Indústria que mudar data de validade de alimento para evitar desperdício

Indústria que mudar data de validade de alimento para evitar desperdício

A Associação Brasileira da Indústria de Alimentos (Abia) planeja modificar o modo como a data de validade é medida para determinados alimentos.

A proposta

O plano é exibir na embalagem uma data preferencial para o consumo, o que permitiria que alimentos não perecíveis como macarrão, biscoito e chocolate fossem vendidos nos supermercados após esse prazo.

A ideia é que quando o prazo determinado passar, o consumidor possa fazer sua própria análise das características do alimento como aspecto e odor antes do consumo.

O novo modelo não valeria para produtos como verduras e legumes, que são perecíveis. A nova regra valeria apenas para os alimentos classificados como não perecíveis, pois demoram mais tempo para estragar.

Grande parte deles não exige refrigeração devido à baixa quantidade de água ou por ter passado por alguma esterilização, como o leite UHT, o que impede a proliferação de microrganismos.

A proposta deve ser aprovada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para ser colocada em prática.

A Abia não entregou, até o momento, uma solicitação formal ao governo sobre o tema, afirmando que o assunto “precisa ser amplamente estudado”.

Contra o desperdício

A indústria alimentícia argumenta que a nova regra poderia evitar desperdício. Mas especialistas afirmam que o consumidor talvez não seja capaz de identificar um alimento inadequado para o consumo, o que causaria riscos à saúde.

“Ninguém está propondo comercializar produto impróprio, que faça mal ao consumidor. O alimento tem que ser saudável sempre. Não é interesse da indústria vender algo que faça mal às pessoas”, afirmou João Dornellas, presidente executivo da Abia.

O modelo existe em outros países. É simples, o rótulo deve advertir a frase “consumir preferivelmente antes de…” em vez de consumir “até a data x”.

O que você acha da proposta?

Talvez te interesse ler também:

Fruta Imperfeita: Brasil também evita desperdício vendendo alimentos “fora do padrão”

Dinamarca inaugura supermercado que só vende produtos vencidos

Alimentos que não estragam nunca (ou quase nunca)

O alimento está vencido. Posso comê-lo?

Macadâmia: todos os benefícios para a beleza e a saúde

O que é Dieta Sáttvica: diferenças e semelhanças com veganismo

Maçã faz bem pra quê? Conheça todos os seus benefícios

Desperdício de alimentos: Canadá vende alimentos “naturalmente imperfeitos”

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *