Óleo de andiroba para cabelo, rosto e muito mais

Óleo de andiroba para cabelo, rosto e muito mais

Os óleos vegetais estão na moda. E não é para menos. Compostos de muitas vitaminas e minerais essenciais, os óleos podem fazer muito bem para a saúde do corpo, dos cabelos, da pele. Entre os mais interessantes, está o óleo de andiroba, originário da região amazônica.

Ele é extraído da árvore de andiroba, que contém ainda um madeira de alta qualidade, utilizada no comércio e também na construção civil.

Atualmente, o óleo de andiroba compõe ainda vários cosméticos disponíveis no mercado, justamente por conter vitaminas, como as

  • A,
  • B1,
  • B2,
  • B6,
  • C e
  • E,
  • além de minerais e ácidos graxos.

BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE ANDIROBA

Todos esse nutrientes fazem do óleo de andiroba um produto com muitos benefícios para a nossa saúde e beleza. Vejamos quais são os seus benefícios mais conhecidos:

  1. Nutre e hidrata o cabelo
  2. É bom para a pele
  3. É anti-inflamatório
  4. É analgésico
  5. Possui efeito repelente

1. Nutre e hidrata o cabelo

O óleo de andiroba pode ser usado para fazer umectações e hidratações, justamente por atuar nutrindo o cabelo e hidratando-o. A ação do óleo de andiroba reduz o frizz, as pontas duplas, diminui o volume, e deixa os fios mais macios e com brilho. É indicado, principalmente, para cabelos cacheados, crespos, muito danificados e ressecados. Vale lembrar que o óleo precisa ser 100% puro para que todo o potencial nutritivo seja aproveitado.

No caso da umectação, há duas formas de fazê-la: aplicando uma quantidade de óleo nos fios, mecha a mecha, sem atingir a raiz, deixar agir por 1 hora e depois lavar, normalmente.

Dá também para fazer uma umectação mais profunda, aplicando o óleo no cabelo, deixando-o agir por cerca de 8 horas. Nesse caso, recomenda-se fazer o procedimento à noite, antes de dormir. Depois é só lavar os cabelos, no dia seguinte.

É possível ainda incluir o óleo de andiroba no creme de hidratação para potencializar o efeito. E até mesmo no leave-in para deixar os fios mais nutridos. A aplicação no leave-in só é recomendada para quem tem cabelos muito cacheados ou crespos, pois, do contrário, pode deixar os fios pesados e sem vida.

2. É bom para a pele

Os efeitos de nutrição e hidratação se estendem também a pele. Ele penetra rapidamente nas camadas do tecido, e possui ainda efeito protetivo, funcionando como uma barreira. Ele é indicado para peles secas e no tratamento de doenças de pele, como eczemas e psoríase.

3. É anti-inflamatório

O óleo de andiroba possui efeito anti-inflamatório também e pode ser usado para tratar dores musculares, lesões, inchaço, vermelhidão, entre outras coisas. Tem ainda efeito cicatrizante, podendo ser usado para tratar ferimentos e episódios dolorosos.

4. É analgésico

Outro uso interessante é para tratar e amenizar dores. Para tanto basta massagear o local afetado com o óleo.

5. Possui efeito repelente

Estudos sugerem que o óleo de andiroba é útil também como repelente, podendo afastar diversos tipos de mosquito e tratar as picadas de insetos, diminuindo a dor, a coceira e o inchaço.

Veja outras dicas de beleza em:

Como fazer o cabelo parar de cair

Chá verde – reaproveite para usar e embelezar a pele e os cabelos

Argila rosa para que serve? Veja os benefícios para tua pele

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *