10 Plantas que Você pode Plantar em Garrafas Pet

  • atualizado: 
plantar em garrafas pet

Garrafas pet são um ótimo recipiente para você plantar quase todo tipo de planta, de flores à medicinais e hortícolas e, esta talvez também seja uma das boas ideias para se dar um uso mais longo ao material de que são feitas pois, como sabemos, este é bastante demorado para se decompor e é altamente poluidor.

Esta é uma das ideias que “rolam” mundo afora junto com a concepção do reuso de materiais - afinal, garrafas que você pode usar para plantar evitarão que você compre vasos, também de material plástico ou outro sintético, o que significará, em algum lugar da cadeia produtiva, uma economia energética significativa.

Vejamos abaixo, 10 plantas que se dão bem em garrafas pet, penduradas na parede como horta suspensa, ou no jardim, como vasos. A imaginação de cada um fará o milagre acontecer desde que você se lembre de, sempre, abrir furos ao fundo da garrafa, para o escoamento do excesso de água de rega.

Você verá também uma enorme diversidade de tipos de recortes que podem ser, facilmente, feitos nas garrafas pet de qualquer tamanho e que facilitarão tanto a vida das plantas quanto as de quem as usa.

Porém, é preciso saber que os pet, se expostos ao sol, poderão rachar após algum tempo devido ao seu endurecimento. Se isso for um problema para o seu jardim ou horta, as garrafas-vaso poderão ser facilmente substituídas e, melhor, sem gastos adicionais.

10 plantas que se dão bem em garrafas-vaso de pet

 

  1. Viveiro de mudas em estrutura de garrafas de água: escolha as garrafas menores, de água, por exemplo, e corte-as ao meio. Faça furos ao fundo e nas laterais de cada uma. Preencha com terra misturada com areia na proporção de 1:3 e semeie as sementes que quer reproduzir em mudas. Coloque de 1 a 3 sementes em cada garrafa, na terra umedecida e cubra-as com uma camada fina de terra. Mantenha seu viveiro de mudas sempre umedecido e longe da luminosidade direta do sol. Quando as sementes brotarem e atingirem os 15 cm de altura já estará na época de transplantá-las para o vaso definitivo. Dependendo da planta, você poderá transplantar suas mudas diretamente para a terra ou para um vaso de garrafa que tenha maior volume. Você poderá usar este viveiro para reproduzir mudas de hortaliças, temperos e ervas medicinais.

viveiro

  1. Parede de garrafas pet: prenda diversas garrafas pet, deitada, com ganchos, em uma parede onde não chova diretamente. Não se esqueça dos furos de drenagem na parte de baixo das garrafas para escoamento da água. Preencha com terra e areia em uma mistura adequada para cactáceas e suculentas, 1:1, e coloque, em cada garrafa, uma mudinha escolhida. Este será um jardim suspenso onde não deverá ocorrer excesso de água - cactos e suculentas não gostam - e onde deverá bater sol pleno. O colorido das plantas de deserto em uma parede é especialmente atraente para aqueles que têm crianças pequenas pois, assim essas plantas não estarão ao alcance de suas mãos curiosas já que têm espinhos e muitas são tóxicas.

parede pet

  1. Pequenas trepadeiras em garrafa pet: Você poderá plantar pequenas plantas trepadeiras ou pendentes, em garrafas pet, e amarrar estas em caibros ou galhos de árvore, ou mesmo pregá-las na parede da sua varanda. Uma boa ideia são as mini-jiboias, ou a planta-peixinho, com seus ramos pendentes.

trepadeiras

  1. Tomate e batata-doce ficam muito bem acondicionados em garrafões de pet como estes da foto. Mas, não os plante juntos. Para cada planta uma garrafa grande e, para as batatas-doces o melhor mesmo são os garrafões pois elas necessitam de maior espaço para produzir os tubérculos.

batata doce

  1. Alface em garrafas pet é uma boa dica pois você poderá plantar as sementes diretamente nas garrafas para que as mudas cresçam no espaço definitivo. Aproveite para pendurar umas garrafas sobre as outras e assim poder aproveitar as águas de escorrimento (pelos furos de drenagem que abrir no fundo). Para o alface, use uma mistura de terra, areia e húmus de minhoca (proporção de 2:1 e 10 % de húmus).

alface

  1. Salsinha, coentro e cominho: faça a sementeira diretamente nas garrafas pet preparadas como vasos. O ideal é que sejam garrafas grandes e que sejam colocadas deitadas pois estas são plantas que se espalham mas não têm profundidade de raízes.
  1. Batata inglesa no garrafão: um garrafão (de pet) dos maiores será um bom vaso para seu cultivo de batatas. Corte a parte de cima para abrir uma boca bem ampla no garrafão. Faça bons furos de drenagem e preencha o volume todo com uma mistura equilibrada de areia grossa e terra orgânica. Coloque as batatas de semente (batatas novas, sem machucaduras ou doenças) no meio da terra e mantenha o ambiente umedecido. Após o crescimento das ramas e folhagem, as batatinhas começaram a se multiplicar no interior. E, boa colheita após 8 meses.
  1. Uma horta completa em garrafas pet é possível e, principalmente, se for uma horta suspensa. Você deverá deixar as garrafas maiores com plantas que cresçam mais, tenham maior volume, na parte de baixo da sua estrutura. Veja no video abaixo como plantar couve, alface, alecrim e manjericão:

9. Morangos pendentes em garrafas pet também dão ótimo resultado e ficam muito bonitos na varanda.

  1. Alho em garrafa pet é uma facilidade. Prefira garrafas grandes, de 5 litros. Basta você abrir “portinhas” na garrafa e, em cada uma delas colocar um dente de alho saudável. Mantenha a terra umedecida, deixe sua garrafa de alhos ao sol direto e use e abuse das folhas de alho fresco que surgirão rapidamente. Com a mesma técnica você também poderá ter cebolinha fresca bem á mão. Já imaginou pendurar, na janela da cozinha, uma garrafa dessas?

Especialmente indicado para você:

setaHORTAS PRODUTIVAS EM PEQUENOS ESPAÇOS

seta12 TRUQUES ENGENHOSOS PARA VOCÊ USAR NO SEU JARDIM

setaHORTA COM PALLETS É FÁCIL! VEJA AQUI IDEIAS DIFERENTES

seta10 IDEIAS PRÁTICAS PARA REUTILIZAR GARRAFAS PET