A comovente foto de um bombeiro ao lado de um coala enquanto as chamas devastam Austrália

A comovente foto de um bombeiro ao lado de um coala enquanto as chamas devastam Austrália

Um bombeiro com um coala ao seu lado, ambos assistem a uma cena horrível: a da Austrália sendo devastada pelos incêndios. Uma imagem angustiante que fez o giro do mundo na web, mostrando a gravidade do que vem acontecendo no país há muito tempo.

Nos últimos meses, mais de 1.000 casas foram destruídas apenas em Nova Gales do Sul e 1.100 hectares de vinhedos no sul da Austrália foram devastados. Sem falar das vítimas, pelo menos 9 pessoas morreram nos incêndios além de milhares de coalas.

A foto em questão foi compartilhada no Facebook pelos bombeiros do condado de Eden Hills, enquanto um outro incêndio se espalhava na vinha de Lobethal, a oeste de Adelaide, reduzindo tudo a escombros.

https://www.facebook.com/EdenHillsCountryFireService/posts/2438853253032218

Steven Marshall, primeiro-ministro da Austrália do Sul, no Facebook agradeceu às pessoas que deram apoio à comunidade de Adelaide Hills:

“O primeiro ministro Scott Morrison (ScoMo) se juntou a mim hoje para nos visitar e para agradecer às pessoas que ajudaram e que estão dando apoio à comunidade de Adelaide Hills neste momento difícil”.

Em Adelaide, existem cerca de 2.000 casas sem eletricidade e 300 bombeiros estão empenhados em apagar o fogo, tentando impedir que ele se expanda para outros lugares.

Ou seja, um cenário sombrio que infelizmente continua a fazer vítimas e a devastar o meio ambiente.

Talvez te interesse ler também:

O lixo nosso de cada dia que vai parar em área remota da Amazônia

União contra a caça! Conheça os projetos que tramitam no Congresso. Evitemos o retrocesso!

Óleo do Nordeste, o desastre continua: praias, mangues, rios contaminados. São quase 1000 localidades

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *