Pare de fazer selfie: #stopanimalselfies. A campanha da Costa Rica de respeito à vida selvagem

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

A onda de exibicionismo com selfies ao lado de animais silvestres, aquáticos ou selvagens, vem ocorrendo às custas da exploração, confinamento, mutilação ou dopagem, gerando sofrimento, dor e até a morte deles.

Isso é também provocado por empresários que lucram de forma inescrupulosa e insensível com a exposição desses animais, explorando-os para servir à vaidade e ao capricho humano, de aparecer nas redes sociais ao lado de animais como golfinhos, araras, flamingos, onças, tigres, leões, ursos e elefantes, submetendo-os a todo tipo de horror.

Nesse contexto, enquanto os turistas sorriem nas selfies, os animais padecem!

Pensando nos prejuízos e sofrimento desses animais por causa das selfies, foi criada a campanha #stopanimalselfies, lançada pelo governo da Costa Rica, com o apoio e colaboração de várias empresas de turismo, para impedir e acabar com as fotos ao lado dos animais, com a finalidade de proteger e resguardar a vida deles do turismo cruel e irresponsável.

Essa campanha pretende conscientizar os turistas, incentivando-os a respeitar os animais, com isso evitando impactos negativos sobre as espécies que vivem na Costa Rica.

Para realizar e fazer parte dessa campanha, os turistas são convidados a tirar selfies com bonecos de animais que imitam os reais e, junto com a publicação da foto, incluírem a hashtag #stopanimalselfies e a legenda “Não são animais maltratados para uma selfie”. 

Veja alguns exemplos desse turismo consciente, que respeita os animais:

Ver essa foto no Instagram

Desde Costa Rica y a través del Instituto Costarricense de Turismo y @minaecr , se está lanzando la campaña #StopAnimalSelfies por medio de la cual buscamos generar conciencia entre quienes visitan zonas donde viven animales silvestres y que guarden una distancia prudencial al tomarles fotografías. — ¿Que efecto tienen los selfies en los animales? .Pueden causarles la muerte debido al estrés al que son expuestos o dañar su visión en muchos casos, esto sin olvidar que se practica una “exclavitud” en muchas especies alrededor del mundo, prueba de eso es el aumento de un 292% en lnstagram de selfies con animales. —- Los invitamos a subir un selfie con sus peluches utilizando el hashtag #StopAnimalSelfies ????

Uma publicação compartilhada por ELLIAN (@ellianwolf) em

Ver essa foto no Instagram

#stopanimalselfies

Uma publicação compartilhada por José María Figueres (@figuerescr) em

Ver essa foto no Instagram

#stopanimalselfies

Uma publicação compartilhada por Carlo (@car_mag_15) em

Além dessa campanha ter um aspecto ético em relação à vida animal, também tem a preocupação de preservar o modo de vida dos animais, sem a interferência dos humanos com suas manias inconsequentes, pois, além de tudo, a presença de pessoas no habitat desses animais podem os assustar, gerar estresse, sem contar o risco de desencadear problemas de saúde nesses seres da Natureza.

Como na Costa Rica estava intenso o turismo cruel com a vida animal, foi criada essa iniciativa que recomenda a adoção de conduta respeitosa e consciente com os animais, preservando-os em sua natureza e sem interferir no habitat deles.

Como fazer turismo ético com animais

Para colocar em prática este turismo ético, são necessárias as seguintes atitudes:

  • Manter distância dos animais.
  • Observá-los em silêncio e com respeito.
  • Respeitar o comportamento natural de cada espécie animal.
  • Não entrar em locais que os animais habitem.
  • Não tocar, segurar ou abraçar os animais.
  • Não oferecer comida para eles.
  • Não pegá-los ou segui-los para ter contato direto.
  • Não fazer barulhos e perturbá-los com assobios, jogando objetos ou batendo nas barreiras que delimitam a área onde eles vivem, para fazê-los se mover ou acordarem.

Com essas medidas, a Costa Rica tem avançado bastante do ponto de vista ecológico e ambiental, se mostrando atenta à promoção do ecoturismo. Não por acaso o país recebeu o título de campeão pela ONU da Terra em 2019, um máximo reconhecimento ambiental conferido por essa organização.

Confira mais demonstrações da campanha #stopanimalselfies neste vídeo do canal Costa Rica Silvestre.

Costa Rica é o lar de mais de 5% da biodiversidade do mundo e é um dos países mais ricos de ecossistemas, por isso, nada mais justo que agir em prol da manutenção de toda essa riqueza vital!

Divulgue essa campanha. Muita gente não sabe do sofrimento animal que existe atrás de uma simples selfie.

A Humanidade avança em consciência, quando para de perturbar e de promover o sofrimento dos animais!

Por mais campanhas como esta: #stopanimalselfies

Talvez te interesse ler também:

BEE, A PRIMEIRA ABELHA INFLUENCER, QUE TENTA SALVAR SUA ESPÉCIE FAZENDO SELFIE NO INSTAGRAM

GOLFINHOS, TARTARUGAS E A DESUMANIDADE DE TURISTAS QUE FAZEM SELFIE

REVOLTANTE: VISITANTES DE ZOOLÓGICO QUE JOGAM CIGARRO PARA CHIMPANZÉS FUMAREM

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.
Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Siga no Instagram
Siga no Facebook