Petra, na Jordânia, dá adeus ao turismo com camelos e passa a usar carros elétricos

Petra, na Jordânia, dá adeus ao turismo com camelos e passa a usar carros elétricos

Preservar o planeta inclui também o respeito às suas riquezas arqueológicas e, claro, aos animais que vivem aqui. A cidade jordaniana de Petra tomou uma atitude inteligente quanto à forma de explorar suas ruínas históricas.

Visando reduzir danos ao patrimônio, aos animais e também oferecendo a possibilidade de aumentar a renda a seus guias turísticos, uma mudança de tradição está ocorrendo naquela localidade.

O que Petra está promovendo

Os passeios para conhecer as famosas ruínas históricas da cidade, sempre foram realizados por charretes puxadas por cavalos ou com uso de camelos.

Num trajeto bastante arriscado e que exigia um esforço maior dos animais, podendo ocasionar acidentes, foi estabelecida a substituição desse meio de transporte por carrinhos elétricos.

São meios de locomoção sustentáveis, sem emissão de CO2 e que preservam a saúde dos animais, contribuindo ainda para maior conforto dos turistas que visitam o local.

Uma excelente medida para eliminar maus-tratos aos animais e manter o local mais limpo de dejetos que os animais deixavam no trajeto.

Um trajeto com bastante desconforto

A utilização dos modelos de transporte tradicionais deixavam os turistas com um desconforto maior, pois embora sejam típicos e exóticos, representavam riscos, lesões aos turistas e aos próprios animais.

Isso ocorria pela geografia do terreno que em diversos pontos exigiam a passagem por um desfiladeiro com elevado risco.

A mudança está sendo aprovada por turistas e por associações de proprietários de cavalos, que reclamavam do cansaço dos animais ao longo da jornada.

Além disso, os próprios trabalhadores que dirigem os carrinhos, dizem que suas rendas aumentaram, pelo aumento do número de pessoas transportadas.

Chega de transportes com animais. No mundo inteiro essas medidas precisam ser tomadas.

Talvez te interesse ler também:

Vitória: camelos e cavalos são proibidos como meio de transporte no Egito

Charretes sem cavalos em Petrópolis, chega de sofrimento animal!

Transporte de animais vivos: 2.500 bois doentes, presos em um navio

Charrete Não! Assine a petição! Salve os animais da exploração!

Estado do RJ sanciona lei que proíbe uso de animais em carroças e charretes

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *