Uva-passa: todas as propriedades para se beneficiar dessa doçura

A uva-passa tem origem na pré-história. Ao caírem as uvas das videiras, de forma natural, secavam no solo, expostas ao Sol. O homem dessa época, ao experimentar as uvas desidratadas pelo Sol, percebeu que elas tinham uma agradável doçura, e então a uva-passa passou a fazer parte da sua alimentação.

Da pré-história aos nossos dias, a uva-passa continua conquistando nosso paladar, através de sua doçura. Vamos saber mais sobre a doce uva-passa!

{index}

O que é uva-passa?

Por uva-passa se entende um tipo de uva menor, que passou por uma desidratação. Essa desidratação é uma forma de conservação das frutas.

O processo de desidratação resulta da exposição prolongada da fruta, no caso a uva, ao sol. Existem vários tipos de uvas-passas, que variam na cor, tamanho e sabor. As uvas utilizadas para passas, geralmente, se originam de Portugal, Grécia, Itália e Espanha.

As variedades mais conhecidas são :

  • Corintos;
  • Passas de Esmirna;
  • Sultanas que são as passas brancas e as passas de Málaga (escuras).

A uva-passa, no processo de desidratação, retém o açúcar e os nutrientes da fruta. As uvas próprias para passas são as que têm as seguintes características:

  • alto índice de açúcar;
  • polpa firme;
  • casca fina;
  • geralmente são uvas do tipo Thompson, sem sementes;
  • podem ser pretas, douradas ou moscatel.

Aproximadamente, 3,5kg de uvas rendem um quilo de passas.

Para diminuir a resistência da casca da uva no processo de desidratação, com a finalidade de acelerar a secagem, pode-se acrescentar, de forma opcional, a imersão da fruta em solução de 0,2 – 0,3% de hidróxido de sódio em ebulição por alguns segundos.

Caso não ocorra essa etapa, a secagem demorará um tempo maior. Em seguida, a uva é lavada com água fria, antes da secagem ao sol ou desidratação artificial (ar quente).

Na produção industrial, a secagem pode variar de 15 a 45 horas. O teor de umidade final da uva passa varia entre 10 e 14%. Veja, neste vídeo como é produzida a uva-passa à nível industrial.

Propriedades

A uva-passa concentra vitaminas A e do complexo B, além de sais minerais como fósforo, potássio, zinco, magnésio, manganês, potássio, ferro e cálcio, também, um poderoso polifenol com ação anti inflamatória, o resveratrol

100 gramas de uvas passas contêm, em média:

  • 299 calorias /
  • Gorduras totais: 0,5g /
  • Colesterol:0 mg /
  • Sódio: 11 mg /
  • Potássio: 749 mg /
  • Açúcar: 59 g /
  • Fibras alimentares: 4 g /
  • Proteínas: 3,1 g

Esses dados foram fornecidos pelo Departamento de Agricultura do governo americano. Veja aqui a tabela nutricional completa da uva-passa.

Benefícios

Os benefícios da uva-passa contribuem para nossa saúde, por várias razões:

  • devido à suas fibras, auxiliam no bom funcionamento de nosso intestino
  • ótima fonte de energia por conta da boa quantidade de açúcares naturais (frutose e glicose)
  • pelo teor de vitaminas e nutrientes, fortalece o sistema imunológico
  • propicia a saúde de nossos olhos, por causa dos fitonutrientes que contém
  • protege os dentes e as gengivas da ação de bactérias devido ao ácido oleanólico, contido em seus nutrientes
  • o magnésio e potássio, que fazem parte dos nutrientes da uva-passa, reduzem a acidez e eliminam as toxinas do corpo, evitando doenças como a artrite, gota, doenças cardíacas e pedras nos rins
  • os fitonutrientes e polifenólicos existentes na uva-passas têm propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas
  • o antioxidante catequina, encontrado na uva-passa, protege o organismo dos radicais livres, que desencadeiam tumores
  • ótima fonte de cálcio, por isso fortalece os ossos e os dentes, além disso, o boro, um micronutriente contido nas uvas-passas, ajuda o organismo a absorver o cálcio, combatendo a osteoporose

Uva passa engorda?

uva passa 2

A uva-passa é um alimento com muitas calorias e açúcares, se for ingerida em grande quantidade pode contribuir para o aumento do peso corporal.

Mas, se consumida com moderação, não provoca ganho de peso.

O açúcar da uva contribui para processo de desidratação dela. Quase 60% da composição da uva passa é açúcar. Trocando em miúdos, mais da metade da uva-passa é açúcar, por isso, ela é bem calórica e energética, tem altos índices de carboidratos e açúcares, portanto, para quem não quer engordar, é indicado o consumo desse alimento com moderação e na medida certa, o que mais adiante será informado.

Como consumir uva-passa? Dicas de consumo

A uva-passa pode ser consumida em:

  • farofas;
  • arroz à grega;
  • saladas;
  • tortas;
  • pães;
  • biscoitos;
  • manjar;
  • granola;
  • cookies;
  • bolos;
  • pudim;
  • sorvetes;
  • vitaminas;
  • salada de frutas, entre outros.

Leia mais: UVA-PASSA: OS BENEFÍCIOS E COMO CONSUMIR (10 RECEITAS)

Vejam neste vídeo uma receita de granola com uva-passa ensinada por Bela Gil.

Uso medicinal: uva-passa para desintoxicar o fígado

A uva passa tem propriedade depurativa e pode ser consumida com água para desintoxicar o fígado. Para isso coloca se meia xícara de uva passas em água quente. Depois de 15 minutos, lave-as em água limpa. Em seguida coloca-se as uvas-passas lavadas em um copo com água fervente. Deixa-se esfriar a temperatura ambiente por 24 horas.

Na manhã seguinte, bebe-se essa água e come-se as uvas passas em jejum (com o estômago vazio).

Depois, de 30 minutos pode se tomar o café da manhã

Essa limpeza e desintoxicação do fígado tem duração de um mês e é recomendável, fazer uma vez por semana.

Para melhorar o efeito dessa desintoxicação, é necessário comer alimentos saudáveis, abolindo alimentos industrializados, pão branco, frituras e alimentos gordurosos.

Quanto consumir por dia?

Comer 100 gramas de uvas-passas por dia é o indicado, pois uma quantidade maior pode soltar o intestino.

Devido ao seu alto teor de fibras, ela tem efeito laxativo.

Outro aspecto é a alta concentração de açúcar e carboidratos que existem na uva-passa, provocando aumento da absorção de açúcares e excesso de calorias em nosso corpo.

Como vimos, a uva-passa, se consumida da forma adequada nos traz muitos benefícios, além de adoçar nosso paladar, com sua suave doçura.

Professora, alfabetizadora, formada em História pela Universidade Santa Cecília, tem o blog A Vida nos fala e escreve para GreenMe desde 2017.