Frieira – 20 Remédios Caseiros para mãos e pés

Frieira – 20 Remédios Caseiros para mãos e pés

Quem nunca sentiu aquela coceira insuportável nos vãos dos pés ou das mãos? Um dos problemas de pele mais comuns, a frieira, pode ser algo bem difícil de tratar.

Há pessoas que têm episódios recorrentes dessa micose, e precisam sempre comprar remédios para sanar o problema.

No entanto, a frieira pode ser solucionada com medidas simples, remédios caseiros, que podem ser tão eficazes quanto os industrializados.

Conheça algumas soluções, e saiba exatamente o que é a frieira.

O QUE É A FRIEIRA?

A frieira, também chamada de pé-de-atleta é uma infecção cutânea causada por um gênero de fungo, o Tricophyton, e pode ser classificada como uma micose de pele.

Ela, geralmente, é contagiosa, e a transmissão se dá de modo direto, de indivíduo para indivíduo, e também pelo uso de objetos contaminados, como meias e sapatos.

É mais comum no verão, justamente por que essa é uma época que as pessoas tendem a frequentar mais espaços públicos, tais como as piscinas e clubes, que são lugares propícios para transmissão desse fungo.

Entre os sintomas da frieira estão a coceira, vermelhidão, dor e ou ardência e descamação da pele, além do mau cheiro.

Além das mãos e pés, a frieira pode aparecer na virilha e nas unhas.

Esse fungo tem tratamento, mas pode ser um pouco demorado, e, a depender do caso, recomenda-se procurar um médico dermatologista.

Mas nos casos leves a moderados, remédios naturais podem funcionar muito bem.

REMÉDIOS NATURAIS PARA CURAR A FRIEIRA

Conheça abaixo alguns remédios naturais que podem ajudar a curar as frieiras.

Antes de usar os remédios naturais abaixo, recomenda-se aplicar uma pequena quantidade do remédio em uma área saudável da pele para verificar se há sensibilidade ou alergia ao tratamento.

Lembrando sempre que a utilização de soluções caseiras não substitui a consulta médica, que é sempre recomendada.

Água com sabão

A primeira receita é mais básica de todas, pois é necessário manter a pele o mais limpa possível para evitar que a micose se espalhe e infecte outras áreas do corpo.

Nada melhor que uma boa água com sabão para limpar feridas. Lave a infecção causada pela frieira com sabão e água morna, uma ou duas vezes ao dia.

Depois de lavar, seque bem a pele pois o fungo prospera em áreas úmidas.

Limpe a pele dessa maneira antes de usar alguns dos remédios caseiros listados abaixo.

Alho

O alho contém propriedades antimicrobianas e ajuda a eliminar as toxinas do corpo, sendo excelente no tratamento da frieira. Para utilizá-lo para esse fim, amasse 3 dentes de alho e deixe de molho por 5 horas. Depois use essa solução na área afetada.

Suco de maçã

A maçã possui ação adstringente a anti-inflamatória, o que ajuda a eliminar as frieiras. Para tanto faça uma pasta com 1 maçã e 1 xícara de água e passe no local da frieira.

Vinagre de maçã

A ação germicida do vinagre de maçã ajuda a eliminar as frieiras. Basta aplicar o líquido na região, algumas vezes ao dia. Para cada 50 ml de vinagre utilize 200 ml de água.

Óleos essenciais

O óleo essenciais de cravo-da-índia, o óleo de amêndoas e o óleo da erva-de-São-João possuem propriedades fungicidas e anti-inflamatórias. No caso do óleo de amêndoas e da erva-de-São-João, basta aplicar o produto na região da frieira, algumas vezes ao dia. Já o óleo de cravo-da-índia precisa ser colocado em banho maria com azeite de oliva, por uma hora. Utilize 30 g de óleo e 200 ml de azeite. Depois desse processo, coe e guarde para o uso.

Batata

A batata é anti-inflamatória e antioxidante e pode ser utilizada no tratamento da frieira da seguinte forma: amasse um pedaço de batata crua, e passe essa pasta na região afetada, deixando agir por 20 minutos. Faça o procedimento duas vezes ao dia.

Nabo

Rale um nabo e faça compressas, deixando agir por 15 minutos. Repita três vezes ao dia.

Gengibre

O gengibre tem poder curativo e anti-inflamatório. Para fazer essa receita amasse uma raiz de gengibre e deixe ferver por 20 minutos. Depois passe essa solução na região afetada, duas vezes ao dia.

Cebola

Faça uma pasta amassando um pedaço de cebola e passe essa mistura no local da frieira, duas vezes ao dia.

Mel

O mel é um anti-inflamatório natural e antifúngico. Aplique mel na região da frieira, e deixe agir por 10 minutos.

Bicarbonato de sódio

O bicarbonato é um produto utilizado para diversos fins e pode ser usado também para curar frieiras. Basta aplicá-lo na região, algumas vezes ao dia.

Limão

Esfregue meio limão na região da frieira, deixe agir por 5 minutos, lave e seque bem a pele. Repita esse procedimento 3 vezes ao dia.

Babosa

Babosa, a Aloe vera é boa para tudo quanto for problema de pele. A babosa contém 6 agentes antissépticos que, de acordo com estudos, possuem propriedades antifúngicas, antibacterianas e antivirais.

É muito fácil usar a babosa. Melhor se tiver a planta em casa. Corte um pedaço da planta, retire sua casca e aplique o gel na frieira três ou quatro vezes ao dia. O gel da babosa também tem propriedades refrescantes que ajudam a aliviar a coceira.

Óleo de coco

O óleo de coco tem propriedade antifúngica, pode danificar as membranas celulares dos fungos.

Algumas pesquisas sugerem que esse óleo pode ser um remédio bom nos casos de infecções fúngicas leves a moderadas na pele.

Além disso, o óleo de coco pode ser usado como hidratante e para prevenir futuras infecções por micose.

Use-o para tratar a frieira, aplicando o óleo no local três vezes por dia.

Óleo de melaleuca

Esse óleo é um ótimo remédio para muitas condições bacterianas e fúngicas da pele. O óleo  de melaleuca também é conhecido como tea tree oil, ou óleo da árvore do chá, muito popular e eficaz no tratamento de diversos tipos de micose.

Não deve ser usado puro. Misture 1 gota desse óleo em uma colher de sopa de um óleo carreador de sua preferência e  aplique sobre a pele três vezes ao dia.

Óleo de neem

Assim como o óleo de melaleuca, o óleo de neem, ou nim, tem incríveis capacidades antifúngicas.

Use o óleo de nim, ou o extrato das folhas diretamente na área afetada, duas a três vezes ao dia, massageando-o sobre a pele. Não use puro, faça o teste antes-o e use diluindo uma gota do óleo em 1 colher de sopa de óleo carreador. Quem faz uso e conhece o produto, pode experimentar uma solução mais forte.

O óleo de neem também ajuda a combater infecções fúngicas nas unhas dos pés.

Banho de sal, escalda pés

O sal marinho tem propriedades antifúngicas. Que tal fazer fazer um banho de sal (ou melhor, um escada pés) com sal marinho ou sal grosso?

É simples: em uma bacia contendo água morna, dissolva uma xícara de sal marinho com outros tratamentos naturais acima descritos, como vinagre de maçã e os óleos essenciais. Deixe os pés de molho por uns 20 minutos. Seque bem os pés quando terminar.

Água oxigenada

O peróxido de hidrogênio (água oxigenada) pode efetivamente matar fungos e bactérias que causam infecções na pele.

Coloque a água oxigenada diretamente na área afetada. Vai arder e borbulhar mas provavelmente vai passar. Faça isso duas vezes ao dia até que a infecção desapareça.

Carqueja

Em um litro de água, adicione 20 g da folha de carqueja e deixe ferver. Faça um escalda pés com essa mistura. Também é possível lavar a região afetada fazendo a proporção de 80 g de carqueja para 1 litro de água, e também tomar o chá das folhas ou das flores, de três a quatro vezes ao dia.

Sabonete de melão-de-São-Caetano

O melão-de-São-Caetano é uma planta cheia de propriedades medicinais, e pode ser usado para fazer um sabonete bom para tratar doenças da pele causadas por fungos e outros parasitas, como micoses e sarnas.

Esse sabonete caseiro é muito simples, fácil e econômico de preparar, feito a partir de extratos das folhas do melão-de-São-Caetano.

Veja a receita no link abaixo:

COMO EVITAR A FRIEIRA

Se você costuma ter frieiras com certa frequência, fique ligado nestas dicas pois, prevenir é sempre o melhor remédio:

  • Depois do banho, seque bem o corpo, principalmente as partes mais suscetíveis: os vãos dos dedos e as virilhas.
  • Use meias, cuecas e calcinhas de algodão pois este material permite a respiração da pele.
  • Troque as meias e as roupas íntimas com a devida frequência, lave e deixe estas peças secarem sempre bem e NUNCA no banheiro.
  • Sapatos fechados como tênis e sapatos sociais devem ser evitados principalmente no verão. Sempre que puder, opte por usar calçados abertos.
  • Em locais públicos, como banheiros e duchas de academia, use sempre os chinelos para tomar banho e percorrer locais úmidos.

QUANDO PROCURAR UM DERMATOLOGISTA

Micoses nem sempre são tão fáceis de curar.

Se os sintomas não passarem em uma semana com os tratamentos caseiros, procure um dermatologista.

Caso perceba alterações na cor e consistência das unhas, procure um dermatologista para te indicar um tratamento eficaz e seguro.

Você também deve marcar consulta com um médico se tiver diabetes e frieiras frequentes pois isso pode causar danos maiores.

Nunca se automedique comprando pomadas ou talcos antifúngicos. Consulte antes um especialista principalmente se você tiver frieiras com muita frequência, mesmo tomando as medidas de precauções acima descritas.

Talvez te interesse ler também:

Gengibre: 17 benefícios para saúde comprovados

Conte-me o seu problema e eu lhe direi que chá você deve tomar

Mau hálito: 10 remédios naturais eficazes

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *