Coca-Cola admite que produz 3 milhões de toneladas de embalagens plásticas por ano

  • atualizado: 
coca-cola

Três milhões de toneladas de embalagens plásticas. Pela primeira vez, a Coca-Cola, junto com outras multinacionais, revela quanto plástico produz. Isso é equivalente a 200 mil garrafas por minuto.

Os cientistas vêm soando o alarme há algum tempo, se continuarmos neste ritmo, o risco é de que em 2050 haverá mais plástico do que peixes nos mares. Como sabemos, o problema é profundo e vai desde o descarte incorreto à incivilidade, mas passa também pela falta de vontade dos governos em proibir a produção de plástico bem como de aumentar as vias de reciclagem. Apenas 9% do plástico no mundo é reciclado e essa praga continua a causar sérios danos ao meio ambiente, destruindo a biodiversidade, matando peixes e aves e também a nós mesmo pois comemos plástico através do sal marinho.

Além de fazermos a nossa parte, seria de se esperar que até mesmo as multinacionais que detêm a economia mundial o façam e saiam do sigilo sobre seu impacto global.

Os dados da fabricante da Coca-Cola foram fornecidos à campanha eleitoral de Ellen MacArthur, que está pressionando as grandes empresas e os governos a fazer mais para combater a poluição por plásticos. Os números, que até agora a empresa multinacional de bebidas mais conhecida no mundo nunca quis revelar, referem-se à 2017 e falam sobre a quantidade de embalagens produzidas.

Juntamente com outras empresas como a Mars, Nestlé e Danone (31 ao todo), fala-se em cerca de 8 milhões de toneladas de embalagens plásticas por ano. No entanto, há aqueles que ainda não fizeram uma mudança nessa direção, ou seja, ao aderir ao compromisso global de reduzir a poluição por plástico, eles não quiseram divulgar os dados. Estes incluem a Pepsi Co, a H & M, a L'Oréal, a Walmart, a Marks & Spencer e a Burberry.

Aqueles que escolheram a transparência não apenas divulgaram dados, mas, de acordo com a Fundação Ellen MacArthur, decidiram se comprometer seriamente com o combate à embalagem.

"A decisão de mais de 30 empresas em comunicar publicamente os volumes anuais de embalagens plásticas no relatório é um passo importante para uma maior transparência. Parabenizamos as empresas que publicam esses dados e incentivamos todas as empresas que produzem e usam plástico a divulgar sua pegada ecológica", disse a fundação.

Lembramos que o compromisso global também inclui a eliminação total de embalagens de uso único, a criação de uma economia circular. Pequenos passos à frente, mas como explicado pela fundação, ainda estamos longe de resolver o problema.

"Não devemos baixar a guarda para fazer progressos reais no combate à poluição global por plásticos até 2025 e passar do compromisso à ação é essencial."

Talvez te interesse ler também:

BRASIL É O 4º PAÍS QUE MAIS GERA LIXO PLÁSTICO NO MUNDO!

MICROPLÁSTICO POR TODO LUGAR, INCLUSIVE NAS FEZES HUMANAS

19 DICAS PARA REDUZIR O PLÁSTICO DA SUA VIDA EM 2019!

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!