Lêmures de Madagascar: daqui a pouco não sobrará mais nenhum deles

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin

Uma forma de avaliar a inconsciência humana é ver o que o ser humano vem fazendo com a Natureza e os animais, movido pela ganância e ambição. E um exemplo disso é o que está acontecendo com o macaco lêmure nativo da Ilha de Madagascar, que é o primata que mais corre risco de extinção em nosso planeta, segundo a União Internacional pela Conservação da Natureza. Madagascar, é o único habitat natural onde os lêmures vivem.

Cerca de 94% das 111 espécies e subespécies de lêmures estão em ameaça de extinção. O desaparecimento desse animal pode afetar a biodiversidade de Madagascar e o equilíbrio ecológico de outras espécies e da natureza desta ilha.

Para saber mais sobre os lêmures de Madagascar e sobre seu risco de extinção, acompanhe nessa matéria com o que vem a seguir:

{index}

Causas que ameaçam os Lêmures de extinção

As causas que estão ameaçando os lêmures de extinção são:

  • a caça desse animal, para vender a sua carne como iguaria
  • o desmatamento de seu habitat natural, para produção comercial de sisal
  • o corte ilegal de madeira
  • produções agrícolas destrutivas
  • mineração, produção de carvão
  • outras atividades visando lucro sem escrúpulos

Russ Mittermeier, representante da Comissão de sobrevivência das espécies da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) descreveu essa situação da seguinte forma:

“Esta é, sem dúvida, a maior porcentagem de ameaça para qualquer grande grupo de mamíferos e para qualquer grande grupo de vertebrados”

De 111 espécies e subespécies de lêmures, 105 estão ameaçadas, segundo dados da IUCN Entre as causas a que pode contribuir efetivamente para essa ameaça, o diretor de conservação da Bristol Zoological Society , disse o seguinte:

“O aumento no nível de caça de lêmures, incluindo a caça comercial em larga escala”.

E, ainda ele acrescentou: “Isso é diferente de tudo que vimos antes em Madagascar”.

Uma das espécies desse primata que estão gravemente ameaçadas é o lêmure-esportivo-do-norte, da qual é provável que só existam apenas 50 indivíduos, segundo informações da IUCN, por isso é urgente agir!

Plano de ação para combater a extinção dos Lêmures

lemur 2

A situação é assustadora e grave, mas segundo especialistas é possível evitar que se agrave. Existem Organizações trabalhando para isso e são estas:

  • a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN)
  • a Primate Specialist Group Global
  • Wildlife Conservation

No plano de ações destas organizações entra a conscientização e o alerta para o mundo inteiro desta e de tantas outras ameaças. Cada cidadão pode ajudar nesta causa divulgando o caso ou colaborando com tais organizações para salvar os lêmures e outros animais.

Outros ações que vem sendo planejadas e implementadas para alcançar estes objetivos são:

  • gestão das áreas protegidas de Madagáscar, a criação de mais reservas cuidadas por comunidades locais e a fiscalização das áreas mais ameaçadas.
  • Promover e expandir o ecoturismo, sendo uma alternativa para manter e resguardar as florestas maravilhosas e únicas de Madagáscar e proteger e preservar os lêmures, símbolo de Madagascar, e de outros animais, pois todos representam a maior atração e riqueza natural da região

Madagascar está entre os territórios que possuem maior biodiversidade do mundo, mas infelizmente está na lista das áreas que mais sofrem desmatamento, por isso é necessário evitar que o pior aconteça.

Vídeo com matéria do Globo Repórter sobre os Lêmures de Madagascar

Este vídeo abaixo, é uma matéria do Globo Repórter sobre os Lêmures de Madagascar e a ameaça da extinção de suas espécies. Vale a pena conhecer esse animal simpático e exótico, símbolo de Madagascar e ainda ver toda as paisagens naturais dessa ilha, que infelizmente está sofrendo com o desmatamento e outras atividades predatórias.

Lêmure – o Espírito da Floresta

Em Madagascar, o Lêmure simboliza o Espírito da Floresta e para aqueles que respeitam esta ligação, fazer mal a esse animal é um verdadeiro sacrilégio.

Independente da questão mística e ancestral, os lêmures são de importância vital para a floresta e o ecossistema, pois desempenham função ecológica relacionada com a manutenção e conservação da vegetação, pois são herbívoros (comem vegetais) e frugívoros (se alimentam basicamente de frutas), contribuindo com isso para a dispersão de sementes.

Outro fator é que Madagascar é o berço dos lêmures. Para se ter uma ideia existem espécies desse animal que há pouco tempo foram descobertas, existindo muita variedade deles.

Temos muito que aprender com o lêmure, pelo nível de inteligência, sociabilidade, comportamento e hábitos que possui. Por tudo isso e pela vida dele, realmente é um sacrilégio ele estar correndo risco de extinção!

Talvez te interesse ler também:

10 ANIMAIS EM EXTINÇÃO QUE PODEM DESAPARECER AINDA ESTE ANO [2017]

10 ANIMAIS SELVAGENS (ESTRANHOS E LINDOS) DOS QUAIS VOCÊ NUNCA OUVIU FALAR

Condividi su Whatsapp Condividi su Linkedin
Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.
Você está no Instagram?

Curta as mais belas fotos, dicas e notícias!

Você está no Pinterest?

As fotos mais bonitas sempre contigo!

Siga no Instagram
Siga no Facebook