Urubu: características, curiosidades e sua importância na Natureza

  • atualizado: 
urubu

Geralmente as pessoas associam os urubus ao fato deles comerem carniça, porém, os urubus são animais que têm sua beleza e que cumprem um importante papel na Natureza. Para ampliar o conhecimento sobre esta ave, este conteúdo irá tratar dos seguintes aspectos relacionados a ela:

 

1. A importância do urubu

Os urubus têm uma importância imprescindível na natureza, eles contribuem para a manutenção e limpeza do meio-ambiente, eliminando em até 95% carcaças e ossos dos animais mortos. Dessa forma, eles ajudam na prevenção da propagação de doenças, evitando a putrefação da carne dos cadáveres dos animais e, consequentemente, a multiplicação de microrganismos que podem contaminar e causar doenças aos seres vivos.

Graças ao urubu, o antraz, uma doença grave infecciosa causada pelos Bacillus anthracis, não é propagada, impedindo que o homem seja contagiado através do contato ou contaminação do ambiente através dos cadáveres infectados.

Em áreas onde não existem urubus, as carcaças levam até três ou quatro vezes mais tempo para se decompor.

2. Características e peculiaridades dos urubus

urubu cara amarela

Cathartes burrovianus

LIMPEZA

Essas aves têm a cabeça e o pescoço nus, que evitam o acúmulo de restos alimentares nas penas durante a alimentação, o que faria que se contaminassem com a ação dos microrganismos.

Ao contrário do que se pensa os urubus não são animais sujos, pois passam o dia inteiro se limpando.

PROCRIAÇÃO

A fêmea urubu para colocar seus ovos, utiliza fendas ou plataformas em penhascos ou árvores ocas. Normalmente a postura é de dois ou três ovos, sendo que o período de incubação é realizado pelos pais e pode variar de 40 a 60 dias, de acordo com a espécie.

A procriação ocorre uma vez por ano. A coloração dos ovos dos urubus é cinza esverdeada. Os filhotes são capazes de alimentar-se sozinhos, entre 10 a 12 semanas.

HABILIDADES VISÃO E OLFATO

Um urubu é capaz de ver um animal morto a 3000 m de altura e de sentir o cheiro de carniça a 50 km de distância. Ele tem a capacidade de alcançar até 2800 m de altitude, plainando ao sabor das correntes térmicas. Os urubus localizam os cadáveres em solo através de sua excelente visão, exceto as espécies do gênero Cathartes que utilizam mais o olfato, por ser extremamente apurado, ajudando-os a encontrarem um pequeno cadáver à grandes distâncias, devido a isso, são os primeiros a encontrarem a comida e com frequência são seguidos pelas demais espécies.

MECANISMO FISIOLÓGICO PARA LIDAR COM O CALOR

O urubu não tem glândulas sudoríparas para transpirar e dissipar o calor. Ele transpira através de suas narinas vazadas (bico perfurado) e fica com o bico aberto para eliminar o calor.

Para se refrescar, ele urina e defeca nas próprias pernas baixando sua temperatura.

uburu cara vermelha

Cathartes aura

MECANISMO DE DEFESA

Em situações de perigo e em presença de predadores, os urubus vomitam boa parte do alimento que consumiram para alçar voo com rapidez.

COMO O URUBU EMITE SOM

Os urubus não vocalizam, não têm siringe, o órgão vocal das aves, responsável pela produção e emissão de sons. As aves que emitem sons pela siringe (canto) são denominadas aves canora. Já os urubus podem crocitar, que é a emissão de barulhos de aves de rapina.

OS PÉS DO URUBUS

O andar peculiar do urubu, dando pulinhos, é decorrente de seus pés chatos, por isso não caminha como outras aves. Os urubus não têm habilidade para caçar devido ao formato e tamanho de suas patas que dificultam agarrar presas, como fazem os gaviões.

HÁBITOS

O “allopreening” é um comportamento de grupo onde indivíduos de determinada espécie limpam uns aos outros e este faz parte dos hábitos dos urubus.

Para beber água o urubu pousa nas margens de rios e lagoas e, também, entra na água e molha as pernas completamente

DEFESA DIGESTIVO E SISTEMA IMUNOLÓGICO DO URUBU

O urubu consegue comer carne em decomposição sem passar mal devido ao fato de seu estômago secretar um suco gástrico que neutraliza as bactérias e toxinas presentes na carne putrificada.

Outro fator que contribui para a resistência dos urubus à ação dos microrganismos da carne em decomposição são os poderosos anticorpos de seu sistema imunológico.

TEMPO DE VIDA DO URUBU

O ciclo de existência do urubu varia de 10 a 30 anos, de acordo com a espécie e as condições do ambiente no qual vive.

Curiosidades sobre os urubus

uburu 2

Gyps fulvus

ETIMOLOGIA DO NOME

O nome “urubu” vem do grego “korax”, corvo e “gyps”, abutre, urubu. Os urubus são aves pertencentes à ordem Cathartiformes

ESPÉCIES

Existem sete espécies de urubus, sendo que cinco vivem no Brasil:

  • urubu-rei (Sarcoramphus papa)
  • urubu-da-mata (Cathartes melambrotus)
  • urubu-de-cabeça-vermelha (Cathartes aura)
  • urubu-de-cabeça-amarela (Cathartes burrovianus)
  • urubu-de-cabeça-preta (Coragyps atratus)

PREDADORES DO URUBU

Os predadores dos urubus são mais as jiboias e as sucuris.

URUBU-DE-CABEÇA-PRETA

urubu cabeca preta

Coragyps atratus

O mais conhecido dos urubus é o urubu-de-cabeça-preta (C. atratus) e o mais urbano, podemos vê-lo planando no céu das cidades, pousado no alto de prédios, antenas o procurando comida em locais onde existe matéria orgânica, como depósitos de lixo.

O urubu-de-cabeça-preta costuma atuar em parcerias com os caracarás (Caracara plancus), dividindo carcaças e até deixando eles retirarem parasitas de sua plumagem.

O urubu-de-cabeça-preta, mais urbano, pode usar varandas e sacadas de prédios para se reproduzir.

Ele não se alimenta só de carcaças, podendo comer sementes de palmeiras, cocos, frutas e ovos.

URUBU-REI

uburu rei

Sarcoramphus papa

O bico do urubu-rei (S. papa) é o mais bem preparado para rasgar a pele das carcaças, conseguindo abrir as partes mais difíceis.

Por conta disso e ao fato de ser maior que os outros urubus, ele abre o cadáver, enquanto os outros urubus esperam ele terminar o banquete, não é a toa que é chamado de urubu-rei,não é mesmo?

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Podemos encontrar urubus nas regiões central e norte dos Estados Unidos e em praticamente toda a América do Sul. Apesar de não ter característica e nem ser classificado como ave de rapina, alguns pesquisadores o consideram um tipo de ave de rapina necrófaga.

Não existem doenças transmitidas de urubus para humanos.

3. O urubu e seu estilo de vida

Bem, deu para ver que nosso amigo urubu tem muitos aspectos positivos e qualidades e que a Natureza atua de forma inteligente em cada criatura vivente.

O urubu vive de acordo com sua natureza, aproveitando o alimento que naturalmente encontra pelo caminho, fazendo parceria com outras aves para se ajudarem mutuamente, e se preservando das ameaças e perigos com seu jeito observador e atento, saindo de cena como estratégia de preservação.

Talvez te interesse ler também:

setaFLAMINGO: 10 CURIOSIDADES SOBRE ESTA AVE COR-DE-ROSA

setaSIGNIFICADOS E SIMBOLOGIAS DA ANDORINHA

Graças à limpeza que o urubu promove, o meio-ambiente e a vida são preservados!

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!