra e comida.

A PETA conduziu uma investigação no Egito que mostrou o sofrimento desses animais, que eram chicoteados por trabalhadores até a exaustão. A realidade dos fatos levou as autoridades a tomarem uma atitude e agora, com a boa notícia, comemoremos o fim de mais essa exploração animal!

Desconfie sempre que vir animais sendo explorados. Selfies, passeios sobre animais, espetáculos e até zoos e aquários. Rejeite qualquer oferta. Não é justo que animais inocentes ajudem a enriquecer humanos insensíveis.

Talvez te interesse ler também:

Pare de fazer selfie: #stopanimalselfies. A campanha da Costa Rica de respeito à vida selvagem

Na Tailândia, elefantes explorados que levavam turistas a passeio, agora estão livres

Vitória! Europa decide pelo fim do incentivo às touradas

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *