Quase 17 vezes o tamanho de Nova York: o desmatamento da Amazônia no Brasil

Quase 17 vezes o tamanho de Nova York: o desmatamento da Amazônia no Brasil

De acordo com o INPE, o Brasil registrou 13.235 km² de desmatamento na maior floresta tropical do mundo em dados de agosto de 2020 a julho de 2021. Os números equivalem a quase 17 vezes o tamanho da cidade de Nova York, 9 vezes o tamanho de Nova Delhi e 8,5 vezes o tamanho de Londres.

Esses dados são preocupantes visto que, na cúpula do clima da ONU em Glasgow neste mês, o governo brasileiro apresentou uma promessa de acabar com o desmatamento ilegal em dois anos até 2028.

Segundo os cientistas, as árvores da Amazônia absorvem grandes quantidades de dióxido de carbono que, de outra forma, aqueceria o planeta.

O novo relatório do INPE mostrou que o desmatamento aumentou agressivamente desde a primeira série de dados analisados em 2000. O relatório anual do governo, mostrou que o governo do presidente Jair Bolsonaro está minando as garantias de o país restringir a extração ilegal de madeira.

O grupo de defesa do Brasil (Observatório do Clima) afirma:

“O governo foi à Cop26 conhecendo os dados de desmatamento e os escondeu”.

Os dados são lamentáveis. O governo segue praticando o desmatamento ilegal na Amazônia e exigindo mais mineração e agricultura comercial em partes protegidas da floresta tropical.

Talvez te interesse ler também:

Segundo estudo do Inpe, Amazônia já emite mais CO2 do que absorve

Brasil exporta ouro ilegal para países que repudiam desmatamento e violação de direitos 

Cocaína e desmatamento na Amazônia: uma relação tudo a ver 

Mercado financeiro promete eliminar investimentos ligados ao desmatamento 

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *