“Junk food” além de fazer mal à saúde, vicia! Por isso é impossível comer um só

“Junk food” além de fazer mal à saúde, vicia! Por isso é impossível comer um só

Todo mundo sabe – ou deveria saber – que os alimentos ultraprocessados, os “junk food” (“comida lixo” na tradução do inglês), fazem mal à saúde e podem provocar inúmeras doenças. Mesmo assim, a gente não resiste à tentação de comer um só. Mas isso tem explicação!

Um grupo de pesquisadores está há cinco anos estudando os ultraprocessados, em cujas fórmulas combinam-se açúcar, sal, óleos, gorduras saturadas e outros aditivos, para entender como eles atuam no nosso cérebro. A conclusão do estudo é que eles funcionam como uma droga, já que são altamente viciantes.

Lucro gordo e compulsão

Somente nos Estados Unidos, mais da metade das calorias consumidas por um americano vem desse tipo de alimento, segundo informa o The New York Times.

Para a indústria, esse nível de consumo é altamente lucrativo, pois ela produz uma comida barata, mas com um alto custo para quem a consome: obesidade, doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e outros problemas de saúde.

O American Journal of Clinical Nutrition discutiu que o vício provocado pelos ultraprocessados ​​pode estar contribuindo para a compulsão alimentar e, em consequência, a obesidade.

Certos alimentos teriam a capacidade de provocar comportamentos viciantes, como desejos intensos e perda de controle de parar de comê-los.

Drogas no supermercado

No topo da lista dos alimentos viciantes estão: pizza, chocolate, batata frita, biscoitos, sorvete e cheeseburgers. Tais alimentos compartilham as mesmas propriedades de substâncias viciantes, como o cigarro e a cocaína.

Os ingredientes desses “alimentos” são rapidamente absorvidos pela corrente sanguínea, atuando em regiões do cérebro que regulam a recompensa, a emoção e a motivação.

Um ponto em comum entre os alimentos ultraprocessados ​​mais viciantes é a alta concentração de gordura e carboidratos refinados, uma combinação rara não encontrada na natureza em alimentos como frutas, vegetais, carne, nozes, feijão e sementes.

Muitos alimentos naturais são ricos em gordura ou carboidratos, mas não em ambos combinadamente.

Selecionar os alimentos e preparar a sua própria comida também faz parte do prazer de comer. Esse hábito saudável extrai dos alimentos naturais a sua propriedade curativa.

Comida de verdade é remédio pro corpo e pra alma. Pense nisso!

Talvez te interesse ler também:

Açúcar é como álcool para crianças: danifica o fígado e o cérebro delas

A gordura nos trouxe até aqui. Hoje no mundo existem mais obesos que famintos

A carne que você come é “fake”: maciez e suculência conseguidas à base de choques, químicos e gases

Gostou? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on tumblr
Share on reddit
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *