Guará cor-de-rosa - essa coisa mais linda que também habita nossos manguezais

  • atualizado: 
Eudocimus ruber

No Brasil temos uma ave cor-de-rosa, o guará, que também é conhecido como íbis-escarlate, guará-vermelho, guará-rubro e guará-piranga. Piranga é o nome da cor (de rosa) em tupi. São lindos e se parecem com os flamingos.

Os guarás, cujo nome científico é Eudocimus ruber, atinge a coloração rosada, salmão ou vermelha quando adultos por conta da sua alimentação com caranguejos e camarões, na qual abunda caroteno.

Os guarás jovens são acastanhados e em cativeiro perdem a cor, linda e viva de suas penas por causa da mudança da alimentação, e ficam com um tom rosa claro e apagado.

Mas, não só no nosso litoral existem guarás

guara revoada

Eles abundam nas zonas costeiras atlânticas brasileiras, nas costas colombianas, venezuelanas, equatorianas, nas Guianas e na Ilha de Trinidad e Tobago, onde são consideradas ave-símbolo nacional.

Também podem ocorrer, ocasionalmente, nas Antilhas e costa atlântica dos países da América Central.

No Brasil, ocorrem em abundância nos seguintes litorais:

no Amapá,

em São Paulo nos municípios de Peruíbe, Cananeia, Iguape, Cubatão e

no Paraná, na cidade de Guaratuba (o nome em referência à ave),

Ocorre em menores quantidades nos seguintes estados brasileiros:

Espírito Santo, especificamente em Guarapari,

No Piauí e no Maranhão (especificamente no no Delta do Parnaíba),

e em Santa Catarina (no litoral norte do estado).

Como são os guarás-cor-de-rosa

Em uma descrição de Hans Staden, os nossos guarás são assim detalhados:

Têm o tamanho de uma galinha, bico comprido e pernas como as da garça, mas não tão compridas. As primeiras penas que saem nos filhotes são pardacentas e com elas voam um ano; mudam então essas penas e todo o pássaro fica tão vermelho quanto possivel, e assim persiste. As suas penas são muitos estimadas pelos selvagens”.

Reprodução

A reprodução é feita em colônias.

Esta linda ave nidifica no alto das árvores das regiões de manguezais, em estuários onde a água é salobra, abundante em crustáceos e peixes..

A fêmea põe dois ou três ovos de cor bege, com manchas marrons. Os filhotes nascem de cor escura, e peito branco, se tornando completamente vermelhos após 1 e 1 ano e meio de vida.

Estado de conservação

Esta maravilha não está em risco de extinção, seu estado de conservação é "Pouco Preocupante", ainda bem. São um espetáculo!

guara sozinho

Leia mais sobre animais:

URSO POLAR: TUDO O QUE VOCÊ (TALVEZ) AINDA NÃO SABIA SOBRE ESTE MAGNÍFICO ANIMAL

A IMPORTÂNCIA MUNDIAL DOS SAPOS (QUE ATÉ TÊM UM DIA ESPECIAL PARA ELES!)

DRAGÃO DE KOMODO: 10 FATOS INTERESSANTES SOBRE O MAIOR LAGARTO DO MUNDO

10 ANIMAIS SELVAGENS (ESTRANHOS E LINDOS) DOS QUAIS VOCÊ NUNCA OUVIU FALAR

siga brasile pinterest

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

siga brasile instagram

Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!