A Áustria está prestes a se tornar o primeiro país da UE a proibir o glifosato

A Áustria está prestes a se tornar o primeiro país da UE a proibir o glifosato

A Áustria parece estar destinada a se tornar o primeiro país da União Europeia a proibir o glifosato, após a aprovação da Comissão Europeia.

O Parlamento austríaco havia votado a proibição total do uso do controverso herbicida em todo o território nacional a partir de 1 de janeiro de 2020, mas era necessário aguardar o parecer da Comissão Europeia antes que a legislação pudesse entrar em vigor.

A União Europeia teve até 29 de novembro deste ano para decidir se a lei austríaca estava de acordo com as normas da UE. Havia o temor de que sua entrada em vigor fosse impedida devido à pressão da multinacional Bayer-Monsanto.

No entanto, a Comissão Europeia não impediu a implementação da nova legislação e limitou-se a enviar uma carta ao governo austríaco, criticando a maneira pela qual a proibição fora introduzida, ventilando a possibilidade de iniciar um processo de infração contra a Áustria.

Depois das críticas, o Ministério do Meio Ambiente da Áustria levantou dúvidas quanto ao mérito da entrada em vigor da proibição, mas o Greenpeace sublinhou que se tratava apenas de comentários e que não fora fornecida nenhuma opinião detalhada. De fato, a Comissão não impôs formalmente um veto à proibição do uso de glifosato, nem tomou qualquer medida para impedir a entrada em vigor da lei, portanto, o glifosato deve ser banido conforme o previsto, a partir do dia 1º de janeiro.

O glifosato foi classificado como “provavelmente cancerígeno” pela Organização Mundial da Saúde, mas em dezembro de 2017 a União Europeia renovou a autorização para o uso de herbicidas à base de glifosato em toda a Europa até 2022.

Os defensores da proibição esperam que, após a entrada em vigor da Áustria, outros países europeus decidam proibir o glifosato para proteger os cidadãos e o meio ambiente dos danos causados por este herbicida perigoso.

Talvez te interesse ler também:

ALTO ÍNDICE DE GLIFOSATO NOS GRÃOS DE CAFÉ PRODUZIDOS PELO BRASIL USADOS NO NESPRESSO E NESCAFÉ

CELÍACO OU INTOLERANTE: SEU PROBLEMA NÃO É O GLÚTEN E SIM O GLIFOSATO, DIZ ESTUDO

GLIFOSATO NA CERVEJA E NO VINHO, O CANCERÍGENO PESTICIDA DA ROUNDUP EM TODO LUGAR

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *