Gente morrendo de frio, gente morrendo de calor: dias de anomalia na Terra

Gente morrendo de frio, gente morrendo de calor: dias de anomalia na Terra

Você que está no Brasil e tem casa, comida, roupa lavada mas não tem aquecimento, água quente na torneira, paciência! O frio atípico desses dias está fazendo todo mundo tremer de frio, imagina quem está em situação de rua ou de vulnerabilidade!

Tem gente, literalmente, morrendo de frio!

Já do outro lado da Terra, tem gente morrendo de calor, porque, assim como nós no Brasil não temos aquecedores, lá não tem ar-condicionado.

América (Polar) do Sul

Nesses últimos dias, em nenhum lugar do planeta “a temperatura ficou tão abaixo da média fora das regiões polares como a parte central da América do Sul”, como informa o MetSul. Isso é efeito da poderosa massa de ar polar que vem cobrindo a maior parte dos países sul-americanos (região Centro-Sul do Brasil, Uruguai, Argentina e Paraguai).

Chegou a nevar em algumas localidades de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e no Sudoeste do Paraná no último dia 28.

Enquanto isso, houve recorde de calor no Canadá nos últimos dias, que registrou a mais alta temperatura da sua história com 49,5ºC em localidades da província de Colúmbia Britânica.

O mapa abaixo mostra as anomalias: grande parte do Ártico está 0,5ºC mais fria que a média, enquanto na Antártida a temperatura está 3,2ºC abaixo da média, o que faz com que o Hemisfério Norte esteja 0,5ºC mais quente e o Hemisfério Sul tenha registrado uma temperatura 0,5ºC mais fria.

Pessoas morrendo de calor

No Canadá, centenas de pessoas morreram subitamente de calor nos últimos dias na Colúmbia Britânica, que fica a oeste do paíspor causa de uma onda de calor inesperada na América do Norte, de acordo com o G1. A maioria das vítimas são idosos que não têm uma habitação arejada.

A cidade de Lytton registrou pelo terceiro dia consecutivo, nessa terça-feira, o recorde de temperatura mais elevada no Canadá: 49,5ºC.

Chegou-se  ao ponto de cidades da região abrirem “centros de resfriamento” e suspenderem as campanhas de vacinação contra a Covid-19. Os aparelhos de ar-condicionado e ventiladores estão em falta.

Nos Estados Unidos a situação também está quente. As cidades de Portland e Seattle, que costumam ter um clima ameno, registraram as maiores temperaturas desde 1940: 46,1ºC e 41,6ºC, respectivamente.

Como se morre de calor? Leia mais no link abaixo:

Pessoas morrendo de frio

No Brasil, pessoas em situação de vulnerabilidade, em situação de rua estão morrendo de frio. Mas existem várias campanhas do agasalho acontecendo em quase todo o país. Você pode doar cobertores, agasalhos, alimentos ou fazer doações em dinheiro.

Aqueça o coração neste inverno com a sua solidariedade. Veja no link abaixo como ajudar:

Estas anomalias são de fato impressionantes e, só para terminar, pense bem, enquanto o ar-condicionado joga ar frio para dentro, seus motores jogam ar quente para fora. É o tal do cão que morde o próprio rabo: para resfriar, esquentamos, e o problema não se resolve.

Passou da hora de acordarmos para a realidade dos fatos. Preservar a vida na Terra é preciso!

Compartilhe!

Talvez te interesse ler também:

Corredores verdes: plantar árvores para baixar 2°C a temperatura nas cidades

O que é greenwashing: informe-se, veja exemplos e não se deixe enganar

Aquecimento global e pobreza: crise climática será duas vezes pior que crise Covid

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *